AQUI É O PORTAL DAS ELEIÇÕES 2020

Acessos

quarta-feira, 18 de novembro de 2020

ACORDA, PRESIDENETE!! A OPERAÇÃO ESTÁ EM CURSO!! A cama de gato que armam para Bolsonaro – enquanto ele faz piada com refrigerante

Desde que Bolsonaro ganhou as eleições, se percebe uma associação do Congresso Nacional e com aquiescência do STF, numa  estratégia para conter as ações de Bolsonaro ao máximo possível. No Senado e Câmara, Alcolumbre e Maia cuidaram de emperrar  ações, cassar vetos e engavetar projetos importantes para o desenvolvimento do País. 

No STF – ministros cuidaram de dar força aos esquemas políticos de Alcolumbre e Maia, além de censurar, prender e intimidar qualquer que denunciar essa articulação. 

Mas tudo isso não seria apenas uma teoria da conspiração? 

Abra os olhos e verás que não é teoria da conspiração – é real - ao vivo e em  cores! 

Então Vamos aos fatos: 

1 – O Senado e Câmara (Alcolumbre e Maia) deixam de aprovar os projetos importante do presidente; 

2 – O STF impediu o presidente de nomear Diretor da PF, que apura crimes dos grandões; 

3 - O Senado e Câmara (Alcolumbre e Maia) deixam caducar MPS expedidas por Bolsonaro; 

4 - O STF impediu Bolsonaro de comandar as ação de combate à pandemia - com isto, governadores e prefeitos desonestos aproveitaram para roubar os milhões de recursos - levando a morte de milhares de pessoas.

5 – O STF procurou calar cidadãos e jornalista que protestam contra a armação e este estado de coisas - O Inquérito 4781, que continua fazendo vítimas.

Me resta a opção de calar para não ser surpreendido por censores do STF, mas os fatos são públicos e notórios; e não nasci sob o signo dos covardes. 

CERTO! MAS QUAL É A CAMA DE GATO? 

Para derrubar o presidente de forma direta é temeroso e difícil, então só lhes restam fazer ocultamente por vieses escusos, provocando o impedimento total de Bolsonaro (impeachment). 

E como vão fazer esse impeachment? 

Para que haja o impeachment de Bolsonaro, ou aguarda para ver se ele comete pelo menos um dos 65 crimes de responsabilidade da Lei do Impeachment - Lei 1.079/50, recepcionada pelo art. 85 da Constituição Federal, ou usa as estratégicas mais rápidas e sórdidas da turma do golpe: 

1ª ESTRATÉGIA – Utilizar o STF para constantes denúncias-crimes contra Bolsonaro até encaixarem uma – já são mais de 100 dessas denúncias protocoladas no STF sob aquiescências dos ministros – que sabem que tais denúncias deveriam serem protocoladas na PGR. Mas para criaram fatos a já combinada imprensa, deixam o esquema correr à vontade. 

Uma vez aceita apenas uma dessas 100 acusações criminais inventadas contra Bolsonaro, o Senado e Câmara (Alcolumbre e Maia) entram em ação para o golpe final, com base no art. 86 da Constituição: 

Art. 86 [...] 

§ 1º O Presidente ficará suspenso de suas funções: 

I - Nas infrações penais comuns, se recebida a denúncia ou queixa-crime pelo Supremo Tribunal Federal. 

Entendeu ou quer que desenhe! 

 ESTRATÉGIA – Na outra ponta agem no TSE para cassar a chapa completa de Bolsonaro e Mourão. Atenta leitura das duas peças de investigação judicial eleitoral em curso no TSE, se detecta as razões do forjado Inquérito nº 4.781 do STF – Inquérito destinado a reforçar/arranjar ou forçar a cassação dos mandatos de Bolsonaro. 

Na Ação de Investigação Judicial Eleitoral Nº 0601779-05.2018.6.00.0000, desde 30.9.2019 está pronto para confecção do voto e inclusão em pauta de julgamento pelo Plenário do TSE. 

Na Ação de Investigação Judicial Eleitoral Nº 0601771-28.2018.6.00.0000, conexa à primeira, o então Corregedor-Geral da Justiça Eleitoral, Ministro Og Fernandes tentou resistir ao esquema – despachou dizendo que entendia incabível suspender o processo no TSE até a conclusão do Inquérito nº 4.781 do STF, mas depois cedeu à pressão e despachou: 

“DEFIRO o pedido para consultar o Ministro Alexandre de Moraes sobre o compartilhamento dos frutos das diligências determinadas por sua Excelência, no âmbito do Inquérito nº 4.781/DF, em trâmite no Supremo Tribunal Federal”. 

Assim, Alexandre de Moraes assumiu o controle dos processos contra Bolsonaro e Mourão no TSE, por meio do inquérito do fim do mundo (Inquérito nº 4.781). 

O esquema consiste em utilizar as provas do forjado inquérito do STF para operacionalizar a cassação de Jair Bolsonaro e Mourão. 

Em busca de alguma prova, determinaram a invasão de lares de apoiadores de Bolsonaro, fuçaram celulares, notebooks, gavetas, debaixo de camas, nos quintais, nos telhados e nas redes socias dos apoiadores de Bolsonaro e não encontram nada pertinente aos processos no TSE. 

Para disfarçar a merda que fizeram, dissimularam uma estória de fake News por parte de apoiadores de Bolsonaro contra ministros do Supremo – enquanto na verdade os alvos são Bolsonaro e Mourão. 
Relembrando, no TSE, os processos já estavam pautados para julgamento – foram tirados de pauta para encaixarem o esquema do forjado inquérito no QG do STF. 

ACORDA, PRESIDENETE!! A OPERAÇÃO ESTÁ EM CURSO!!
Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é bem vindo
Opine, comente, debata ...