AQUI É O PORTAL DAS ELEIÇÕES 2020

Acessos

terça-feira, 30 de junho de 2020

FALSOS & MALANDROS!! Projeto do Senado de Censura da Internet tem apenas o objetivo de proteger as canalhices políticas – e provo

Ao estilo da malandragem, 44 senadores da cambaleada República Federativa do Brasil – articularam um projeto para censurar e se protegerem das acirradas críticas do eleitorado brasileiro. 
Os malandros (espertos) deram uma máscara a censura chamando o projeto de: Lei Brasileira de Liberdade, Responsabilidade e Transparência Digital na Internet. 
Liberdade, Responsabilidade e Transparência Digital na Internet – COISA NENHUMA!!! Veja o que diz o artigo 132 do referido Projeto aprovado no Senado nesta terça-feira: 
Art. 13. Os provedores de aplicação que prestarem serviços de mensageria privada desenvolverão políticas de uso que limitem o número de encaminhamentos de uma mesma mensagem a no máximo 5 (cinco) usuários ou grupos, bem como o número máximo de membros de cada grupo de usuários para o máximo de 256 (duzentos e cinquenta e seis) membros. 
§1º Em período de propaganda eleitoral, estabelecido pelo art. 36 da Lei 9.504 de 1997 e durante situações de emergência ou de calamidade pública, o número de encaminhamentos de uma mesma mensagem fica limitado a no máximo 1 (um) usuários ou grupos
ENTENDERAM A MALANDRAGEM DOS MALANDROS!! - Eis aí os FAKE SENATORS (Falsos senadores) que emplacaram suas malandragens pra cima da desinformada população brasileira. 
  1. Sérgio Petecão (PSD-BA) 
  2. Lucas Barreto (PSD-AP) 
  3. Randolfe Rodrigues (Red-AP) 
  4. Eduardo Braga (MDB-AM) 
  5. Omar Aziz (PSD-AM) 
  6. Ângelo Coronel (PSD-BA) 
  7. Jaques Wagner (PT-BA) 
  8. Otto Alencar (PSD-BA) 
  9. Cid Gomes (PDT-CE) 
  10. Tasso Jereissati (PSDB-CE) 
  11. Fabiano Contarato (Rede-ES) 
  12. Rose de Freitas (Podemos-ES) 
  13. Eliziane Gama (Cidadania-MA) 
  14. Weverton Rocha (PDT-MA) 
  15. Carlos Fávaro (PSD-MT) 
  16. Jayme Campos (DEM-MT) 
  17. Wellington Fagundes (PL-MT) 
  18. Nelsinho Trad (PSD-MS) 
  19. Simone Tebet (MDB-MS) 
  20. Antonio Anastasia (PSD-MG) 
  21. Rodrigo Pacheco (DEM-MG) 
  22. Daniella Ribeiro (PP-PB) 
  23. José Maranhão (MDB-PB) 
  24. Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) 
  25. Jader Barbalho (MDB-PA) 
  26. Paulo Rocha (PT-PA) 
  27. Humberto Costa (PT-PE) 
  28. Jarbas Vasconcelos (MDB-PE) 
  29. Ciro Nogueira (PP-PI) 
  30. Marcelo Castro (MDB-PI) 
  31. Jean Paul Prates (PT-RN) 
  32. Paulo paim (PT-RS) 
  33. Acir Gutgacz (PDT-RO) 
  34. Confúcio Moura (MDB-RO) 
  35. Marcos Rogério (DEM-RO) 
  36. Chico Rodrigues (DEM-RR) 
  37. Mecias de Jesus (Republicanos- RR) 
  38. Telmário Mota (Pros-RR) 
  39. Dário Beger (MDB-SC) 
  40. Alessandro Vieira (Cidadania-SE) 
  41. Maria do Carmo (DEM-SE) 
  42. Rogério Carvalho (PT-SE) 
  43. Irajá (PSD-TO) 
  44. Kátia Abreu (PP-TO)

Retroceder NUNCA!! Render-se JAMAIS!!

Com ou sem o PL2630, com ou sem a tirania do STF, com ou sem os corruptos de plantão, eu Edgar Ribeiro não vou mudar um ponto do meu ímpeto crítico - doa a quem doer.

Retroceder NUNCA!! Render-se JAMAIS!!

sábado, 27 de junho de 2020

Autor de “Belágua Sim Senhor (2015)” vê o Maranhão sob Flávio Dino pior ou igual o que era e critica seu recuo no combate a COVID-19

Maurício Miguel: "Preocupação com os mais vulneráveis"
O advogado, sociólogo, defensor dos direitos humanos e documentarista dos descasos sociais que permeiam o Brasil, Maurício Miguel, manifesta com grande preocupação o recuo do governador do Maranhão no combate da Pandemia do Coronavírus. 

Para Maurício Miguel, o governador e sua equipe mudaram a postura técnica para pior no combate à Convid-19, pois a liberação da população a la vontê (à vontade), revela uma irresponsabilidade sem tamanho – “sem saneamento, básico, péssimas condições de esgotamento sanitário, falta de banheiros químicos nas praias; sem falar na precária condições de saúde e higiene nos ambientes públicos (praças, ruas, parques) do Maranhão”, ressalta o advogado. 

Maurício atribui a tal postura irresponsável, a proximidade com as eleições 2020 e objetivos arrecadatórios do ICMS para fazer frente a demandas políticas e não de saúde pública. Lembra, a título de exemplo, a postura da Argentina, que no inicio debelou a epidemia, mas afrouxou em seguida – advindo daí as consequências - Confira... Da mesma forma, Os EUA, que nesta sexta-feira registra casos de coronavírus atingindo novo recorde em um dia por conta do afrouxamento de reabertura – Confira ...

