Acessos

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Paço do Lumiar ganha um novo empreendimento de qualidade: O POSTO MARANELLO



Foi inaugurado na manhã desta quinta-feira (23), na Avenida 13 do Maiobão, o POSTO MARANELLO com sua Loja de CONVENIÊNCIA PADDOCK. 
O nome MARANELLO refere-se à cidade-sede da fábrica da Ferrari e PADDOCK é uma referência a edificação encontrada nos circuitos de automobilismo para abrigar o pessoal das equipes, veículos, etc. No caso, será o PIT STOP (parada) do Maiobão. O Posto conta ainda com espaços para escritórios ou lojas. 
O empreendimento comercial é uma iniciativa da Família Carneiro – proprietários do IESF. A comparar pela qualidade e gestão desta faculdade, pode-se afirmar que o POSTO MARANELLO trará satisfação aos proprietários de veículos que ali irão abastecer. 
COMBUSTÍVEIS E PREÇOS PROMOCIONAIS 
O Posto fornece Gasolina Comum, Gasolina Aditivada e Diesel S10. A inauguração veio com preços promocionais.
Avenida 13, Lote 40B e, 41B - Maiobão, Paço do Lumiar - MA. 
CEP: 65130-000 
Horário: Aberto ⋅ Fecha às 00:00 
Telefone: (98) 99195-4743.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Por que a grande imprensa quer "estourar os miolos" de Bolsonaro?

Mesmo antes de Bolsonaro pensar em ser presidente, alguém desenhou o que é a tal "Grande Imprensa", que quer vê-lo morto e enterrado. 

No dia 16/01/2020, Bolsonaro disparou contra a poderosa inimiga de seu governo: ''Deixem o nosso governo em paz'', "Vocês trabalham contra a democracia", ''toma vergonha na cara". E resolveu não mais falar com a imprensa. E nem presa, é só falar com o povo pelas redes sociais. Confira - https://twitter.com/i/status/1219962969443966976.

Mas quem começou a guerra foi Bolsonaro quando resolver cortar propinas e ganhos fáceis que eram proporcionados a essa mesma grande imprensa com supostos gastos com publicidade. Milhões eram gastos para manter a imprensa do lado dos governos FHC, LULA, DILMA e TEMER.

A Globo recebia alto. A título de exemplo, em 2017 e 2018, ela recebeu R$ 75.108.477,34‬; e, em 2019, só recebeu R$ 12.135.904,14, e ainda foi de restos a pagar dos governos anteriores. Basta consultar no Portal da Transparência do Governo Federal.

Seja qual for o governo - se não se enquadra a seus interesses - leva chumbo. O capitão vai ter que ser muito macho para sobreviver aos ataques dessa ave de rapina chamada "GRANDE IMPRENSA". Fontes informam que o tema da campanha 2022 de Bolsonaro será: BOLSONARO + O POVO X GRANDE IMPRENSA + ESQUERDA.

Agora confira no artigo abaixo quem é a grande imprensa do Brasil e o perigo que representa para a atual democracia, uma vez que se tornou ideológica e partidária. O artigo é de 2013.

A grande imprensa e o seu papel manipulador.

"O papel da grande imprensa no Brasil é definido e claro. Além de atuar como defensora de interesses de seus patrocinadores ela se coloca como um verdadeiro partido político de oposição. Neste último sentido é objetiva a declaração de Maria Judith Brito, presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ) e executiva do grupo Folha de S.Paulo:

"A liberdade de imprensa é um bem maior que não deve ser limitado. A esse direito geral, o contraponto é sempre a questão da responsabilidade dos meios de comunicação e, obviamente, esses meios de comunicação estão fazendo de fato a posição oposicionista deste país, já que a oposição está profundamente fragilizada. E esse papel de oposição, de investigação, sem dúvida nenhuma incomoda sobremaneira o governo."

Essa condição de atuar como partido político foi intencionalmente traçada para que a mídia tradicional (jornal, rádio e televisão) se tornasse forte na defesa dos seus interesses específicos.

Trata-se de uma construção ideológica alcançada por ataques constantes e muitas vezes infundados efetuados contra políticos, governantes, e a atuação do judiciário, com o objetivo de criar uma imagem negativa do agente público, associando-o invariavelmente à corrupção e à ineficiência.

