TODO PODER EMANA DO POVO

Acessos

Mostrando postagens com marcador # stf. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador # stf. Mostrar todas as postagens

sábado, 21 de agosto de 2021

Ministros do STF se comportam como uma ‘Seita Suprema’ perigosa para Brasil


A partir da atual composição do STF, começou a se perceber muitas coisas estranhas acontecendo naquele Supremo Tribunal. Semelhante ao que vem ocorrendo na Venezuela.

Mas, o que teria ocorrido?

Basta verificar por quem foram escolhidos e qual seus comportamentos diante das organizações que os indicaram. São considerados bons investimentos.

1. Gilmar Mendes – indicado por FHC (PSDB) - caciques desse partido são indiciados por diversos crimes – tem algum preso?

2. Ricardo Lewandowski – indicado por Lula (PT) – O que aconteceu com Lula após ser condenados por diversos crimes?

3. Cármen Lúcia – indicada por Lula (PT) – está cumprindo o que  como os outros – não vê quem não quer.

4. Dias Toffoli – escolha perfeita de Lula (PT) – é menino obediente e foi quem iniciou a escada de perseguição a conservadores e aliados do presidente Bolsonaro.

5. Luiz Fux – indicação de Dilma (PT) – meio vaselina, mas vem cumprindo direitinho a orientação da ‘seita’

6. Rosa Weber – indicação de Dilma (PT) – Consta que explorou uma empregada e depois como ministra do STF suspendeu regras de trabalho escravo. Segue a ordem da ‘Seita”.

7. Roberto Barroso – indicado por Dilma (PT) – tem comportamento extremo aos que criticam e discordam de suas nefastas práticas. Admirado pela organização que o indicou por defender o terrorista Cesare Battisti.

8. Edson Fachin – indicado por Dilma (PT) – preserva intacto os status dos membros da organização que o indicou.

9. Alexandre de Moraes - indicação de Michel Temer (PMDB) – na ‘Seita Suprema’ faz o papel do francês Robespierre, sob a alegação de preservação da democracia está levando patriotas à ‘guilhotina’, insuflado por parte da imprensa aparelhada, que a exemplo do jornalista francês Jean-Paul Marat, rotulam os patriotas de inimigos da democracia, citando seus nomes em seus jornais a comemorando suas ‘execuções’.

10. Nunes Marques – indicação de Bolsonaro (sem organização criminosa) – entrou agora na ‘Seita Suprema’ e para ser aceito terá que rezar na cartilha ou será isolado.

11. ??? - a indicação está sendo impedida pelo Senado, que tem rabo preso na ‘Seita Suprema’, pois tem membros bandidos e criminosos na composição e receiam votar o nome que desagrada a ‘Seita jurídica’.
MINISTROS DO STF DA VENEZUELA RESULTADO DA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA QUE OS INDICOU.

sexta-feira, 20 de agosto de 2021

SOS-MAYDAY (EMERGÊNCIA!!): a perseguição e prisão de apoiadores de Bolsonaro tem um único alvo: “Tem um interesse muito grande em me matar. A minha vida continua em risco. Tem muita gente interessada em que eu não continue!!"

Do STF emergiu uma escalada para calar apoiadores de Bolsonaro. Pelas constantes operações para intimidar, perseguir e prender pessoas aliadas do presidente sob a dissimulada acusação de ameaça à democracia. Pelo visto um verdadeiro DOI-CODI foi instalado na Polícia Federal a serviço do STF para monitorar pessoas da esquerda e apoiadores de Bolsonaro pelo que falam, pelo que criticam e pelo que se indignam.

No entanto, se vê que o alvo principal e o presidente da República que não cedeu um milimetro aos demandos que encontrou na república sob ação, omissão e cumplicidade dos que agoram reagem com sangue nos olhos.