“Não falo de controle geral, mas a exceção das atividades econômicas básicas de sobrevivência, nenhum dos governantes podem conceberem que cidadãos saiam por aí batendo perna; de bar em bar, diante da grave pandemia, expondo aqueles que realmente necessitam em razão de necessidade de sobrevivência”, observa Maurício Miguel. 

“É sabido que há uma pressão econômica; há um pressão popular – entretanto, as consequências são catastróficas diante de um Estado que não tem condições políticas e técnica de fazer frente ao estouro de uma segunda onda da pandemia”, lembra o ativista social. 

“Estamos vendo atitudes de politicagem, tanto do governador do Maranhão, como do governador de São Paulo – cedendo a pressões de prefeitos por conta das eleições que se avizinham. É uma lástima! Sob populações totalmente vulneráveis”. 

Desde 2015, Maurício Miguel mostra os descasos para com as questões sociais dos maranhenses. Expós ao Mundo a miséria, a falta de estrutura e saneamento básico que permeiam todos municípios do Maranhão, dirigiu e produziu o Curta Metragem - "BELÁGUA SIM SENHOR".
“É uma tristeza ver que pouco ou nada mudou. E diante dessa pandemia essas pessoas desassistidas são alvos fáceis do vírus”, conclui o advogado ativista de direitos humanos.

sexta-feira, 26 de junho de 2020

Bolsonaro abre as comportas da esperança de 12 milhões de nordestinos em 390 municípios e invoca Deus

Num gesto dos Samos 121: "De onde virá o meu socorro? O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra", Bolsonaro ergue os braços em agradecimentos a Deus ao som da vida - Água é vida.

na manhã desta sexta-feira (26), na cidade de Penaforte, no Ceará, Bolsonaro abriu as comportas que vão permitir que as águas do Rio São Francisco cheguem ao Estado do Ceará. A obra faz parte do Eixo Norte do Projeto de Integração do São Francisco.

As gestões Lula e Dilma desviaram milhões de reais que seriam destinados à obra - Só que tomou a frente da obra o Capitão do Exercito Brasileiro - Jair messias Bolsonaro - que como primeiro ato extinguiu as propinas e impediu deputados e senadores de se entrometerem na obra - afastando a corrupção a coisa anda e o dinheiro dar pra fazer as coisas.

Segundo o governo federal, quando todas a estruturas e sistemas complementares nos estados estiverem em operação, cerca de 12 milhões de pessoas em 390 municípios de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte serão beneficiadas.

"A obra levará água para quem realmente precisa e a intervenção faz parte da recomendação do governo de não deixar nenhuma obra parada. Vai servir para agricultura, irrigar terras, levar água pra casa do cidadão nordestino, é uma novela enorme que está chegando ao fim”, Declarou Bolsonaro visivelmente emocionado .

A transposição das águas do Rio São Francisco abastecia atualmente o Reservatório Milagres, em Pernambuco. Agora, ela passará pelo Túnel Milagres, na divisa entre Ceará e Pernambuco, e chegará ao Reservatório Jati. De lá, o recurso segue até a Paraíba e o Rio Grande do Norte.

O Projeto Integração do Rio São Francisco é a maior obra hídrica do Brasil e conta com mais de 477 quilômetros de extensão. Estima-se que quando todo o empreendimento estiver pronto, mais de 12 milhões de pessoas em 390 cidades de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte sejam beneficiadas.

Assista abaixo as imagens através de vídeo da TV Brasil:

quinta-feira, 25 de junho de 2020

URGENTE!! Brasileiros podem migrarem para Deep Web para exercerem a liberdade de expressão

A parte comunista do Senado Federal tenta aprovar o Projeto de Lei n° 2630/2020 para, sob a desculpa de combate de fake news, proibir cidadãos de denunciar e criticar suas sanhas corruptas e crimes contra a administração pública.
QUASE 500 MIL BRASILEIROS SÃO CONTRA CALAREM SUAS BOCAS NAS REDES SOCIAIS
Se aprovado, não resta aos brasileiros outra alternativa a não ser migrar para o Browser da deep web chamado Tor. Lá você tem privacidade total.

O que é a deep web?

A deep web (Internet Profunda) foi desenvolvida no Laboratório de Pesquisas da Marinha dos EUA, que criou o The Onion Routing (O Roteamento de Cebola - TOR) para tratar de pesquisa, design e análise de sistemas anônimos de comunicação. A segunda geração desse projeto foi liberada para uso não-governamental, apelidada de TOR e, desde então, vem evoluindo...

Existe hoje a ONG, Tor Project, uma rede de túneis escondidos na internet em que todos ficam quase invisíveis. Onion, em inglês, significa cebola, e é bem isso que a rede parece, porque às vezes é necessário atravessar várias camadas para se chegar ao conteúdo desejado.

Grupos pró-liberdade de expressão são os maiores defensores do Tor, já que pela rede Onion é possível conversar anonimamente e, teoricamente, sem ser interceptado, dando voz a todos, passando por quem luta contra regimes ditatoriais, empregados insatisfeitos, vítimas que queiram denunciar seus algozes... todos.

A ONG já teve apoio da Electronic Frontier Foundation, da Human Rights Watch e até da National Christian Foundation, mas também recebeu dinheiro de empresas, como o Google, e de órgãos oficiais - o governo dos EUA, aliás, é um dos principais investidores.

Ao acessar um site normalmente, seu computador se conecta a um servidor que consegue identificar o IP; com o Tor isso não acontece, pois, antes que sua requisição chegue ao servidor, entra em cena uma rede anônima de computadores que fazem pontes criptografadas até o site desejado.

Por isso, é possível identificar o IP que chegou ao destinatário, mas não a máquina anterior, nem a anterior, nem a anterior etc. Chegar no usuário, então, é praticamente impossível. Também há serviços de hospedagem e armazenagem invisíveis. Assim, o dono da página está seguro se não quiser ser encontrado.

