TODO PODER EMANA DO POVO

Acessos

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Diante da iminência de derrota os comunista petista armam atentado contra a candidatura de Bolsonaro


Diante da iminente derrota no dia 28 de outubro, os comunistas liderados pelo presidiário Lula da Silva armam atentado contra a candidatura de Bolsonaro. 

Para a organização criminosa petista e aliados de crimes contra o erário público, a vitória de Bolsonaro significa cadeia certa sem saidinhas temporárias e comando de grupos criminosos que ainda estão soltos.

O novo atentado e sujeira contra a campanha de Bolsonaro consiste em acusá-lo de prática de caixa 2 sob o argumento de pagamento de impulsionamento de mensagens na rede social Whatsapp.

Essa acusação atentatória contra Bolsonaro é tão pobre de fundamentação e provas que será ignorada de pronto pelo judiciário. Veja porque:

A prática de impulsionamento de conteúdo é mais comum no Facebook e no Twitter. No Whatsapp o repasse de conteúdos ocorre apenas dentro do círculo social da pessoa. O que torna a armação sem consistência jurídica.

As empresas que supostamente estariam impulsionando mensagens pró-Bolsonaro afirmam que ele é um fenômeno de mídia, "não há necessidade de impulsioná-lo", disseram.

Mesmo que fosse verdade que empresas estão pagando impulsionamento para Bolsonaro, a direção da campanha dele terá que está envolvida diretamente no suposto esquema para algum efeito junto à justiça eleitoral.

Acima de tudo terá que ter provas concretas do acusa a Folha, que nitidamente é declarada inimiga de Bolsonaro.

Só sei que o desespero é grande de todo mundo que esteve ao longo de anos associados com a quadrilha do PT.

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

PARA ENTENDER DE VEZ O DISCURSO E A PRÁTICA COMUNISTA VEJA ISTO

INTRODUÇÃO: Sobre o Gramscismo - Marxismo Cultural e Revolução Cultural
Aula 1: Visão histórica
Aula 2: O Fascismo e Marxismo Cultural.
Aula 3: Reação à crise marxista.
Aula 4: A infiltração do marxismo cultural no Brasil.
Aula 5: Teologia da Libertação e sua influência na Igreja.
Aula 6: Como lutar o bom combate.

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Flávio Dino com forte domínio do Legislativo, do Judiciário e tentáculos nos poderes periféricos agora também quer o controle da OAB

Com forte domínio do Legislativo (99% dominado); fortes tentáculos no Judiciário e controle dos poderes periféricos (TCE, PGJ), Flávio Dino agora também que ter o controle da OAB-MA.

De olho na OAB-MA, um grupo encabeçado por agentes do governo do Estado estão indicando o advogado Brissac para ser o cabeça da chapa do gosto comunista. Já é considerada como a chapa oficial do Palácio dos Leões. 

A investida foi pesada, pois o advogado Pedro Alencar que estava indo bem arregou e foi "convencido" a se juntar com Roberto Feitosa para atender o gosto do Palácio dos Leões.

Por trás da formação da aludida chapa estão diversas pessoas ligadas ao governador Flávio Dino, entre elas o irmão Sálvio Dino; Mário Macieira; o secretário de Educação, Felipe Camarão (DEM); o deputado estadual Carlinhos Florêncio (PCdoB); o secretário de Saúde, Carlos Lula e outros reforços para garantir o projeto de controle.

Apesar das evidências de controle do Palácio dos Leões via Mário Macieira e Sálvio Dino, a alardeada chapa "temperada" pelos comunistas faz uma campanha que parece piada:

OAB independente; Defesa das causas sociais; Transparência; moralidade; representatividade

OAB independente? Só se for na china.

PROFESSOR DESAFIA CHICO CAVEAR: Por Que Você Não Distribui Sua Renda?

Querer distribuir a renda dos outros, quando você concentra, mostra claramente seu caráter, típico da esquerda.
Entre no meu site Filantropia.org e procure as entidades mais eficientes para novatos como você doarem sem medo e risco.
Ou melhor, ceda os royalties, é assim que se escreve? Das suas músicas, por 60 anos, depois de sua morte para as entidades do site.
Dê o exemplo, companheiro de luta, devolva para a sociedade em vez de gastar egoisticamente nos melhores restaurantes de Paris.
Lula viajando de jatinho, Sérgio Gabrielli viajando de executiva, Dilma andando de lancha, nada mais fica escondido.
Essa enganação toda acabou.

FAKE NEWS: O blog avisou que o TSE não conseguiria combater

DISSEMOS: 

MALHAR EM FERRO FRIO: TSE promete remover imediatamente "Fake News". É igual o combate à corrupção


O ex-presidente do TSE, Luiz Fux - Pedro Ladeira/Folhapress
Agora a jornalista Mônica Bergamo escreveu:
Ministros avaliam que comissão do TSE contra fake news falhou. Magistrados acreditam que é tarde para providência efetiva contra as mentiras.

Ministros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) avaliam que a comissão criada pelo ex-presidente da Corte, Luiz Fux, para combater as fake news, falhou na missão de coibir as notícias falsas divulgadas na eleição. Outras medidas até agora também têm se mostrado inócuas.

FURACÃO 
Os magistrados acreditam que é tarde para uma providência efetiva contra as mentiras, já que o tribunal está “no meio do vendaval”, segundo um dos ministros.

