29 de ago de 2018

QUE HORROR! CRUZ CREDO! O governo que foi capaz da mais horrenda proeza de esconder cadáveres para aparecer bem na fita

EIS OS DADOS OFICIAIS DA CRIMINALIDADE NO MARANHÃO QUE REVELAM A FARSA COMUNISTA DE FRAUDAR DADOS OFICIAIS PARA APARECER BEM NA PROPAGANDA.
  

Uma fraude e um crime de 12 anos de cadeia (313-A do Código Penal) praticado ao longo de quase quatro anos para obter aprovação da população e vantagem política. 

O Governo de Flávio Dino escondeu cadáveres (fraudou dados oficiais) para ocultar a realidade da violência no Estado do Maranhão. Se limitou a manipular dados da região metropolitana, ainda assim fraudando dados oficiais. Os crimes que correram soltos no interior do Estado foram omitidos das estatísticas.

“inserção de dados falsos em sistema de informações” é um crime gravíssimo. Já no primeiro ano de seu governo o próprio Flávio Dino começou com a ocultação dos dados da violência. 

A 1ª estratégia comunista foi concentrar informações sobre crimes somente na região metropolitana. 

A 2ª estratégia foi fraudar as informações, jogando pra baixo as ocorrências de crimes na região metropolitana. 

Já no primeiro ano de governo Flávio Dino alardeava melhora nos índices de violência com os números falseados. Este blog denunciou que o governo estava escondendo cadáveres, mas o MP do Maranhão calado estava, calado ficou até agora. 

O professor, historiador e presidente do Conselho Diretor da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH), Wagner Cabral, denunciou o crime de “inserção de dados falsos em sistema de informações” praticado pelo governo de Flávio Dino. (Confira no Atual7).

O professor demonstrou que, com a fraude dos dados da violência, o comunista conseguiu produzir a falsa queda de 8% da violência em relação ao mesmo período de 2014. Embora tenha ocorrido o total de 444 mortes violentas, no gráfico divulgado pelo governador, houve o registro de apenas 343 mortes violentas. 

A SMDH mostrou que nos primeiros meses de governo, Flávio Dino escondeu o total de 27 mortes em janeiro; 7 em fevereiro; 25 em março; 19 em abril; e 23 em maio, perfazendo o total de 101 mortes violentas escondidas em apenas cinco meses, o que representa uma maquiagem de 22,7% em dados oficiais. 

Continuou fazendo assim durante todo seu mandato. Cometendo crimes diversos nas barbas do conivente Ministério Público do Maranhão e demais órgãos que deveriam agir para a preservação da vida. 

Os fatos, as provas, os dados e as evidências provam essa farsa de terror do governo comunista – esconder cadáveres de seres humanos para se promover é o mais terrível ato que um gestor público poderia praticar. O governo comunista do Maranhão foi capaz dessa horrenda proeza. Cruz Credo! 

O blog restabeleceu a verdade com os dados oficiais do Ministério da Justiça, obtidos nas delegacias do estado, o gráfico correto que o governo do Estado falsificou.

O governador Flávio Dino não precisava lançar mão de tão horrendo expediente, uma vez que investiu mais na Segurança Pública que Roseana Sarney.

A Sociedade Maranhense de Direitos Humanos acusa administração estadual de negociar com facções (Confira você mesmo...).