Nesse sentido, há razão para o temor do presidente: “Tem um interesse muito grande em me matar. A minha vida continua em risco. Tem muita gente interessada em que eu não continue!!".

sexta-feira, 13 de agosto de 2021

PREPAREM-SE PARA O PIOR: STF eleva a sua jactância e já age à revelia da Procuradoria-Geral da República (PGR) para perseguir e prender


Desta vez o alvo de vingança e perseguição foi o presidente do PTB, ex-deputado Roberto Jefferson, que teve prisão preventiva decretada pelo Xerife do STF, Alexandre de Moraes.

De acordo com Alexandre de Moraes, o motivo da prisão seria porque o ex-deputado tem se manifestado, reiteradamente, por meio de postagens em redes sociais e em entrevistas concedidas, atacando integrantes de instituições públicas, desacreditando o processo eleitoral brasileiro, reforçando o discurso de polarização e de ódio; e gerando animosidade na sociedade brasileira, promovendo o descrédito dos poderes da República.

Sobre os exdruxulos motivos para prender o deputado o vingador do Supremo escondeu o real motivo (motivo político).

Aqui vai a crítica contudente deste blog sobre os argumentos da prisao do deputado e algumas perguntas que não querem calar:

1º Os inquéritos aludidos na peça articulada estão aí sendo utilizados para perseguição política, pois sesu assuntos são sempre alegações de que "fulano e sicrano estão criticando as instituições"; "fulano e sicrano estão ameaçando o Estado Democrático de Direito"; "fulano e sicrano estão desacreditando o processo eleitoral"; "fulano e sicrano fazem parte de uma organição de uma organização que ameaça ministros do STF e suas famílias; "fulano e sicrano formaram uma milícia digital"; "fulano e sicrano são apoiadores de Bolsonaro". Todos esses assuntos são oriundos de críticas políticas em razão dos ministros do STF terem se tornado verdadeiros militantes políticos.

Perguntas:

- Por que Vocês do STF estão denominando de "organização criminosa que tenta desestabilizar as instituições republicanas", aqueles que não concordam e omitem opinião contra sesu movimentos nitidamente reveladores de golpe contra um presidente legitimamente eleito?

- Será que a denominação de organização criminosa não está invertida?

Por que não expede mandado de prisão também para o Presidente Jair Bolsonaro? Se ele tem mostrado quão desacreditado é processo eleitoral que vocês conduz. Prendam o presidente, então! pois também é um crítico ferrenho e com razão dos atos de vocês - esses sim, atentatórios à democracia e distruidores do Estado Democrático de Direito.

- Quem está promovendo o descrédito dos poderes da República? Senão vocês!

- Quem vem interferindo nas ações do governo federal para desenvolver o País? Quem?

- Para que serve a Procuradoria-Geral da República (PGR) no contexto de Vocês aí do STF? Se Vocês instauram inquéritos, investigam e julgam!

- Para que serve a Procuradoria-Geral da República (PGR), se é aí no STF o QG dos inimigos de Bolsonário protocolar denuncias de falsos Crimes contra o presidente da República. Aí é delegacia ou Ministério Público, por acasso?

Um ministro daí disse que fazem aí para repercutir mais.

Aí é um tribunal ou um partido político? Se for muda a placa - Porque o STF previsto na Constituição Federal não tem nada a ver que vocês estão fazendo.

- Cometem tantos abusos porque não se tem a quem recorrer quando voces perseguem alguem?

Aguardamos respostas sem arrudeios ou estórias de que "a tapioca comeu o beju".

A prisão do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) foi tomada à revelia da , que se manifestou de forma contrária à detenção do ex-parlamentar.

O posicionamento da PGR foi contrário à prisão de Jefferson. A subprocuradora-geral da República, Lindôra Araújo, argumentou que o ex-deputado não tem foro por prerrogativa de função — o chamado foro privilegiado — e que o STF não era a instância adequada para a investigação.

Segundo A PGR, os fundamentos da prisão também não se justificavam, pois Jefferson não representaria ameaça às instituições democráticas, ao contrário do que avaliou o Xerife Moraes. Para a subprocuradora, os requisitos necessários para a prisão preventiva não estavam configurados.

