TODO PODER EMANA DO POVO

Acessos

Mostrando postagens com marcador Policia federal. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Policia federal. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 11 de agosto de 2015

BOMBA!! OS COMUNISTAS ARMAM PARA PRENDER ROSEANA SARNEY, COMEÇANDO POR RICARDO MURAD. CPI E OPERAÇÃO PREPARADA NO ESTADO DO TOCANTINS SÃO AS VINGANÇAS DE FLÁVIO DINO CONTRA OS SARNEY.


OPERAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL EM ANDAMENTOTOMEI CONHECIMENTO, HOJE, POR FONTES MUITÍSSIMAS BEM INFORMADAS DO PALÁCIO DOS...
Posted by Ricardo Murad on Terça, 11 de agosto de 2015

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

BOMBA!BOMBA! A PF JÁ VEM INVESTIGANDO LOBÃO FILHO HÁ MUITO TEMPO. EIS AS PROVAS.

A campanha de Lobão Filho vem cometendo crimes e mais crimes eleitorais, usando apresentadora com voz sinistra, acusa Flávio Dino de dá fuga a presos de pedrinhas, de pôr fogo em ônibus e formar milícia paramilitar.

Também esperneia pelo fato da Polícia Federal ter feito busca em um de seus aviões.

Reclamando do que? A Polícia Federal investiga Lobão Filho desde a muito tempo, é um velho conhecido da PF. Eis as provas:

1. Cuida-se de Petição oriunda do IPL n° 684/2007 – SR/DPF/MA, no qual se apura a possível ocorrência de crimes contra a fé pública e de formação de quadrilha, figurando como um dos investigados o Senador da República EDISON LOBÃO FILHO".

"No que concerne ao pedido de quebra do sigilo bancário das empresas BEMAR DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS LTDA., CNPJ n° 01.278.369/0001-23, e ITUMAR DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS LTDA., CNPJ n° 63.439.301/0001-36; e dos investigados MARCO ANTONIO PIRES COSTA, CPF n° 787.025.778-87, MARCO AURÉLIO PIRES COSTA, CPF n° 940.215.548-15, e EDISON LOBÃO FILHO, CPF n° 005.243.618-78, entendo que essa providência se mostra pertinente e necessária à investigação dos fatos, especialmente pelo que foi relatado pelo Parquet Federal relativamente às movimentações bancárias de outras empresas através das empresas ora investigadas e pelos indícios de que o Senador Edison Lobão Filho, mesmo após ter deixado formalmente a BEMAR, continuou, de fato, a sociedade com Marco Antônio Pires Costa e com Marco Aurélio Pires Costa.

Diante da situação concreta, defiro a quebra do sigilo bancário das pessoas jurídicas e das pessoas físicas acima relacionadas, nos termos preconizados nos subitens “a” a “d” do item 32 do parecer (fls. 37 a 38).

Defiro, ainda, as diligências requeridas às fls. 38 a 41, que deverão ser cumpridas da forma seguinte:
- Oficiem-se, conforme requerido nos itens “c” a “i” (fls. 39 a 41);

- A baixa dos autos à Superintendência da Polícia Federal do Distrito Federal, para que, no prazo de 30 dias, providencie a oitiva, a convite, do Senador da República Edison Lobão Filho;
- Após, encaminhem-se os autos à Superintendência Regional de Polícia Federal no Maranhão, para a oitiva das pessoas mencionadas no item ”b” do pedido, também no prazo de 30 dias".
Intime-se.
Brasília, 1º de agosto de 2008.
Ministro MENEZES DIREITO
Relator

COMPARE: LOBÃO X FLÁVIO

Edinho Lobão - 15
COLIGADO COM QUEM:
PMDB / PSL / PEN / PSDC / PRP / PTN / PMN / PSC / PHS / PRTB / PR / PRB / DEM / PSD / PV / PT / PTB / PT do B

GASTAR NA CAMPANHA:
R$ 50.000.000,00

QUANTO EM BENS DECLAROU:

PROPOSTAS DE EDINHO LOBÃO (AQUI).

SITUAÇÃO COM A LEI:
- Condenado duas vezes por crimes diversos.

- Tem processo no STF por crimes de crimes contra a fé pública (falsidade ideológica) e formação de quadrilha.
Flávio Dino - 65
COLIGADO COM QUEM:
PP / SD / PROS / PSDB / PC do B / PSB / PDT / PTC / PPS

VAI GASTAR NA CAMPANHA:
R$ 10.000.000,00

QUANTO EM BENS DECLAROU:

PROPOSTAS DE FLÁVIO DINO (AQUI).

