Todo o poder emana do povo

Acessos

segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

INTIMIDAÇÃO OU PERSEGUIÇÃO? Agentes do governo do Maranhão (PC do B) partem pra cima de jornalistas por revelação de escândalos na SSP

Por informarem fatos graves denunciados por delegados da Polícia Civil do MA, os jornalistas-blogueiros Yuri Almeida, Neto Ferreira, estão sendo intimidados por inquérito policial instaurado para para investigar os três blogueiros, assegurados pelas garantias constitucionais de liberdade de expressão e de informação, e nos valores da transparência e do interesse público, reportaram acusações feitas pelos delegados Ney Anderson Gaspar e Tiago Mattos Bardal contra o secretário estadual de Segurança Pública, Jefferson Portela, em carta tornada pública pelos delegados e em depoimentos perante à Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara Federal, que ouviu dos delegados como é o modo comunista de monitorar adversário e incriminar quem não reza em sua cartilha no MA.

Yuri Almeida informou na sua página (atual7.com) que foi intimado a prestar depoimento na próxima quarta-feira (9) Perante a polícia que está sob o comando direto do acusado pelos delegados. 

Se não é intimidação, então é perseguição, pois inúmeros outros veículos também divulgaram e comentaram as denúncias graves dos delegados.

Este blog, nesta semana, estará divulgando os vídeos do depoimento dos delegados perante à Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara Federal. Já saiu a primeira parte - confira AQUI! 

Nesta terça-feira postaremos a segunda parte. Inquérito intimidatório não pode barrar a liberdade de expressão e de informação. Esperamos que os que não rezam na cartilha comunista do MA não venham sofrer outro tipo de calar a voz.

Os que silenciam diante de ataques a colegas de imprensa estão na galaria de traidores dos responsável pela apuração, investigação e apresentação de notícias, reportagens, entrevistas ou distribuição de notícias ou outra informação de interesse coletivo - o chamado jornalismo.

São traidores do jornalismo, da sociedade e da dignidade humana.

No aludido inquérito, há seletividade ou todos foram convocados para depor?
Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é bem vindo
Opine, comente, debata ...