Como um deus e determinado a perseguir o deputado de qualquer jeito, encaixou argumentos e mais argumentos para saciar sua jactância. Bastou alegar que o deputado por participa de grupos que atuam nas redes sociais supostamente para criticar as instituição democráticas.

Criticar as instituição democráticas é a maior garantia do Estado Democrátuico de Direito.

Se não pode mais criticar seja com que tom for, então estamos diante de um Estado de Exceção - merecendo a devida reação aos que, por subterfugios canalhas, usurpam do poder para garantir seus interesses escusos e lançar-se contra os que julgar um perigo para o que fazem.

quinta-feira, 5 de agosto de 2021

É GRAVE!! É PERIGOSO: O SUPREMO VENENO PARA “MATAR BOLSONARO” E DE QUEBRA A DEMOCRACIA

Atitudes vindo de elementos do TSE e STF representam um veneno mortal à Democracia. Para vê a canalhice que estão fazendo é preciso seguir seus passos e atos.

VEJA ISTO E NÃO SE FAÇA DE TONTO!! 👇

PROCESSO: 0601771-28 (PT, PCdoB e PROS) no TSE

RÉU PRINCIPAL: JAIR MESSIAS BOLSONARO

RÉU PRINCIPAL: ANTONIO HAMILTON MARTINS MOURAO

ACUSAÇÃO Uso de notícias falsas (Fake News) e abuso de poder econômico pelos réus para se elegerem.

 👇

PROCESSO: 0601779-05 (PDT e AVANTE) no TSE

RÉU PRINCIPAL: JAIR MESSIAS BOLSONARO

RÉU PRINCIPAL: ANTONIO HAMILTON MARTINS MOURAO

ACUSAÇÃO Uso de notícias falsas (Fake News) e abuso de poder econômico pelos réus para se elegerem.

  👇

PROCESSO: 0601782-57 (PDT e AVANTE) no TSE

RÉU PRINCIPAL: JAIR MESSIAS BOLSONARO

RÉU PRINCIPAL: ANTONIO HAMILTON MARTINS MOURAO

ACUSAÇÃO Uso de notícias falsas (Fake News) e abuso de poder econômico pelos réus para se elegerem.


Terminadas as eleições de 2018 começou os esquemas para impedir ou atrapalhar Bolsonaro na sua gestão.

1ª PROVA DO ESQUEMA👇

Os três processos citados acima tratam de acusações similares e foram articulados pelo seguinte esquema: PT, PCdoB e PROS atacaram com o Processo 0601771-28 e num outro front atacou o PDT e AVANTE, com os Processos 0601779-05 e 0601782-57. Até aí nada demais, pois se trata de oposição política.

O MAIS GRAVE VEM AGORA👇

O Processo 0601771-28 encontrava-se pronto para julgar, desde 10 de outubro de 2019, disponível para confecção de votos dos ministros e inclusão em pauta, para julgamento no plenário (conforme documento nº 17610938 - Pág. 2 do TSE).

O PT, PCdoB e PROS, para protelar a decisão do TSE e manter a narrativa de que Bolsonaro e Mourão compraram votos, solicitaram que as diligências determinadas no Processo 0601782-57 (do PDT e AVANTE) fossem emprestadas no Processo 0601771-28.

Em seguida, o ministro Alexandre de Moraes entra em cena para que o Processo 0601771-28 fosse suspenso no TSE até a conclusão do Inquérito nº 4.781, instaurado por Portaria nos porões no STF para perseguir apoiadores do Presidente Bolsonaro.

Até hoje, TSE e STF estão, pelo visto, caçando um jeito de enxertar supostas provas do malsinado Inquérito nº 4.781 no Processo 0601771-28 para impedir Bolsonaro de concorrer às eleições 2022.

2ª PROVA DO ESQUEMA👇

Os processos 0601771-28, 0601779-05 e 0601782-57 deveriam ter sido julgados juntos por estão conexos (em conexão). CONEXÃO? O QUE É ISTO EM PROCESSO?

