AQUI É O PORTAL DAS ELEIÇÕES 2020

Acessos

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

População dormiu no ponto e a esquerda se aparelhou nos três poderes

O Aparelhamento das instituições no Brasil
Por ELIAS OLIVEIRA e lUCÍLIA
Publicado no Recanto das Letras
O que é aparelhamento das instituições?

Por que ele representa MORTE, MISÉRIA, DESEMPREGO, FOME?

Reposta 1:
É o controle de órgãos da Administração Pública (Estado) por pessoas ligadas a interesses corporativos, partidários, revolucionários, ideológicos ou criminosos.
Ele se dá por meio da ocupação de posições estratégicas das instituições do Estado (Congresso, Ministérios, Tribunais, Ministério Público, OAB - não estatal, mas com funções supracorporativas etc), de modo a colocá-las, as instituições, a serviço dos interesses do grupo, do partido ou da engenharia criminosa.

O aparelhamento do Estado é um sintoma de uma Cleptocria.

A cleptocracia se dá quando um país deixa de ser dirigido por um Estado de Direito (que respeita as leis por ele mesmo produzidas) e passa a ser governado pelo poder arbitrário (sem motivação razoável) de pessoas que tomaram o poder político, seja em que nível for.

Cleptocracia significa governo de ladrões.

Esse estado de coisas está caracterizado quando a maior parte de sistema governamental é capturado por pessoas que praticam corrupção político-ideológica, defesa de interesses meramente corporativos ou de lobby, praticando a institucionalização da corrupção financeira ou pura e simplesmente moral.
As ações criminais ou delitivas ficam impunes, imunes às sanções da lei.

Os setores aparelhados permeiam todo o Estado: desde a Justiça, o Executivo e o Legislativo.
O aparelhamento ideológico é o mais perverso: se dá quando uma ideia, discurso ou ação mascara o objetivo de dominação e revela apenas sua aparência externa e retórica (blá blá blá). Pior que uma mentira é uma meia verdade.

Muitas pessoas que servem ao aparelhamento ideológico sequer sabem disso: defendem uma ideia porque a acham justa, certa, equilibrada, equânime, reta.

Não percebem muitas vezes que a sua postura deriva de um acúmulo de aculturamento que foi injetado no seu próprio cérebro e no seu modo de pensar, por revolução silenciosa que aconteceu no Brasil (revolução cultural, com total inversão ou subversão de valores). Assumindo posições estratégicas no Estado estes agentes recebem boa remuneração e fazem um trabalho que, na sua visão, é "técnico".

Basta lembrar que os agentes nazistas apenas cumpriam a lei e eram burocratas em uma cadeia de comando hierárquico.

A estas pessoas a ciência política dá o nome de "idiota útil".

Além dos idiotas, há os perversos, os ruins, os que querem só ocupar o Poder para seus desígnios pessoas e que têm consciência de tudo o que eu estou falando.

Instrumentalizam as pessoas e seus sonhos por seus projetos de Poder.

Resposta 2:
O aparelhamento do Estado e a cleptocracia são genocidarias (causam mortes em larga escala).
Matam milhares de pessoas todos os dias.

Explico: qual o percentual do seu patrimônio é gasto com tributos?
Não estou falando de imposto de renda! Falo por exemplo da energia elétrica, do combustível, do arroz, feijão (está tudo embutido lá).

A resposta é: muito. Quem paga mais percentualmente falando?
Os mais pobres.

O que significa isso?

Que as pessoas trocam a liberdade delas (mais tempo com os filhos, amigos, viagens, estudo, apreensão da arte, do conhecimento, lazer) por servidão: trabalho para pagar o tributo.
Este sistema não funciona. As empresas vão à falência, o desemprego, insatisfação aumentam e com isso, o desespero.

A elevação da criminalidade é uma consequência natural. Se não há meios de sobreviver dentro das regras do jogo, buscam-se fora: assaltos, sequestros, latrocínio, tráfico de drogas, etc. Em outras palavras: um Estado grande custa caro e quem paga somos nós. Quando ele está aparelhado, o preço fica ainda maior.

Todo Estado grande tende a ser aparelhado e o círculo vicioso fica cada vez mais intenso.
A rede de proteção de corruptos e corruptores sejam financeiros ou morais se mesclam e fisiologicamente se unem.

As empresas fecham ou deixam de abrir. Somem os empregos e diminui-se a arrecadação de tributos.
Solução? Aumento dos preços, dos tributos e com ele, vai-se a liberdade.

Esse ciclo não para e se retroalimenta. Daí vem a fome, a miséria, a penúria, a morte.
Transcrevo parte da notícia veiculada por Veja, hoje, para que possam tirar suas próprias conclusões:
"Até o momento, os pedidos de liberdade dos empreiteiros investigados na Lava Jato1- O que é aparelhamento das instituições?

Não deixem isso acontecer. Contem para todos: seus filhos, seus amigos. Precisamos de união agora.
Não vamos fugir desta responsabilidade nem fingir que nada está acontecendo.
Isso não resolve o problema. O piora ou o adia.
Não espere o terror chegar perto de você. Aja!
https://www.facebook.com/matheusbrazmatt.( lUCÍLIA).

Enviado por ELIAS OLIVEIRA em 16/05/2015
Código do texto: T5244206 - RECANTO DAS LETRAS
Classificação de conteúdo: seguro

Comentário(s)