Junto com as matérias depreciativas diárias são encomendadas pesquisas sobre a credibilidade das instituições públicas principalmente quando determinadas notícias ganham musculatura e maior ressonância e o resultado de descrédito já é esperado.

Essa ação diária, realizada de forma coordenada, atende a alguns interesses, entre eles:

1) Legitimar-se como detentora da verdade;
2) Tornar-se agente principal do jogo político;
3) Direcionar as decisões dos governos;
4) Influenciar para o desmonte da máquina pública;
5) Submeter governos, parlamentos e o judiciário.

Para alcançar tais objetivos a mídia promove o emburrecimento de suas matérias onde notícias que necessitariam de mais informações são oferecidas sem profundidade visando fixar nos seus ouvintes e leitores a matéria de forma pronta e acabada impossibilitando qualquer reflexão.

Esse formato limita a formação de uma ideia própria e quem consome as informações diárias realmente acredita que está em dia com a notícia ou com a realidade nacional, quando, na verdade, está sendo levado pela correnteza de um pensamento único, direcionado, pronto e acabado. O leitor ou ouvinte será apenas mais uma peça articulada para o consumo, engolindo, sem perceber, uma programação inócua a princípio, mas nefasta em longo prazo.

Essa construção ideológica é realizada ao mesmo tempo em que a grande mídia exerce o seu papel de noticiar os fatos, documentar, fiscalizar os poderes, denunciar abusos, e vai até ao ápice de criar boatos, versões, insinuações, entre outras modalidades de cerceamento do conhecimento.

Com essas características a mídia não apenas influencia a vida pública e os poderes do país, como passa a determinar decisões do judiciário, políticas públicas e ações do nosso Congresso.

Basta observarmos as valorizações ou quedas de ações na bolsa de valores de determinado grupo e das moedas em função de especulações muitas vezes iniciadas e/ou estimuladas pela mídia, recentemente enormes oscilações ocorreram com empresas como a Petrobrás após bombardeio midiático de má gestão e com as de energia elétrica por “quebra de contrato” e “insegurança jurídica”.

Basta observarmos como subiram os juros Selic nos últimos meses, contra a política econômica do governo, mesmo estando dentro da margem estabelecida e aceitável e em trajetória, ainda que lenta, de queda.

A mudança de lado da grande imprensa em relação à cobertura do Movimento Passe Livre foi emblemática. Se no início a cobertura foi de condenação ao movimento atribuindo aos participantes os motes de vândalos, classe média desordeira, inclusive insuflando as ações violentas da polícia, a partir do momento em que pressentiu que poderia tirar proveito próprio pela musculatura que o movimento adquiriu passou a apoiá-lo e tentar direcionar as bandeiras defendidas, mesmo com as constantes manifestações contrárias à forma de atividade da grande mídia.

Na área da justiça a forma do julgamento do mensalão do PT e a leniência do STF em relação ao mensalão tucano, exatamente em consonância com a cobertura da mídia falam por si só. A determinação do que a sociedade deve acreditar e consumir levada a cabo pela mídia atinge até mesmo a cultura do país, a era dos pagodeiros e a mais recente do sertanejo universitário servem de exemplo".

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

MPF descobre que o parceiro da esquerda comandava grupo hacker contratado para inviabilizar a Lava Jato


MPF do RJ denuncia mandatário do The Intercept Brasil por invasão hacker.

Além de Glenn Greenwald, o grupo hacker também foi denunciado. MPF acredita que ele tenha atuado de forma a auxiliar o grupo nos ataques.

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou nesta terça-feira (21) o jornalista Glenn Greenwald em um desdobramento da Operação Spoofing. O mandatário do The Intercept Brasil é acusado de atuar nos ataques hackers sofridos por personalidades políticas do país que vieram à tona nos últimos meses.
Além de Greenwald, os seis membros do grupo hacker foram denunciados. Como explica o MPF, o jornalista não era alvo das investigações. “Glenn Greenwald também foi denunciado, embora não investigado nem indiciado”. “Para o MPF, ficou comprovado que ele auxiliou, incentivou e orientou o grupo durante o período das invasões”, afirma o órgão.