Conexão é o procedimento que os tribunais cumprem em reunir dois ou mais processos para julgar juntos, quando existir mesmo pedido ou causa de pedir, independentemente de as partes serem diferentes. Isto para evitar decisões conflitantes ou contraditórias caso decididos separadamente. Também determinação do art. 96-B da Lei nº 9.504/97 – Lei Eleitoral.

AGORA PRESTA ATENÇÃO!! O ESQUEMA É SUTIL👇

Os processos estão sendo julgados separadamente. Não os juntaram – porque assim sumiria a narrativa de que Bolsonaro comprou as eleições ou fez fake News. Preferiram descumprir a lei eleitoral.

JULGAMENTO DO PROCESSO 0601779-05 (64 Páginas).👇

AS ACUSAÇÕES CONTRA BOLSONARO e MOURAO👇

1) contrataram empresas para procederem ao disparo de mensagens com conteúdo falso via WhatsApp contra os candidatos do PT e do PDT;
2) utilizaram indevidamente base de dados de usuários fornecida por empresas digital;
3) realizaram e receberem doação de pessoa jurídica e,
4) utilizarem valores acima do limite máximo permitido para gastos nas eleições.

CONCLUSÃO DO TSE SOBRE AS ACUSAÇÕES CONTRA BOLSONARO E MOURÃO NO PROCESSO 0601779-05👇
  • a acusação apresentou aos autos uma única prova da existência das mensagens com conteúdo falso;
  • não foi capaz de demonstrar, sequer a existência de relação jurídica entre a campanha de Jair Bolsonaro ou apoiadores desse último e as empresas de publicidade que teriam realizado os disparos em massa;
  • não há nada que evidencie, de forma razoavelmente segura, que os disparos detectados consistiam, efetivamente, em propaganda eleitoral irregular;
  • fica afastada a ocorrência do abuso de poder, o que, por sua vez, conduz à rejeição dos pedidos de cassação do mandato e declaração de inelegibilidade;
  • Ação de Investigação Judicial Eleitoral que, rejeitadas as preliminares, julga-se improcedente;
  • Acordam os ministros do Tribunal Superior Eleitoral, por maioria, em rejeitar as preliminares, nos termos do voto do relator, vencido parcialmente, o Ministro Edson Fachin, que acolheu a preliminar de conexão e determinou a reabertura da instrução e a reunião dos processos sobre os mesmos fatos. No mérito, por unanimidade, em julgar improcedentes os pedidos, nos termos do voto do relator.
JULGAMENTO DO PROCESSO 0601782-57 (74 Páginas)👇

AS ACUSAÇÕES CONTRA BOLSONARO e MOURAO:
1) Contrataram empresa digital para disparar mensagens de conteúdo falso via WhatsApp contra os candidatos do PT e do PDT;
2) utilizaram perfis falsos para propaganda eleitoral;
3) compraram cadastros de usuários irregularmente;
4) montaram uma estrutura piramidal de comunicação, com emprego de robôs e de números de telefone estrangeiros;
5) realizaram e receberam doação de pessoa jurídica e,
6) praticaram abuso de poder econômico.