SITUAÇÃO COM A LEI:
É Ficha limpa. Não responde nenhum processo por conduta criminosa.

segunda-feira, 19 de maio de 2014

O HOMEM QUE TIROU A MÁSCARA DA OLIGARQUIA SARNEY E REVELOU PARA O MARANHÃO DO QUE ELES SÃO CAPAZES.

Para os maranhenses, ele prestou um ótimo serviço à população ao mostrar como os Sarney dilapidam o Estado do Maranhão e são perigosos.

Para os Sarney, ele é um traidor por sair da Oligarquia e revelar seus obscuros atos que levaram o Maranhão à miséria que é.

Zé Reinaldo não aceitou ser governador apenas de fachada.
Esse homem é Zé Reinaldo, que serviu os Sarney por décadas e chegou até ser de laranja da família como o agora Edinho Lobão ou Edinho Lobo, ou ainda, Edinho 30%.

A partir do rompimento de Zé Reinaldo, a Oligarquia Sarney começou a ruir. 


As táticas dos Sarney, os esquemas de fraudar eleições e eliminar inimigos passaram a ser conhecidos de fato com o testemunho de Zé Reinaldo.

Zé Reinaldo revelou em 2007 o jeito José Sarney de enfrentar os adversários, utilizando-se de espionagem, manipulação e o serviço de pessoas “que se prestam a fazer o jogo sujo. Pagou caro.

PERSEGUIÇÃO

Após o rompimento com a oligarquia, Zé Reinaldo passou a ser alvo de violentos ataques. Sua postura de enfrentamento e de libertação do estado, desde então, vem incomodando a família Sarney, que sempre rebateu essas ações com artigos ou notícias publicadas nos veículos do grupo. “Foi Sarney quem governou por todos os governadores do Maranhão durante décadas. Eu fui o único que tive coragem de romper com essa família e por isso sou tão atacado”, disse.

O Ministro Gilmar Mendes, do STF
considerou a prisão ilegal. 
A fúria da família pode ser constatada pela armação política que resultou na prisão pela Polícia Federal. O assunto estampou a manchete do Estado do Maranhão. Esse ódio e vingança foram anunciados no mesmo veículo quando José Sarney assinou o artigo intitulado “A hora da decisão”, que classificou o então governador do estado como “Judas andrajoso e repugnante, que vai arder na fogueira”.

No Maranhão, a Polícia Federal gravou Fernando Sarney e o pai José Sarney tramando para acabar com Jackson Lago pouco a pouco. Veja o diálogo:


Sarney  — Meu filho, esse negócio que eu li hoje do filho do Aderson Lago e do Aderson Lago... meu filho, esse sujeito foi muito cruel com a gente (Note que Aderson é adversário dos Sarneys, mas o senador precisa argumentar com a crueldade dele para tentar convencer o filho a deixar de protegê-lo).

Fernando — (...) não sei por que essa pressa. Fiz isso desde o começo, consegui os documentos.

Sarney — Eu vi hoje no Walter Rodrigues...
Fernando — Viu não, foi vazado propositadamente (...)

Sarney — Põe na TV. Manda botar o destino do dinheiro (...)
Fernando — O cara já está aqui, da Globo (...)

Sarney — Falou com ele isso, não?
Fernando — Falei com ele, mostrei tudo (...). Mas calma, não precisa pressa, não precisa pressão.

Sarney — Pressão não, rapaz...
Fernando — (...) Passei para o Sérgio, tô soltando no jornal pouco a pouco, a vazada foi proposital (...).

Esse Sergio é o Sergio Macedo (secretário estadual da Comunicação na época) e hoje continua como secretário de comunicação social servindo a Oligarquia nos seus jogos sujos.

Roseana Sarney em novembro de 2012 assinando nomeação de Pedro Fernandes para comandar a Secretaria de Estado de Educação, e Hildo Rocha para substituí-lo na pasta de Cidades e Desenvolvimento Urbano, acumulando com a de Assuntos Políticos. Presentes o vice-governador Washington Luiz Oliveira; e os secretários chefe da Casa Civil, Luís Fernando Silva; e de Comunicação Social, Sérgio Macedo.

No Amapá, Sarney também aplicou a sua natureza ruim. Eleminou dois rivais de uma tacada só:

O autor da Lei da Transparência (senador João Capiberibe - PSB), teve o mandato de senador cassado, junto com o de sua esposa, a deputada Janete Capiberibe (PSB). Eles foram acusados pelos advogados do PMDB de comprar dois votos nas eleições de 2002, por R$ 26 pagos em duas parcelas.

A polícia Federal gravou a conversa do esquema:


-       Waldez – Alô, Waldez.