Há um mês, o Jornal de Brasília teve acesso à lista de números hackeados pelo grupo, composto por Walter Delgatti Neto (o Vermelho), Danilo Marques, Luiz Molição e Tiago Elieser, Suelen Priscila e Gustavo Santos. Na lista, estão o presidente Jair Bolsonaro e os irmãos Flávio e Eduardo Bolsonaro, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Para o MPF, Glenn Greenwald “auxiliou, incentivou e orientou, de maneira direta, o grupo criminoso”.

Diante dos fatos, o Ministério Público pede a condenação dos acusados visto que foram comprovadas 126 interceptações telefônicas, telemáticas ou de informática e 176 invasões de dispositivos informáticos de terceiros, resultando na obtenção de informações sigilosas. Com exceção de Glenn, todos os outros denunciados responderão pelo crime de lavagem de dinheiro.

Fonte: Jornal de Brasília

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

STF usa lei da Ditadura para censurar e ordena bloqueio de redes sociais e WhatsApp de críticos do STF

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, determinou o bloqueio de contas em redes sociais e do WhatsApp de críticos da Corte. Em decisão sigilosa, o magistrado diz que foram verificadas mensagens com “conteúdo de ódio e de subversão da ordem” direcionadas ao STF.

O termos "subversão da ordem" Está na Lei 7.170/83, que a esquerda diz ser uma Lei da Ditadura para calar os contrários ao Regime Militar. Também conhecida como Lei de Segurança Nacional.

Para o ministro de STF, a conduta de quem xinga o Supremo ou denuncia a falta de ética e moral de seis ministros, se enquadra nos artigos 18, 22, 23 e 26 da referida Lei. 

Bolsonaro é caluniando tanto quanto os "santos" ministros do STF, mas nem tem lançado mão da tal Lei de Segurança Nacional para ameaçar ou censurar seus ferozes críticos.

Um dos investigado disse nas redes sociais que o “STF soltou até traficante” e que “é desanimador o fato de tantos brasileiros ficarem alheios ao que a quadrilha STF vem fazendo contra a nação”. Segundo o ministro Alexandre de Moraes, essas publicações revelam uma “propaganda com o objetivo de alteração da ordem política e social”.

“STF soltou até traficante” é verdade.

O que o internauta quis dizer com: “é desanimador o fato de tantos brasileiros ficarem alheios ao que a quadrilha STF vem fazendo contra a nação”?

O Significado de Quadrilha:
  • Corja;
  • bando de ladrões e/ou de assaltantes; 
  • aglomerado de pessoas que se juntam para assaltar;
  • aglomerado de pessoas que se juntam para prejudicar alguém ou alguma coisa
Qualquer um dos sentidos cabe na frase. Por que o ministro simulou o mais pejorativo?

É verdade que "quadrilha STF" pode significar (aglomerado dos ministros que juntos em julgamentos têm prejudicado o País).

Também é verdade que se omitem quanto às suas práticas imorais. Eis alguns fatos:

1 - Defendiam com unhas e dentes a prisão após decisão da segundo instância, mas para liberar da prisão figuras importantes do antro da corrupção, eles voltaram atrás com argumentos que não convencem nem analfabetos em direito. Confira.

2 - No dia 26 de abril de 2017, a Polícia Federal (PF) capta em gravação o Ministro Gilmar Mendes num esquema com senadores:

Aécio diz o seguinte: “Gilmar, você sabe um telefonema que você poderia dar que me ajudaria na condução lá? Era o Flexa, viu”. Gilmar responde que falará com ele e explica que também conversou com Antônio Anastasia (PSDB-MG) e Tasso Jereissati (PSDB-CE) sobre o assunto. Confira.

O STF ficou em silêncio. E muito outros casos de dá vergonha à Nação Brasileira.

domingo, 19 de janeiro de 2020

Juiz sob efeito de ópio (droga) comunista chama governo Bolsonaro de Merda

Dentre as alucinações externadas pelo juiz, ele diz que Bolsonaro no cargo de presidente da República é um incitador ao genocídio indígena. Querendo dizer que Bolsonaro que exterminar (matar, dizimar) com todos os índios do Brasil. Confira o que o juiz escreveu AQUI.