CONCLUSÃO DO TSE SOBRE AS ACUSAÇÕES CONTRA BOLSONARO E MOURÃO NO PROCESSO 0601782-57:👇
  • · Não foi trazido aos autos uma única prova da existência das mensagens com conteúdo falso.
  • · não foi capaz de demonstrar, sequer de forma inicial, a existência de relação jurídica entre a campanha de Jair Bolsonaro ou apoiadores desse último e as empresas de publicidade que teriam realizado os disparos em massa.
  • · Inexiste nos autos elemento apto a comprovar, ainda que de forma inicial, ter ocorrido a contratação dos serviços de envio em massa de mensagens e do dado novo fornecido pela WhatsApp INC.
  • · não tendo as unidades técnicas deste tribunal, após a realização das diligências de praxe, encontrado qualquer indício de caixa dois, doação não declarada de pessoas jurídicas ou contratação de impulsionamento de conteúdo pela campanha dos candidatos eleitos.
  • · Acordam os ministros do Tribunal Superior Eleitoral, por maioria, em rejeitar as preliminares, nos termos do voto do relator, vencido parcialmente, o Ministro Edson Fachin, que acolheu a preliminar de conexão e determinou a reabertura da instrução e a reunião dos processos sobre os mesmos fatos. No mérito, por unanimidade, julgar improcedentes os pedidos, nos termos do voto do relator.
O Processo 0601771-28 também não contém provas contra Bolsonaro e Mourão, pois têm os mesmos conteúdos dos outros processos acima - já julgados e vencidos por Bolsonaro e Mourão, conforme o documento 17610938 – Pág. 2.

Entretanto, se vê movimentações são no sentido de arranjar um jeito de esquentar o Processo 0601771-28 com o Inquérito nº 4.781, instaurado por Portaria nos porões do STF e xerifado por Alexandre de Moraes. Onde incluíram o Presidente da República como réu, como criminoso – tudo isso só tem um nome: É GOLPE!! O veneno supremo que “matará” Bolsonaro e aqueles que o apoia.

sexta-feira, 9 de abril de 2021

Militante político do STF é desafiado pelo presidente da República

quinta-feira, 8 de abril de 2021

URGENTE!! OS TRÊS ATOS DA OPERAÇÃO CAOS VIA STF PARA CASSAR O PRESIDENTE BOLSONARO

1º ATO - INTIMIDAR OS CRISTÃO - se cumpriu hoje com a proibição de cultos e manifestação pública da fé cristã.

2º ATO - OBRIGAR O SENADO A ACUSAR O PRESIDENTE EM CPI - iniciado hoje - como os congressistas estão trocando votos para amenizar suas situações no Judiciário o momento é perfeito para se livrarem de seus crimes - CONFIRA.

3º ATO - AUTORIZAÇÃO DO STF PARA A ESQUERDA EMPREGAR A EXPRESSÃO "GENOCIDA" PARA SE REFERIS AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA - CONFIRA.

4º ATO - DETERMINAR LOCKDOWN NACIONAL A PEDIDO DE ARRANJADAS SUPOSTAS ENTIDADES DE TRABALHORES - O pedido já está protocolado e noticiado no site do STF. - CONFIRA.

terça-feira, 6 de abril de 2021

URGENTE!!! VIROU PUTARIA: STF aceita protocolo e distribuição de ação para inimigos de Bolsonaro poderem caluniá-lo, difamá-lo ou ofender sua reputação chamando-o de GENOCIDA (assassino, facínora, homicida).

Trata-se do protocolo nº 0050235-47.2021.1.00.0000, distribuído ao ministro Gilmar Mendes e patrocinado pelo um tal de Felipe Mendonça (OAB/SP nº 221626), da sociedades de advogados Rebouças Aranha & Mendonça, localizada no bairro Monções, na cidade de São Paulo e outros não identificados na certidão do STF. O encabeçador dessa infame articulação não consta do cadastro nacional dos advogados. 

Na ação é pedido que o STF autorize cidadãos a se referirem ao Presidente da República como assassino! facínora! homicida! Genocida!. Para isto pedem que os órgãos de segurança da república e o o restante do judiciário sejam impedidos de reagir à tamanha infâmia.

AGORA PASMEM!!

Ao invés de recriminar a ação criminosa, Gilmar Mendes está é dando apoio à infame iniciativa dos inimigos de Bolsonaro. Gilmar Mendes mandou notificar o Ministro da Justiça, Comandante Geral da Polícia Militar do Distrito Federal e o Secretário da Polícia Civil do Rio de Janeiro, certamente para saber se estes estão impedindo cidadãos caluniar, difamar ou ofender reputação de Bolsonaro.