A deep web tem o seu lado "bom", que é a privacidade para troca de conteúdo e informações sigilosas, por exemplo. Mas também tem o lado ruim, cheio de crimes, pornografia, tráfico de drogas e outras ilegalidades. É a parte da deep web que muitos chamam de dark web.

Existem muitos fóruns com discussões que vão de política internacional a técnicas de programação, porém, todos precisam de cadastro, que pode ser feito por meio do Tor Mail. Este é um serviço criado e totalmente mantido dentro da Onion (nome dado à rede), e possui encriptação refinada e segurança máxima. Com este endereço de e-mail que os usuários da DW se identificam em fóruns ou semelhantes. Assim como na web tradicional, a inscrição é gratuita.

Com a alta privacidade, a DW atraiu grupos famosos. O Wikileaks e o Anonymous, por exemplo, refugiaram documentos sigilosos ali. E alguns revolucionários, que participaram da Primavera Árabe, usaram a rede paralela para facilitar a articulação dos rebeldes e complicar o trabalho da inteligência policial. Jornalistas, militares e políticos também se comunicam pela teia misteriosa e acobertam suas ações na rede - o que a torna um local muito mais rico em informações do que se imagina e é comentado.

quarta-feira, 24 de junho de 2020

Cidadão grava vídeo informando que prefeito estava lhe ameaçando de morte e em seguida é assassinado


terça-feira, 23 de junho de 2020

Conte sempre com um bom advogado antes de adquirir um terreno em Teresina

Conte sempre com um bom advogado antes de adquirir um terreno em Teresina
Fonte: Pixabay

Para a maioria das pessoas, um dos momentos mais importantes da vida é a aquisição de imóveis ou terrenos à venda em Teresina. Muitos passam ao longo da vida juntando dinheiro ou pagando prestações intermináveis, com intuito de ter a casa própria. Mas é de fundamental importância, para que todo esse processo dê certo, é necessário contratar um advogado especializado no ramo imobiliário, para evitar a perda futura do terreno ou imóvel em função de inúmeros problemas que podem surgir por razão de fraudes, a simulação e incapacidade do proprietário, além de dívidas e falta a registro no cartório competente.

Como regularizar um terreno?

Regularizar um terreno de posse não é algo fácil. Uma família adquire um imóvel com contrato de compra e venda, anos se passam, aí surge aquela preocupação de regularizar o imóvel. Um exemplo comum ou vivenciado por muita gente, é de quando um dos proprietários vem a falecer. É daí por diante que os problemas começam. E junto a esses problemas, vêm as perguntas como: inventário? usucapião? escritura de compra e venda? Como devo regularizar um terreno de posse? É aí que o advogado entra em ação, para te explicar o que fazer diante a todos esses termos que você provavelmente nunca havia ouvido falar.

Escritura ou documento de Terreno de Posse: 

Essa Escritura serve para vender e comprar casa em Teresina ou terreno, este documento é responsável por formalizar as condições do negócio do bem, serve como suporte para registrar na matrícula do imóvel. Por outro lado, é essa matrícula que o imóvel será assegurado e não na escritura. Então não basta ter apenas a “escritura da casa ou do terreno”, é necessário constar no registro e o seu nome na matrícula do imóvel. Neste caso, sabendo como regularizar o terreno de posse, tudo se resolverá. Por isso para fazer a escritura deste tipo de terreno, você deve antes de tudo entender ambos os conceitos.

Como regularizar imóvel de posse?

Primeiramente, a forma mais fácil para regularizar a documentação de um imóvel é procurar o antigo proprietário. Caso, o antigo proprietário não seja encontrado, a partir daí os problemas começar a aparecer. Mas, caso acabe encontrando antigo proprietário, basta dialogar com ele e solicitar que o mesmo assine a transferência no registro da matrícula do imóvel em questão.

E se o antigo proprietário não quiser transferir o terreno/imóvel? Ou se ele faleceu?

Em ambos os casos, o ideal será contatar um advogado especialista em direito imobiliário para analisar a situação e te auxiliar. No entanto, nestes casos o melhor é mover uma ação judicial para obrigar o proprietário vivo ou seus herdeiros a assinarem a transferência registro. 

Usucapião

A Usucapião é um método de conseguir propriedade de imóvel quando trata-se de não saber o paradeiro do vendedor. Por outro lado, não é apenas isso, também é importante que tenham passados alguns anos para que o atual proprietário consiga comprovar que a ele pertence o imóvel, uma das comprovação pode ser devido ao pagamento do IPTU. Sendo assim, a ação de usucapião pode ser judicial ou extrajudicial havendo inúmeros tipos, são eles:

Tipos de Usucapião

Extraordinária:
  • Posse do bem por aproximadamente 15 anos, sem interrupções, nem oposições; 
  • Independente de título; 
  • Redução de prazo para 10 anos, em casos de: O proprietário estabelecer no imóvel a sua moradia habitual, ter realizado reformas, ou ainda, tiver realizado serviços de caráter de valorização no local. 
Ordinária
  • Posse durante 10 anos regularmente; 
  • Boa-fé; 
  • título justo; 
Redução para 5 anos, em casos de aquisição onerosa, baseada em registro, cancelada sucessivamente ou os que têm posse tiverem estabelecido este local como moradia fixa, ou os mesmo realizam investimento de caráter social e econômico. 