-       Desconhecido – Oi governador, tô passando

-       Waldez – Não sei se o sr. ouviu minha pergunta era sobre
-     Sarney – Oi Governador, como vai?
-   Waldez – Presidente, eu não sei se o sr. ouviu minha pergunta, era… Tô ligando mais para saber sua orientação e a sua avaliação sobre essa questão do processo da Janete e do Capiberibe
-    Sarney – O que que houve no processo da Janete?
-  Waldez – Houve que hoje… Ontem saiu a decisão de negação de registro de candidatura da Janete e parece que amanhã é do Capiberibe, o julgamento lá em Brasília.
-   Sarney – Sim… Olha aqui… Eu vim hoje aqui, eu peguei um avião agora, que eu tô sem avião porque o Mauro… Eu briguei com ele e perdi o avião dele, né? Então eu peguei um King Air que me trouxe aqui para a campanha da Roseana. Eu vim aqui só para passar o dia porque o avião tem que voltar hoje de noite. E eu queria conversar com você, mas eu queria que ninguém soubesse que eu estou aqui (no Amapá). Tá?
-    Waldez – Tá, tranquilo.
-  Sarney – Passa aqui em casa. Eu cheguei agora, nesse momento.
-    Waldez – Ah, o sr. tá aqui em Macapá?
-   Sarney – Tô, passa aqui em casa nesse momento. Mas não deixa ninguém saber que eu tô aqui, tá?
-    Waldez – Tá, tranquilo presidente. Um abraço.
-  Sarney – Um abraço.O esquema beneficiou Gilvam Borges Senado, do PMDB e do grupo político do senador José Sarney.

Assim eles fizeram também com Jackson Lago e planejam fazer com Flávio Dino.
Fica o aviso... Cuidado!!

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

OUTRO ESQUEMA DE CORRUPÇÃO NO MA: Mais desvios de recursos públicos em São José de Ribamar na gestão de Luís Fernando (PMDB) apontam para um esquema de corrupção maior ou igual ao de Paço do Lumiar na gestão de Bia Aroso.

Além de ação que corre na Justiça Federal contra Luís Fernando por atos de improbidade administrativa apontados em relatório elaborado pela CGU - Controladoria Geral da União (Confira...).

O TCU – Tribunal de Contas da União também dá conta de desvios de recursos para saneamento básico em São José de Ribamar. Veja tomada de contas em curso no TCU, onde constam desvios de Luís Fernando, que por um bom tempo conseguiu ficar mascarado.

Nº Processo
Município
Valores desviados
Motivo
Ação
27758/2009
SAO JOSE DE RIBAMAR
386.778,60
Não execução do objeto / Execução parcial do objeto
SANEAMENTO BÁSICO - Implantação, Ampliação ou Melhoria de Sistema Público de Abastecimento de Água para a Prevenção e Controle de Agravos
27907/2009
SAO JOSE DE RIBAMAR
500.258,01
Não execução do objeto
SANEAMENTO BÁSICO - IMPLANTACAO DE MELHORIAS SANITARIAS DOMICILIARES PARA CONTROLE DE AGRAVOS








Ai temos o desvio de R$ 887.036,61 na administração de Luís Fernando em São José de Ribamar. Imagine o rombo que está na sua gestão no Estado do Maranhão.

Na educação, a administração de Luís Fernando é por demais obscura. Em obra que começou em 2009, foram torrados mais de dois milhões, deixando Luis Fernando apenas a carcaça do que seria a escola do Miritiua. Gil Cutrim gastou outro tanto na mesma obra. É mais um serviço para a CGU, confira:



Os indícios apontam que a corrupção em São José de Ribamar na gestão de Luís Fernando chega a ser maior que a constatada em Paço do Lumiar na gestão de Bia Aroso. Eis o porquê desta afirmação:



Mesmo desviando dezenas de milhões da educação, a gestão de Bia Aroso foi menos desastrosa que a de Luís Fernando. Confira a comparação dos dados de 2010, que são reais:

“Fora da escola, na idade certa”: São José - 6,7%. Paço Lumiar- 5,8%.
“Privação de renda”: São José - 53,9%. Paço- 50,8%.
“Privado de água”: São José - 34,9%. Paço-35,7%.
Privado de saneamento”: São José - 53,2%. Paço- 44,0%.
“Índice de Exclusão Social”: São José - 32,2%. Paço- 31,6%.
“Escolaridade”: São José - 5,7%. Paço- 5,8%.
Tá na hora da PF preparar a operação parasitas II (ALIEN II) e visitar São José de Ribamar e a gestão do governo estadual.

terça-feira, 24 de julho de 2012

Os braços que dão sustentação aos crimes de agiotagem no Maranhão.


