AQUI É O PORTAL DAS ELEIÇÕES 2020

Acessos

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Prefeita de Paço do Lumiar declara à Justiça Eleitoral possuir apenas uns trocados como bens pessoais

Em sua solicitação de registro de candidatura junto à Justiça Eleitoral nesta segunda-feira (Processo nº 0600271-86.2020.6.10.0093) para as eleições 2020, a atual prefeita de Paço do Lumiar declarou a totalidade de seus bens em apenas R$ 55,00 na Poupança e um depósito de apenas R$ 14.825.99 na sua conta corrente.

Em 2016, quando se candidatou a vice-prefeita, Paula Azevedo declarou que possuía os seguintes bens:
1 - TERRENO DE PRODUÇÃO AGRICOLA NA RUA ALTO ALEGRE S/N PINDOBA - R$ 150.000,00;
2 - 1 HECTARE NA RUA DO SAPO - POLO AGRICOLA DA PINDOBA - R$ 10.000,00;
3 - 7 CABEÇA DE GADO - R$ 16.000,00;
4 - CASA COM TERRENO - RUA ALTO ALEGRE S/N PINDOBA - PAÇO DO LUMIAR - R$ 80.000,00;
5 - CARRO MONTANA NXH5198 - R$ 54.000,00. Totalizando seus bens em 2016 em R$ 310.000,00.

Pela declaração de Paula Azevedo  para as eleições 2020, como prefeita, ela perdeu seus bens. Está beirando o estado de penúria política - não tem casa, não tem carro, não tem moto, não tem bicicleta, não tem ...

Se o eleitor vai acreditar nisto, são outros quinhentos.

domingo, 20 de setembro de 2020

Por que o MP e Poder judiciário escondem os esquemas criminosos da Globo entregues em 2018 para a PF?

sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Índice de Desenvolvimento da Educação Básica da Raposa-MA é uma vergonha

Mesmo recebendo vultosos repasses para investir na educação municipal, a prefeita Talita Laci (PC do B) não desenvolveu a educação básica do Município da Raposa.

Os indicadores de Desenvolvimento da Educação Básica do Município foram analisados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e representa um declínio na educação básica raposense. Não atingiu a meta do IDEB/2019. 

QUE LÁSTIMA! As prioridades da prefeita de Paço do Lumiar

Um simples acesso no site da prefeitura de Paço do Lumiar (Confira .... ) se constata as discrepâncias com os gatos públicos. 

Se extrai, por exemplo, que em apenas 4 meses de gestão em 2019, a atual prefeita de Paço do Lumiar gastou quase R$ 10 milhões com supostos serviços de terceiros – pessoas jurídicas; R$ 4,6 milhões com material de consumo e apenas R$ 22 mil com serviços de assistência social. 

Em 2020 as prioridades de Paula Azevedo foi gastar R$ 71 milhões de serviços de terceiros – pessoas jurídicas; R$ 29 milhões com contratação de pessoal por prazo determinado, proibido pelo artigo 37, § 2º, da CF e R$ 8 milhões em material de consumo não especificado. 

Não se constata no município o que justifique vultosos gastos. Registre-se também ação do Ministério Público contra a referida prefeita por violações de princípios administrativos.

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Os privilégios que não deixam o Brasil crescer

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Jovem surpreende em popularidade e a velha política de Axixá entra em desespero


Os controladores da velha política do Município de Axixá – MA entraram em desespero nesta semana. Não contavam com a força política do Jovem Jhonatan (PP) e da sua vice Benedita (PSDB) pré-candiados a prefeito e vice nas eleições 2020.

A velha política de Axixá, que vive do esquema de controle da prefeitura, há anos não conseguiram mudanças de verdade para desenvolvimento do município e nem para a melhoria das vidas dos axixaenses.

Apoiadores e lideranças locais prestigiaram a convenção do jovem Jhonatan, realizada de modo simples e sem ostentação, contando somente com o apoio dos munícipes. 

Imagens valem mais que palavras.
Jhonatan Silva Gomes e Benedita Oliveira Leal vão registrar as propostas de candidaturas para mudar Axixá de verdade.
Locutor organizando os apoiadores dos pré-candidatos
O advogado Ézio Rogério e seu irmão Gilvan da CDMania, amigos de  Jhonatan prestigiaram sua convenção.
Representantes do Sindicato dos Motoristas de ambulâncias e o Vereador Leandro Mendonça em apoio a Jhonatan.

segunda-feira, 14 de setembro de 2020

O blog cumpre determinação judicial para excluir post sobre advogado que protocolou como autor dezenas de acusações criminais contra Bolsonaro no STF


Para ciência e informação aos leitores, o blog postou em 12/08/2020 a matéria: "EXCLUSIVO!! - Crimes contra Bolsonaro no protocolo e distribuição do STF". Nesta postagem o blog, a título de exemplo citou que o advogado Ricardo Bretanha Schmidt é autor 40 falsas acusações criminais contra Bolsonaro.
O causídico se sentiu ofendido com a expressão “falsas acusações criminais” e que o blog teria cometido calunia e exposto seus dados constantes do site da OAB/SC, de acesso público.

O advogado Ricardo Bretanha Schmidt, ingressou em juízo no 12º Juizado Especial Cível e das Relações de Consumo de São Luís-Ma, pedindo a retirada da postagem por considerá-la caluniosa.

O juiz do 12º Juizado, em análise preliminar do caso, entendeu por determinar a remoção da postagem com base no art. 300 do Código de Processo Civil.
Cumprindo a determinação judicial, a redação do Blog excluiu a postagem que tinha como endereço o link: https://www.edgarribeiro.com/2020/08/exclusivo-crimes-contra-bolsonaro-no.html
Ao clicar no link acima o resultado será:
" Oops; Desculpe, mas a página que você está tentando visualizar não existe"
Também removeu o mesmo link que constava nas redes sociais Facebook, Twitter e Instagram.
Na instrução processual, o blog demonstrará que os fatos que narrou estão dentro do limite constitucional de manifestação e opinião jornalística.
O blog não contesta a ordem de remoção cautelar da postagem. Mesmo porque o magistrado na fase preliminar expressou seu juízo com base na Lei, sem adentrar no mérito da questão. O que o fará posteriormente, após a instrução do processo.
Outrossim, o Poder Judiciário, quando instado a dirimir um conflito, o faz para pôr em ordem situações e trazer a paz social. Por isso, as decisões judiciais têm enorme importância e devem ser respeitadas e prontamente cumpridas.
Esta postagem será divulgada nas redes sociais nas mesmas redes sociais que foi divulgado a postagem excluída pela determinação judicial para ciência dos leitores e informação.