Especial rural
  • Posse por até 5 anos; 
  • Localizado na Zona rural; 
  • Área não contendo 50 hectares; 
  • Área de produção pelo trabalho próprio ou da família, tendo nela seu imóvel; 
  • O então proprietário possuidor não pode ter outro imóvel. 
Especial Urbana
  • Posse por até 5 anos; 
  • Localizado em Zona urbana; 
  • Área não superior a 250m²; 
  • Moradia fixa; 
  • O possuidor não pode conter outro imóvel. 
Coletiva – Estatuto das Cidades
  • Localizado em áreas urbanas; 
  • Ocupação por moradores de baixa renda para seu imóvel, durante 5 anos consecutivos; 
  • Área superior à 250m²; 
  • Onde não for possível identificar os terrenos ocupados por cada um que têm direito a posse do mesmo; 
  • Os possuidores não sejam donos de outros imóveis tanto na área urbana como na rural. 
Especial familiar
  • Posse exclusiva, sucessiva, por até 2 anos; 
  • Imóvel em área urbana de até 250m²; 
  • Ex-cônjuge ou ex-companheiro ter deixado a moradia; 
  • Utilizar para moradia própria ou de sua família; 
  • Não ser dono de outro imóvel. 
O advogado é responsável por analisar todos os documentos referentes à negociação e auxiliar na elaboração do contrato antes da entrega das chaves, para proteger o comprador ou quem está vendendo. É esse profissional que vai conferir o histórico do imóvel se encontra e do proprietário, evitando que o então comprador arque com as dívidas ou acabe jogando fora um dinheiro que poderia ser investido. No caso de aluguel, o advogado orienta o inquilino em pontos importantes do contrato como a escolha do reajuste da locação e o acordo sobre a realização de reforma que, que muitas vezes, podem ser reembolsadas ou feito um acordo com o proprietário. 

Gostou deste artigo? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas saibam porque um bom advogado pode ser útil quando for adquirir um terreno.

segunda-feira, 22 de junho de 2020

Bem Pro Social presta homenagem aos mortos pelo Coronavírus e pede às autoridades mais responsabilidade no combate da pandemia

O coletivo Bem Pro Social - identifica, analisa e desenvolve situações que requer ações de garantias de Saúde, de Cidadania, de economia; garantias sociais, ambientais e culturais.
Não adentra no mérito de questões politico-partidárias, mas entende que a cidadania nasce do desempenho de cada agente dentro de seu papel social: no âmbito político, para execução de políticas públicas alinhadas com os anseios e necessidades da população; no ambiente corporativo e empresarial, essencial para fomentar ações de responsabilidade sociocultural, ambiental e econômica; e no entendimento mútuo da população de que somente com um pacto entre todos atores é possível realizar pequenas e grandes mudanças.
O Bem Pro Social dar um grito de alerta para toda a nossa sociedade e ao conjunto dos governantes - do presidente aos prefeitos para que assuma suas responsabilidades de fato.

Nesse contexto presta homenagem ao Falecidos pelo Coronavírus:

Infelizmente não é esse tipo de ação social que o coletivo Bem Pro Social está acostumado a fazer, só que é algo que a comunidade e a sociedade da Cidade e do Estado de São Paulo procuram alertar.
Essa pandemia está fazendo com que as desigualdades sociais se aflorem, e nós enquanto cidadãos, pais, mães e educadores, temos que vir eminentemente repudiar qualquer ato político em debate a esta pandemia. Temos que pensar em uma forma de minimizar tanto as suas desigualdades sociais e as mazelas que vieram à tona nesse período.
Nesta sexta-feira, o coletivo Bem Pro Social colocou 1000 cruzes na avenida Sumaré - SP. Essas cruzes é uma maneira de homenagem simbólica as vítimas desta pandemia, e dar um grito de alerta para toda a nossa sociedade e ao conjunto dos governantes - do presidente aos prefeitos para que assuma suas responsabilidades de fato.

Pedimos que a sociedade divulgue nosso ato compartilhando para seus amigos
#Covid #Coronavirus #Homenagem
Maurico Miguel
www.bemprosocial.com.br

MAIS ABUSOS DE AUTORIDADE E INVENÇÃO DE SUPOSTOS CRIMES PARA INTIMIDAR CIDADÃOS DO BEM

INVASÃO, AMEAÇAS, INTIMIDAÇÕES, CONSTRANGIMENTOS E VIOLAÇÕES DE DIREITOS FUNDAMENTAIS.

domingo, 21 de junho de 2020

BOMBA!! Advogados provam a trama do STF, MPF e até da OAB para prisões ilegais de apoiadores de Bolsonaro


As acusações são dos quatro advogados da Sara Winter e revela crimes graves capitulados na legislação nacional (Constituição Federal), bem como na legislação do Tribunal Penal Internacional.
Alexandre de Moares e os demais envolvidos com ele cometeram os seguintes crimes capitulados na Lei Federal Nº 13.869/2019, que dispõe sobre os crimes de abuso de autoridade:
Art. 9º Decretar medida de privação da liberdade em manifesta desconformidade com as hipóteses legais: 
Pena - detenção, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa.
Parágrafo único. Incorre na mesma pena a autoridade judiciária que, dentro de prazo razoável, deixar de:
I - relaxar a prisão manifestamente ilegal;
II - substituir a prisão preventiva por medida cautelar diversa ou de conceder liberdade provisória, quando manifestamente cabível;
III - deferir liminar ou ordem de habeas corpus, quando manifestamente cabível.
Art. 12. Deixar injustificadamente de comunicar prisão em flagrante à autoridade judiciária no prazo legal:
Pena - detenção, de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos, e multa.
...
III - deixa de entregar ao preso, no prazo de 24 (vinte e quatro) horas, a nota de culpa, assinada pela autoridade, com o motivo da prisão e os nomes do condutor e das testemunhas;
Art. 19. Impedir ou retardar, injustificadamente, o envio de pleito de preso à autoridade judiciária competente para a apreciação da legalidade de sua prisão ou das circunstâncias de sua custódia:
Pena - detenção, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa.
Parágrafo único. Incorre na mesma pena o magistrado que, ciente do impedimento ou da demora, deixa de tomar as providências tendentes a saná-lo ou, não sendo competente para decidir sobre a prisão, deixa de enviar o pedido à autoridade judiciária que o seja.
Art. 20. Impedir, sem justa causa, a entrevista pessoal e reservada do preso com seu advogado: 
Pena - detenção, de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos, e multa.
Art. 27. Requisitar instauração ou instaurar procedimento investigatório de infração penal ou administrativa, em desfavor de alguém, à falta de qualquer indício da prática de crime, de ilícito funcional ou de infração administrativa: (Vide ADIN 6234) (Vide ADIN 6240)
Art.30. Dar início ou proceder à persecução penal, civil ou administrativa sem justa causa fundamentada ou contra quem sabe inocente:
Pena - detenção, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa.
Art. 32. Negar ao interessado, seu defensor ou advogado acesso aos autos de investigação preliminar, ao termo circunstanciado, ao inquérito ou a qualquer outro procedimento investigatório de infração penal, civil ou administrativa, assim como impedir a obtenção de cópias...
Pena - detenção, de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos, e multa.