O CNJ deve afastar o juiz para tratamento no manicômio até se livrar da droga que consome. A abstinência será terrível para ele.

Isto tudo é o resultado do que dissemos em postagem anterior.   Confira👇

sábado, 18 de janeiro de 2020

EXCLUSIVO!!!! A força do aparelhamento da esquerda contra Bolsonaro é mortal 💀💀 😱😱

Se não fosse o apoio de parte da população brasileira, Bolsonaro já teria caído ao solo, ou por outra facada ou por uma bala na cabeça. O ódio dos que aparelharam as instituições do Brasil para o império da corrupção é mortal.

A maioria Congresso, o STF, o TCU, parte do MPF, a GRANDE IMPRENSA e funcionários de esquerda, agem sincronizados para atrapalhar todos os projetos do presidente da República Jair Bolsonaro. Todo que ele tenta viabilizar é cortado no caminho para não gerar o resultado esperado. O Brasil que se lasque!! 

O objetivo é matar Bolsonaro, tanto no sentido literal, como no sentido político e de reputação pública. A ordem é tentar impedir tudo que ele ousar em fazer. 

Os ataques ao presidente são extremos - Pessoas das instituições citadas instigam aos simpatizantes de esquerda a fazerem acusações criminosas contra o presidente da República Federativa do Brasil, tais como:

1 - De que o presidente pertence a um esquadrão da morte (milicias paramilitares) para agredir e matar gays.

2 - Alunos de escolas públicas são doutrinados com informações de que o atual presidente é miliciano, participou do assassinato da vereadora Marielle Franco e usam reportagens da Globo e da Folha de São Paulo para fecharem a lavagem cerebral. Até em universidades públicas isso é disseminado.

3 - Quando o presidente veta projetos de Leis prejudiciais à população e à segurança pública - A grande imprensa que teve as propinas cortadas faz um estardalhaço. 

4 - Quando deputados e senadores impedem projetos bons do presidente ou votam coisas de seus interesses - Essa mesma grande imprensa silencia ou põe uma notinha simulando crítica.

5 - A grande imprensa (Globo, Folha, Estadão e parceiros acusados nos bastidores de chantagem a agentes públicos para auferir propinas) Destroem a imagem de Bolsonaro com Fake News (notícias falsas ou deturpadas), mas quando o presidente reage nas redes sociais, essa mesma imprensa o acusa de intolerante e estar atacando os veículos de comunicação que estão levando informações para a população.

Bolsonaro corre muito perigo!! Os propineiros da Repúblicas estão com ódio mortal dele.

Até os generais estão acovardados diante da situação - dando a entender que não são capazes de proteger o Presidente da República do ataque mortal da esquerda.

A parte da população que apoio Bolsonaro também não tem como protegê-lo. Ainda que Bolsonaro acione seus algozes usando a proteção da Lei de Segurança Nacional, os que irão julgar fazem parte do esquema de "matá-lo" politica e moralmente.

Resumo da ópera: Bolsonaro está só e precisa da ajuda de Deus. Que Deus ouça o seu clamor:

Olha como a esquerda ataca bolsonaro usando o aparelho que montaram:

Professor faz doutrinação ideológica contra Bolsonaro em sala de aula;

Professores Doutrinando Alunos e Esculachando Bolsonaro!!!;

A VISÃO DOS ESQUERDISTAS;

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

SE LIGA!! O IESF faz a Comunidade crescer

O IESF Tem um projeto novinho para a comunidade!

O PROGRAMA EMPREENDER PARA CRESCER com cursos que visam estimular a aprendizagem e a geração de renda por meio da formação. 

Os cursos são GRATUITOS! Confira na imagem abaixo e faça  sua INSCRIÇÕES: De 27 a 31/01

HORÁRIO DAS INSCRIÇÕES: 16h às 20h

LOCAL: CPE (Prédio Sede)

PÚBLICO ALVO: COMUNIDADE EM GERAL

DOCUMENTAÇÃO PARA INSCRIÇÃO: RG (original e cópia), comprovante de residência (original e cópia) e Ficha de Inscrição (entregue no ato da inscrição). Participe!