O blog do Marcos D’eça mostrou que para funcionar, o esquema conta com um braço na Polícia Federal, outro em setores da Justiça - estadual e federal – e de órgãos federais de controle e fiscalização.

Pelo que já se ouviu e se viu, os esquemas de corrupção envolvendo agiotagem e desvio de recursos públicos no Maranhão funciona de dois Modos:

Apurou D’eça que Os agiotas agem ainda em duas frentes: numa delas, financia campanhas eleitorais de promissores candidatos, dando garantias de que o pagamento só será feito em caso de vitória nas urnas - com dinheiro público, obviamente.

Na outra frente diz D’eça, a quadrilha se adianta às operações da Polícia Federal – devidamente informada por membros da própria PF – e oferece “serviço” para livrar os gestores enrolados, mediante pagamento.

O blogueiro vai fundo e informa que o grupo tem como chefe maior o agiota Gláucio Alencar – o mesmo que, segundo a polícia, mandou matar o jornalista Décio Sá - age da seguinte forma:

Primeiro recebe informações de membros infiltrados na Polícia Federal e na Controladoria-Geral da União sobre ações em prefeituras e outros órgãos públicos que estejam sendo investigados por desvio de recursos públicos.

Em seguida, de posse de cópias da documentação sobre a ação – inclusive pedidos de prisão – outro membro da quadrilha  procura os acusados e toca o terror, exibindo os documentos que comprometeriam o gestor.

E oferece seus “préstimos” para livrá-los da eventual cadeia.
Segundo apurou o blog de D’eça, esta negociação gira sempre entre R$ 200 mil e R$ 600 mil, dependendo do porte do órgão ou prefeitura investigada.

Garantido o negócio, com pagamento antecipado da primeira parte, o envolvido é simplesmente ignorado nas ações da PF e da CGU contra corrupção – e fica na dependência da quadrilha de agiotas.

Muitas vezes, o próprio Gláucio ”financia” o gestor enrolado, tendo a garantia de acesso aos recursos públicos do órgão ou prefeitura investigado pela PF.

Daí por que os cheques de prefeituras foram encontrados com ele…

Agora está mais do que explicado o por que de nenhuma ação da Polícia Federal do Maranhão no caso de Paço do Lumiar, se lá foi protocolado várias denúncias, se lá está um relatório da CGU recheado de irregularidades.

Está explicado o por que da ação tímida da Procuradoria Geral da Republica do Maranhão. Se lá foi apresentada muitas representações com provas:
- Inquérito Civil Público nº 924/2010;
- Auto Administrativo nº 61/2011-19;
- Peça de Informação nº 1409/2011-87;
- Peça de Informação nº 1504/2011-81;
- Inquérito Civil Público nº 956/2009-21;
- Inquérito Civil Público nº 325/2010-45;
- Inquérito Civil Público nº 744/2010-87;
- Peça de Informação nº 209/2012-92;
- Inquérito Civil Público nº 719/2010-01;
- Peça de Informação nº 747/2010-11;
- Proced. Investigatório Criminal nº 145/2012-25;
- Inquérito na PF nº 555/2010.

Tudo isto ainda não resultou em nada. Nem poderia, se o esquema de corrupção funciona como dito acima.

Está explicado o por que a Justiça Federal do Maranhão nada decide e os processos lá não andam, veja:
- Proc. 0012640-08.2012.4.01.3700– Improbidade Administrativa por Dano ao erário;
- Proc. 4222.20.12.401370-0 - Improbidade Administrativa por Dano ao erário;
- Proc. 0022576-28.2010.4.01.3700 – Execução Fiscal. 


Neste processo, só para você ter uma ideia, a justiça federal do Maranhão demorou 343 dias para expedir uma carta de citação da prefeita de Paço do Lumiar, que fica a 22 km de São Luís. Quer saber mais, até hoje a citação não foi feita.

Está explicado o por que das liminares concedidas para manterem prefeitos no cargo.

Está explicado o por que da prefeita de Paço do Lumiar ter dito que foi refém de membros do judiciário.

Este cenário é grave e exige uma intervenção federal no caso, vinda de Brasília com o devido filtro, pois aqui é terra dos mandatários do Maranhão, do Congresso Nacional e de boa parte do Governo Dilma.

Se alguma autoridade séria deste país se importa com este estado de coisa é bom tomar uma providência urgente, sob pena de mais mortes e queima de arquivos acontecerem.

O sistema de segurança do Estado do Maranhão não tem suporte para cuidar da violência do dia-a-dia e combater essas quadrilhas extremamente organizadas, com tentáculos nos poderes constituídos.