PM do DF taca spray de pimenta em criança e Globo, CNN, Folha e comparsas silenciam


O hipócrita lamento de Sarney e a resposta do internauta

"Lamentavelmte, veio reconhecer, na dor, na perda e no sofrimento, o que ele como personalidade política influenciadora, não fez para modificar o quadro achando que sua família estava imune. Quantas famílias pobres, ricas, de policiais sentiram está dor cortando a alma!!
Ainda não é tarde para mudar ex-presidente da República Federativa do Brasil".

sábado, 20 de junho de 2020

O novo Corona Vírus e as suas regionalidades

Por Mauricio Miguel
presidente do Instituto de Cidania Ativa
coordenador geral do coletivo www.bemprosial.com.br
Desde o início do ano de 2020, da descoberta de uma doença, na China, até a evolução para uma pandemia inimaginável nos seus efeitos, de tudo que o mundo já experimentou, o Brasil já experimentou. As suas regiões já experimentaram. Cada estado e capital, também, já experimentou drasticamente as mudanças que ela provocou.
Há quem diga que falar sobre a pandemia que está assolando, aterrorizando e matando pessoas no mundo todo há mais de 150 dias, desde o primeiro caso, é como sangrar o motivo todos os dias.
E mesmo tendo chegado sem nem possuir nome definido e ser confundido com uma Pneumonia pela Organização Mundial da Saúde (OMS), hoje o mundo conhece e teme o avanço da Covid-19, mais conhecida como o novo Corona Vírus, que luarizado apenas na China, se tornou um problema mundial e até o momento, sem freio.
Devido ao atraso e até na demora da descoberta pela própria OMS do que, de fato, se tratava a doença, o mundo viu órgãos, países e estados retardando na prevenção e medidas mais radicais de contenção do vírus.
Com isso, além da China, grande parte dos países da Europa, da Ásia e os Estados Unidos, começaram a contar os seus contaminados e os seus mortos numa curva crescente e sem meios de impedir.
Brasil
O vírus começou a se espalhar rápido pelo mundo e aqui no Brasil, o holofotes para a doença acionaram o alerta no mês de Fevereiro, quando trinta e quatro brasileiros que viviam na cidade chinesa de Wuhan, epicentro do novo coronavírus, foram repatriados. Duas aeronaves da Força Aérea Brasileira aterrissaram no Brasil com o grupo. Eles ficaram de quarentena por 14 dias na Base Aérea de Anápolis, em Goiás. 
No dia 26 de Fevereiro, foi confirmado o primeiro caso de coronavírus no Brasil. O diagnosticado é um homem de 61 anos que viajara à Itália e deu entrada no Hospital Albert Einstein no dia anterior.
Esse foi o primeiro caso de coronavírus na América Latina.
A partir desse dia o Brasil viu os casos aumentarem, dobrarem, triplicarem em horas, dias, semanas e meses. Hoje já passa da marca de 1 milhão de infectados com o vírus da Covid 19, com quase 50 mil vítimas fatais por complicação da doença.
Lembra quando falei acima de que tudo o país já experimentou?
Pois é!
Com o alerta para a disseminação rápida da doença, em quase todo o país, a Justiça determinou que cada estado e município e a federação brasileira decidisse quais medidas de isolamento e confinamento tomariam, contando que o resultado fosse o menor possível de mais pessoas infectadas e mortas. 
A partir daí, o Brasil entrou em uma espécie de quarentena e distanciamento social.
Fecha comércio. Aulas suspensas. Isolamento de praias e áreas de lazer. A hashtag Fica em Casa começou a ganhar força em toda a Nação e, realmente, no início, toda a sociedade brasileira termia o que estava acontecendo.
Tudo fechado e mesmo assim casos aumentavam como a velocidade da luz.
A maioria das pessoas dentro de casa, sendo aconselhadas a tomarem medidas pessoais de prevenção da doença, principalmente, as que podiam. Mas e aquelas pessoas que se trancaram e viram os dias passarem e as comidas acabarem?
Mas e aquelas pessoas que se trancaram com medo e por medida de prevenção e viram as contas chegando como se nenhuma delas tivesse sido paralisada e se rendido, também, ao atual momento de pandemia?
Agora a discussão é outra: “preciso sair para trabalhar!”
A maior fonte de renda dos brasileiros se concentra no comércio e, este por sua vez, vive o dilema: abre comércio, fecha comércio, declara lockdown.
Maranhão
No Maranhão, estado do Nordeste, governado pelo comunista Flávio Dino, opositor ferrenho do governo Bolsonaro, não demorou para que junto com os demais estados começasse a contar os seus infectados e, até, mortos.
Mas, no Maranhão, há um detalhe gritante que, se somado a desequilibrada disseminação do vírus, pode matar ainda mais gente e mais rápido, é o problema da fome, da extrema pobreza em que vivem milhares de famílias maranhenses espalhadas pelos seus 217 municípios.
Foi no dia 20 de Março o 1° caso da doença registrada no estado, na capital São Luís.
De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o paciente era um homem idoso que retornara de uma viagem feita à São Paulo.
Após a confirmação, o governo do estado estabeleceu decreto do fechamento, também, do comércio, igrejas e suspensão das aulas, seguindo as mesmas diretrizes de outros estados. Medidas radicais começaram a ser tomadas a fim da contenção e espalhamento do vírus.
A hashtag Fica em Casa começava a ganhar força no Maranhão. Desde Março, o estado já viveu de tudo, como citei no início do texto.
Do #ficaemcasa ao lockdown. Do fechamento de tudo, menos o serviço essencial. Do rodízio de carros, à aplicação de multa. Do fechamento da entrada e saída de São Luís, à proibição de viagens, os maranhenses já vivenciaram durante essa quarentena e, mesmo assim, estamos no mês de Junho e o estado já passa dos 68 mil casos de pessoas infectadas pelo novo corona vírus, mais de 1.500 mortes e das 217 cidades maranhense, 214 já foram atingidas, de acordo com a SES.
Faltando poucos dias para completar 3 meses de fechamento do serviço não essencial, Flávio Dino baixou portaria no estado decretando o retorno das atividades no comércio – com restrições.
Ora, se lá em Março, quando o estado tinha apenas casos suspeitos o chefe maior do Maranhão tomou medidas radicais de isolamento, como depois de mais de 1.500 mortes, tudo está voltando ao normal como se o pior já tivesse passado?
Estaria o governador se rendendo às pressões dos empresários?
Estaria o governo federal dificultando os milhões em repasses financeiros para os cofres públicos do Maranhão, obrigando, assim, o estado voltar a produzir economicamente, aumentando a receita dos impostos e da atividade produtiva?
Ou, simplesmente, é um tipo de preocupação com os milhares de maranhenses que correm sério risco de perder os seus empregos e empresas declararem estado de falência? 
Com isso, como o vírus “se comporta” diante desse achismo de “o pior já passou?”
Como a sociedade, as famílias, os trabalhadores podem e estão se defendendo?
Mesmo Flávio Dino afirmando que o retorno às atividades vai ser gradual e cheia de restrições, é preciso muito cuidado e cautela por parte dos órgãos de saúde responsáveis e por parte da população, em geral.
Tudo ainda precisa ser muito bem pensado e para alguns tipos de atividades, uma fiscalização rigorosa, no coletivo e no pessoal.
Não que eu seja completamente a favor do fechamento radical de todas as coisas, pois o radicalismo, às vezes, impede o bom raciocínio.
Saúde e economia caminham juntas e, por isso, é importante pensar no povo e não em ideologia partidária, pois quando coloca a cegueira partidária à frente de decisões, o que podia ser sensato, se torna burrice intelectual.
Liberou o trabalho?
Ok!
Mas, que tal lutar pela conscientização de todos pelos cuidados essenciais, pois é claro que a economia precisa girar, mas não há economia se não há gente saudável.