PALMATÓRIA 
Na segunda (15), a presidente do TSE, Rosa Weber, convocou as campanhas de Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) para uma reunião contra as fake news.

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

MPF DEVE APURAR "JEITINHO" NO TCE-MA PARA EMPLACAR SUPLENTE DE ELIZIANE GAMA

Um "jeitinho" no TCE-MA foi providenciado para emplacar o suplente de Eliziane Gama. Calma! Aqui não tem fake news! Aqui se prova.

Às pressas modificaram um acórdão definitivo para retirar o nome de Pedro Fernandes da lista de inelegíveis. Desde 2013 que ele nem se preocupava com isso. Ainda no calor da Campanha o Blog Atual 7 denunciou o esquema, mas sem maiores detalhes.

VAMOS AOS FATOS

- Em novembro de 2012 PEDRO FERNANDES RIBEIRO foi nomeado para o cargo de Secretário de Estado da Educação. Na época tramitava junto ao Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, o Processo nº 5524/2011-TCE/MA relacionado à Tomada de Contas Especial nº 216/2010-COGE, relativa ao Convênio nº 716/2006-SEDUC, celebrado entre a Secretaria de Estado de Educação e o município de Presidente Vargas. 

- O Secretário que assinou o aludido Convênio foi Lourenço José Tavares Vieira da Silva. O TCE/MA pelo Acórdão CS-TCE nº 61/2014 julgou irregular a Prestação de Contas do Convênio e condenou os envolvidos, inclusive PEDRO FERNANDES RIBEIRO, que não assinou o convênio.

AGORA VOCÊ PERGUNTA O QUE PEDRO FERNANDES TEM A VER COM ISSO, SE ELE AINDA NÃO ERA SECRETÁRIO NA ÉPOCA DA TOMADA DE CONTAS?

- Tudo a ver. O ex-Secretário de Estado de Educação, Pedro Fernandes foi incluído no acórdão do TCE-MA que puniu os gestores, em razão do “descumprimento do dever de promover a apuração dos fatos” quando assumiu a secretaria de Educação na época, observância ao princípio da continuidade administrativa.

- Na administração pública, o sucessor tendo conhecimento de irregularidade do antecessor, tem o dever de adotar as medidas legais visando ao resguardo do patrimônio público, sob pena de co-responsabilidade. A omissão de Pedro Fernandes caracteriza inclusive ato doloso de improbidade administrativa previsto no art. 11, caput e II, da Lei nº 8.429/92, como bem observou o Ministério Público Federal - Procuradoria Regional Eleitoral no Maranhão.

- O Acórdão CS-TCE nº 61/2014 não merecia qualquer reparo para "retirar o nome de Pedro Fernandes" através do "jeitinho" arrumado nas dependências do TCE-MA.

- Em 2013, Pedro Fernandes foi citado pelo TCE-MA para tomar conhecimento da tomada de contas, mas silenciou diante das irregularidades (Relatório de Informação Técnica nº 142/2013 UTCEX03/SUCEX09). 

E POR QUE PEDRO FERNANDES FOI CITADO PELA UNIDADE TÉCNICA DO TCE-MA?

- Nem o prefeito de Presidente Vargas, nem seu sucessor prestaram conta do Convênio. Cabia ao então ao ex-secretário Pedro Fernandes adotar as medidas cabíveis com vistas a resguardar o patrimônio público, o que não ocorreu. O TCU tem decidido que "A não adoção das medidas necessárias enseja a corresponsabilização do gestor sucessor com aplicação de multa" (Acórdão 2475/2015 - Primeira Câmara). Foi o que fez o TCE-MA no Acórdão CS-TCE nº 61/2014.

O JEITINHO DO TCE-MA

- O "Jeitinho" do TCE-MA para tirar Pedro Fernandes da lista de responsáveis foi dizer que "mesmo com a aplicação dessa sanção, ante a falta de empenho com vistas à apuração dos fatos", Pedro Fernandes não é responsável direto pela falta da prestação de contas do Convênio. Com esse "Não é responsável direto", o TCE-MA deu o "jeitinho", atropelando a Lei Estadual nº 8.258/2005, que diz ser "Definitiva é a decisão pela qual o Tribunal julga as contas regulares, regulares com ressalva, ou irregulares" (Art. 14, § 2.° ), ou seja, O TCE-MA não poderia mexer no Acórdão CS-TCE nº 61/2014 atendendo um simples requerimento de uma das partes.

- AGORA PASMEM! Lourenço José Tavares Vieira da Silva, ex-secretário e Ana Lucia Cruz Rodrigues Mendes, prefeita em 2014, não eram responsáveis diretos pela falta de prestação de conta do malsinado convênio. Agora vem a pergunta: POR QUE O TCE-MA NÃO RETIROU OS NOMES DELES DA LISTA ENVIADA PARA O TRE-MA?

10º - A Procurador Regional Eleitoral demonstrou que as irregularidades apontadas no Acórdão CS-TCE nº 61/2014 do TCE/MA são insanáveis.

Já passou da hora do Ministério Público Federal (MPF) investigar essa gente e eliminar esse tipo de "jeitinho" para excluir responsabilidade de agente público no Maranhão.

Estaremos acompanhando.

Às pressas modificaram o acórdão abaixo para contemplar Pedro Fernandes.


sábado, 13 de outubro de 2018

É FATO: Algumas Urnas Eletrônicas reinicializavam quando a opção do eleitor era Bolsonaro - afirma delegado da PF