TODO PODER EMANA DO POVO

Acessos

terça-feira, 21 de setembro de 2021

É EXTREMO!! A dissimulação e politicagem do comunista Flávio Dino diante da extrema pobreza de 1.400.000 (um milhão e quatrocentos mil) maranhenses


O comunista Flávio Dino faz politicagem diante de 1.400.000 (um milhão e quatrocentos mil) pessoas em estado de extrema pobreza.

A equipe do Profissão Repórter vieram ao Maranhão governado por Flávio Dino para acompanhar o trabalho da freira Ardiles, da Pastoral da Criança, com famílias que vivem em situação de extrema pobreza no Estado. Aqui constataram um retrato de triste cenário. A reportagem centrou-se somente no governo federal, limpando a barra do comunista.

A administração do comunista Flávio Dino lidera o ranking de brasileiros vivendo em extrema pobreza no Maranhão: 1 em cada 5 maranhenses ou famílias vivem com menos de R$ 10,00 por dia. São 1.400.000 (um milhão e quatrocentos mil) pessoas em situação de extrema pobreza.

Perante a essa situação de causar tristeza e revolta, o comunista Flávio Dino dissimula solidariedade com interesse nas eleições 2022. 'Anda' pelo Estado distribuindo R$ 600, 00.

Na sua dissimulação para passar a narrativa de que se preocupa com o povo, Dino está sorteando 45.600 benefícios nos 217 municípios maranhenses, investindo R$ 30 milhões em seu projeto político para 2022.

É o povo do Maranhão a cada dia respirando miséria e sendo peça de aproveitadores e espertos de plantão.
Esses 1.400.000 (um milhão e quatrocentos mil) maranhenses em situação de extrema pobreza são vítimas fáceis de espertalhões políticos diante de suas extremas fomes por comida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é bem vindo
Opine, comente, debata ...