quinta-feira, 18 de junho de 2020

REAJAM CRISTÃOS!! Ainda não estamos nos céus de glória - a luta de agora é a mesma de Davi x Golias - é a luta pela liberdade - pela sua liberdade - levante-se e mostre para os incircuncisos quem é nosso Deus

quarta-feira, 17 de junho de 2020

As células comunistas protocolam mais 5 processos criminais contra Bolsonaro no seu Cartório STF - já são 79 ataque ao presidente


A escalada da esquerda comunista brasileira para transformar Jair Bolsonaro no maior criminoso do mundo continua sem trégua para finalizar o golpe.


Hoje nos registros do STF, Bolsonaro figura como maior criminoso do Brasil e do Mundo – são mais de 70 ações acusando o presidente da República de diversos crimes – de execução de pessoas até premeditação para matar os populações inteiras. CONFIRA ESSE DOCUMENTO QUE O GOVERNO NÃO DEU ATENÇÃO AQUI.

Bolsonaro já está cassado - só faltam oficializar. Tudo por que cometeu um erro fatal - não montou um gabinete jurídico para defender sua honra, a honra da Presidência da República, a honra de sua família e proteger seus aliados dos ataques das células terroristas, que agora utilizam o STF  com processos Fake News - aceitos passivamente por seus ministros.

Tudo isso somados aos ataques de ministros do STF a Bolsonaro e aos frouxos generais de agora.

A Bolsonaro - insinuaram ser um nazista;

Aos generais - a ameaça de serem conduzidos debaixo de vara.

Não reagiram e agora a cassação de Bolsonaro se concretiza e prisão de seus aliados. 

segunda-feira, 15 de junho de 2020

EI BRASIL!! ACORDA!! estamos sob regime de exceção! Sabes o que é isto?

Regime de exceção é uma situação oposta ao Estado democrático de direito. Está acontecendo aqui e agora sem que esteja decretado O Estado de Defesa ou o Estado de Sítio.
“Estado Democrático de Direito” já era! Acorda povo brasileiro! 

Prefeito, governadores, chefes de polícias e até ministros do STF estão cagando para essa tal de Constituição e descendo o cacete na população que reage às suas atrocidades e esquemas aparelhados muito antes para esse momento.

Esse "Estado Democrático de Direito” - letra morta na Constituição Federal, se fosse observados, os agressores atual da democracia seriam obrigados observarem três coisas:

1 - O “devido processo legal” - que evitaria arbitrariedades como os inquéritos 4781 e 4828 conduzidos às escondidas no STF para pegar aqueles que eles julgarem ameaça aos seus interesses e de seus comparsas, inclusive com aquiescência do MPF - associação perigosa para a democracia. 