O malsinado Ministro Gilmar Mendes sabe que a atitude dos algozes de Bolsonaro estão querendo autorização do STF para cometerem os crimes do artigo 26 da Lei de Segurança Nacional, que diz ser crime caluniar ou difamar o Presidente da República, imputando-lhe fato definido como crime ou fato ofensivo à reputação, sob pena de 1 a 4 anos de prisão. Na mesma pena incorre quem, conhecendo o caráter ilícito da imputação, a propala ou divulga.

Que vergonha tem se revelado a Suprema Corte do País - se servindo de protocolo para a sustentação de atitudes bandidas. 


sábado, 23 de maio de 2020

EXCLUSIVO!! O placar das ameaças e a sugestão de Celso de Mello para a Câmara Cassar Bolsonaro

As ameaças do STF e a sugestão para cassar Bolsonaro estão no que Celso de Melo escreveu.
O Placar está o seguinte até o momento:
STF 5x 1 Planalto.

1ª Ameaça foi conduzir generais "debaixo de vara";

Na decisão que liberou o vídeo, no Inquérito nº 4831, o STF,  através de Celso de Mello fez três ameaças veladas ao presidente da República:

2ª Ameaça foi de Bolsonaro cair mortalmente num duelo com o STF - "O Senhor Presidente da República, certamente atento à lição histórica de Alexander Hamilton, ...apresentou ao STF, ... a gravação que lhe havia sido requisitada". A referência à Alexander Hamilton, é que este, num duelo com seu algoz Aaron Burr acabou ferido mortalmente. Celso de Mello fez uma ameaça ao estilo das letras. Se Bolsonaro não entregasse a gravação teria o destino de Alexander Hamilton, num duelo contra o STF (Confira a História);

3ª Ameaça foi de prisão do Bolsonaro - "o Senhor Presidente da República, seguramente consciente da lição de MARCO TÚLIO CÍCERO, para quem (“somos servos da lei, para que possamos ser livres”). O "possamos ser livres" já diz tudo;

4ª Ameaça foi de impeachment do Bolsonaro - "A desobediência a ordem ... pode gerar ... gravíssimas consequências ... (possibilidade de ‘impeachment’)"

5ª Ameaça foi de tomar na marra o celular do presidente da República. O fato foi um estardalhaço na imprensa comunista. Celso de Melo lançou a seguinte justificativa na sua sanha contra o presidente: "... quaisquer que possam ser as pessoas alegadamente envolvidas, ainda que se trate de alguém investido de autoridade na hierarquia da República, independentemente do Poder (Legislativo, Executivo ou Judiciário) a que tal agente se ache vinculado”, escreveu o ministro do STF."

1ª Ameaça do Planalto - partiu do general Heleno com este duro recado: "O Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República alerta as autoridades constituídas que tal atitude é uma evidente tentativa de comprometer a harmonia entre os poderes e poderá ter consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional".

CELSO DE MELO APROVEITOU A DEIXA PARA INCENTIVAR A CÂMARA A CASSAR BOLSONARO - AS SUAS PALAVRAS SÃO CLARAS.

Também no no Inquérito nº 4831, Celso de Melo incentiva a Câmara a Cassar Bolsonaro: "... não se poderá sonegar a essa Augusta Casa legislativa o conhecimento integral do que se contém no Laudo 1242/2020-INC/DITEC/PF e em seus apêndices, para que os Senhores Deputados Federais, dispondo de plena ciência do que se passou na reunião ministerial de 22/04/2020, no Palácio do Planalto, possam deliberar, mediante juízo discricionário e político, sobre a outorga de autorização, ou não, a esta Corte Suprema, para processar e julgar, em sede originária, o Presidente da República (CF, art. 51, I, c/c o art. 86, “caput”), autorização essa que configura, sempre que se cuidar de supostas infrações penais de caráter funcional, como se verifica na espécie, ineliminável exigência de ordem constitucional", incentiva o malsinado ministro do STF.