17 de jul de 2019

As fichas dos Líderes do PDT que quer punir deputados que votaram para salvar a Previdência

O senador Acir Gurgacz (PDT-RO) dorme no Complexo Penitenciário da Papuda, mas segue trabalhando no Senado entre 8h e 19h. Condenado a quatro anos e seis meses de prisão em regime semiaberto por crime contra o sistema financeiro, ele foi considerado inocente por unanimidade pelo Conselho de Ética do seu partido.

Outro inocentado pelo PDT é o Senador Weverton Rocha (MA), réu pela prática de dois crimes e abocanhador voraz da coisa pública. Aproveitando a passagem pela secretario de Esporte e Juventude do Maranhão, deu uma mordida inicial de R$ 1.988.497,34 num contrato sem licitação com a empresa Maresia Construtora Ltda que seriam para a construção do Ginásio Costa Rodrigues. Em seguida Weverton Rocha abocanhou mais R$ 3.397.944,90
Dos R$ 5.143.122,60 que seriam para a execução e conclusão das obras do Ginásio Costa Rodrigues, Weverton e os parceiros no crime gastaram menos de R$ 300 mil com demolição de paredes e escavações, conforme consta no Processo nº 27.029/2010 (TRAMITANDO na 2ª VARA FAZENDA PUBLICA de São Luís).

Diz o juiz no Processo: "É público e notório, e tem robusta prova nos autos também, que as obras executadas no Ginásio Costa Rodrigues se resumiram a, apenas, demolição de paredes e escavações que, segundo a controladoria Geral do Estado, consumiram menos de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) Por outro lado, está evidente que o modo de contratação, o pagamento antecipado, a inexecução da obra, o parecer jurídico, o recebimento desses serviços e os atestados de servidores públicos denotando a execução das obras denotam transgressões legais e enorme prejuízo ao erário, exatamente no valor total contratado".