2 - O “princípio da inocência até prova em contrário” - que coibiria essas perseguições articuladas por prefeitos, governadores e ministros do STF contra cidadãos que confrontam suas praticas repugnáveis

3 - O “princípio do contraditório” - , que garantiria aos acusados e presos prévio conhecimento do que os acusam, o que permitiria a resposta em suas defesas. 

AGORA PASMEM!
Sabe quem são encarregados da aplicação destes princípios? 
Os mesmos algozes da democracia no momento (Ministros do STF e aqueles que estão associados com eles - Juízes, Promotores Públicos, procuradores, policiais e  até advogados.

O STF vem se transformando no DOPS/DOI-CODI aos estilo moderno de intimidar os que exercem a liberdade de opinião e expressão - no momento cassada por ministros do STF, que ACUSAM-INTERROGAM - E JULGAM.

sistema inquisitório ora adotado pelo STF para intimidar pessoas é um perigo muito grande para a sociedade brasileira. 

Sob a desculpa de sigilo, até até advogados dos acusados são impedidos de acessar os processos. "Qualquer advogado, por sinal, pode examinar os autos de um inquérito policial. É direito assegurado pelo Estatuto da Advocacia (Lei 8.906/94, art. 7.º, incisos XIII a XV). Aliás, para isso, nem sequer necessita, em princípio, de procuração".

sexta-feira, 12 de junho de 2020

VENEZUELA: A face cruel do comunismo - o desejo da esquerda para o Brasil

        Venezuelanos famintos roubam e sacrificam cavalo de corrida para comer. CONFIRA AQUI
       O cavalo de corrida venezuelano conhecido como Ocean Bay teve seu fim nesta semana e causou muita comoção. o garanhão foi roubado e comido pelos famintos venezuelanos. Os donos de cavalos dizem que está se tornando um crime cada vez mais comum em uma nação onde muitos passam fome em meio a uma severa crise econômica.
     "Que desgraça", lamentou no no Twitter, Ramón García, treinador de longa data do cavalo Ocean Bay. "Não é a Venezuela onde cresci."
         Nos últimos anos, agricultores, veterinários e outros relataram dezenas de crimes semelhantes, mas o massacre de Ocean Bay atingiu uma comoção porque o cavalo era muito conhecido.
       Eis o país, cujo ditador comunista é idolatrado pela esquerda brasileira - que sonha com o regime no nosso país.








terça-feira, 9 de junho de 2020

INTERVENÇÃO FEDERAL NO MA É URGENTE: Prefeito da Capital, governador do MA e parte dos secretários municipais e estaduais deveriam estar presos


CONIVENTE é quem, sabendo de um crime praticado ou a ser praticado por outrem, não faz nada para impedi-lo, embora pudesse fazê-lo; complacente, condescendente, transigente. É isso o que é o MP do Maranhão quando os criminosos são agentes do governo do Estado e da prefeitura de São Luís.

Age às vezes somente contra alguma pequena prefeitura do interior para disfarçar à população do Maranhão que estão combatendo a corrupção. NADINHA!! é só para enganar bobos e acobertar o grosso dos crimes de corrupção que assola o Maranhão na fome e na miséria. 

Em 02 de fevereiro de 2019, este Blog fez denúncia pública, provando que o governo Dino estava metendo a mão nos recursos do Estado por meio de aditivos criminosos. CONFIRA AQUI.

O MP do Maranhão calado estava, calado ficou. Então, o Senador Roberto Rocha teve que acionar o Flávio Dino e seu Secretário na Justiça do DF em razão da omissão e desconfiança no MP, no TCE e na justiça do Maranhão. CONFIRA AQUI.

O SENADOR TEM RAZÃO
O Tribunal de Contas do Maranhão aprovou concorrência do governador mesmo tendo sido confirmando ilícitos, denunciou o Blog Atual7 e provou com dossiê e tudo. CONFIRA AQUI E AQUI.

Em outra denúncia o blog apontou o envolvimento de empresas com o esquema de corrupção. Algumas das empresas se manifestaram para dizer que estavam lhe devendo R$ 400.000,00.

Outra empresa teria mais de 1 milhão de reais a receber, com nota já atestada, mas alega que ainda não recebeu nada de Flávio Dino. CONFIRA AQUI.

OS ESQUEMAS DA PREFEITURA DE SÃO LUÍS QUE DÁ DEZENAS DE ANOS DE PRISÃO PARA O PREFEITOS E AUXILIARES

Desde junho de 2018 que o blog apresenta provas de como roubam em São Luís como os esquemas do chamado asfalto sonrizal e tapa buraco. CONFIRA AQUI.

Em poucos meses o esquema do asfalto em São Luís torrou mais de R$ 16 milhões. CONFIRA AQUI.

Faça uma busca com o termo "improbidade" no site do MP e vê se acha alguma ação contra Flávio Dino e Edvaldo Holanda Junior. Faça a mesma pesquisa no Tribunal de Justiça do Maranhão.

Não vão achar nenhuma ação do MP do Ma denunciando nenhum desses crimes.

O Maranhão é caso de intervenção federal por omissão dos órgãos de justiça em apurar crimes de corrupção do prefeito da capital, do seu aliado governador, bem como dos secretários municipais e estaduais. 

sábado, 6 de junho de 2020

CRIMES CONTRA A HUMANIDADE: Ministros do STF, governadores de Estados e prefeitos serão réus no Tribunal Penal Internacional


LEVANTAMENTO DOS CRIMES
O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos acompanha e tem levantamentos de mortes por coronavírus que resultaram das medidas do STF, que impediu o Bolsonaro de administrar a pandemia (determinando competências aos Estados e aos Municípios); de governadores e prefeitos que impediram pessoas de tomarem Cloroquina para se salvarem - vindo a óbito. Tem casos que chegaram até a confiscarem o remédio para as pessoas não usarem, causando milhares de mortes.

