19 de jul de 2019

Fraude contra o INSS e outros crimes praticados pelo gestor do município de Araioses

O Ministério Público Federal apura fraudes em vários municípios do MA, que consiste no seguinte esquema criminoso:

1 - Não recolher ao INSS os descontos feitos dos servidores;

2 - Depois declarar à Receita Federal os valores da contribuição do INSS, apresentando ‘supostos’ créditos na mesma declaração para quitação dos débitos, dessa forma, deixando de recolher os tributos à Previdência Social e desviando os recursos.

Recentemente, o gestor de Araioses, o prefeito Cristino Araújo foi descoberto se apropriando de milhões de reais em razão de recolher os valores descontados dos servidores municipais.

Auditoria do Tribunal de Contas do Estado encontrou um débito com o INSS que supera oito milhões de reais (R$ 8.843.390,51). O que rendeu ao prefeito Cristino Araújo um Processo de Cassação na Câmara de Vereadores.

No Legislativo Municipal foi tudo provado. Mas, as forças de liminares que recheiam as manobras políticas do Maranhão e o fácil controle do presidente da Câmara de Araioses deram tranquilidade ao gestor do município.

Enquanto o MPF e a PF preparam o bote, o gestor de Araiose continuar com suas práticas criminosas.

OUTROS CRIMES