Na mesma onda de crimes, governadores e prefeitos desviaram os recursos destinados para o combate da pandemia e mandaram prender pessoas que estavam exercendo o direito de ir e vir. Sem nenhuma prova que estas estivessem contaminadas, e ainda as cenas de torturas de espalharam nas redes sociais.

PENSARAM QUE IA FICAR ASSIM?
Todos esses crimes serão levados à apreciação do TPI - Tribunal Penal Internacional. Na petição também é mencionada a omissão do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, que ficou inerte diante de todos esses crimes. Também será citadas as omissões do Presidente do Senado, da Câmara do Deputados, da OAB, do CNJ e da ABI, cujo alguns associados fizeram foi incentivar os crimes manipulando ou omitindo notícias verdadeiras.

Se o STF não tivesse afastado Bolsonaro da administração da Pandemia, poucos teriam morrido, pois ele tinha determinado logo o tratamento com Cloroquina. Mas, os governadores da morte, de SP, RJ, e principalmente do Nordeste, preferiram fazer política com a pandemia. Desviaram os milhões de reais que Bolsonaro enviou e agora estão aí amargando 87% das mortes. Depois de terem permitido muitas mortes ☠ é que agora, de cara limpa, estão fornecendo Cloroquina. Miseráveis e assassinos.

DO CABIMENTO DA DENÚNCIA NO TPI

O DECRETO Nº 4.388/2002 Promulga o Estatuto de Roma do Tribunal Penal Internacional, e prescreve:

Artigo 7º - Crimes contra a Humanidade

Parágrafo 1º. Para os efeitos do presente Estatuto, entende-se por "crime contra a humanidade", qualquer um dos atos seguintes:
....
e) Prisão ou outra forma de privação da liberdade física grave, em violação das normas fundamentais de direito internacional;

f) Tortura;

h) Perseguição de um grupo ou coletividade que possa ser identificado, por motivos políticos ...;
...
k) Outros atos desumanos de caráter semelhante, que ....afetem gravemente a integridade física ou a saúde física ou mental.;

Parágrafo 2º. Para efeitos do parágrafo 1o:

b) O "extermínio" compreende a sujeição intencional a condições de vida, tais como a privação do acesso a alimentos ou medicamentos, com vista a causar a destruição de uma parte da população;
....
e) Por "tortura" entende-se o ato por meio do qual uma dor ou sofrimentos agudos, físicos ou mentais, são intencionalmente causados a uma pessoa que esteja sob a custódia ou o controle do acusado.

A conivência por atos e omissões das autoridades brasileira (STF, governadores, prefeitos, Senado, Câmara, CNJ, MPF) com os atos ou omissões que levaram às mortes levantadas pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos atrai a competência do Tribunal Penal Internacional, nos termos do art. 5°, § 4º, da CF.

quarta-feira, 3 de junho de 2020

DESPERTAI !!! O PROJETO DA ESQUERDA É TERRÍVEL E ESTÁ QUASE CONSOLIDADO

Bolsonaro salva verba para pagar mais duas parcelas do auxilio emergencial. Vetou repasse de R$ 8,6 bilhões para estados e municípios.

segunda-feira, 1 de junho de 2020

Quatro falas de Celso de Melo que o deixa suspeito de relatar, julgar ou votar qualquer processo contra Bolsonaro por ódio velado

Todas as falas abaixo impedem que Celso de Mello continue a relatar, julgar ou votar qualquer processo contra Bolsonaro em razão do notório ódio velado pela parte no processo.
1ª FALA - Em 26/02/2020 O Globo noticia: "Bolsonaro 'não está à altura do altíssimo cargo que exerce'" e acrescenta: "Em nota, Celso de Mello afirmou que Bolsonaro 'desconhece o valor da ordem constitucional' e 'ignora o sentido fundamental da separação de poderes". A divulgação do vídeo, segundo o ministro, "traduz gesto de ominoso desapreço e de inaceitável degradação do princípio democrático'".
2ª FALA - Em 21/05/2020 o Jornal de Brasília registra: "O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Celso de Mello afirmou que pessoas que têm abarrotado as caixas de mensagens de juízes de tribunais de Brasília com mensagens anônimas e ameaças de morte são “bolsonaristas fascistoides, além de covardes e ignorantes”"
3ª FALA - Em 22/05/2020, no Inquérito nº 4831, Celso de Melo prejulga e incentiva a cassação de Bolsonaro: "... os Senhores Deputados Federais, dispondo de plena ciência do que se passou na reunião ministerial de 22/04/2020, no Palácio do Planalto, possam deliberar, mediante juízo discricionário e político, sobre a outorga de autorização, ou não, a esta Corte Suprema, para processar e julgar, em sede originária, o Presidente da República (CF, art. 51, I, c/c o art. 86, “caput”), autorização essa que configura, sempre que se cuidar de supostas infrações penais de caráter funcional, como se verifica na espécie, ineliminável exigência de ordem constitucional".
4ª FALA - Em 31/05/2020 O Globo destaca: "Celso de Mello compara Brasil à Alemanha de Hitler e diz que bolsonaristas 'odeiam a democracia'" e mais: "o ministro Celso de Mello enviou a colegas ministros em um grupo de WhatsApp uma mensagem de texto em que compara o Brasil à Alemanha comandada por Adolf Hitler"


BOMBA!! Ignorado pela CPMI da Fake News especialista em banco de dados libera mais de 6GB de arquivos contendo uma tonelada de crimes


O especialista procurou A CPMI da Fake News para entregar mais de 6 GB de arquivos que comprovam a enxurrada de Fake News nas eleições de 2018. Não fizeram caso.

SABE POR QUE?

Na verdade não estão querendo apurar nada seriamente – apenas produzirem fatos para desgastarem o governo.

Alguns conteúdos dos arquivos: