24 de set de 2019

REAGE POVO!!! Bandidos do Congresso inviabilizam trabalhos da polícia e do Poder Judiciário

Olha na foto os três comandantes do covil 

O Congresso Nacional, onde se homizia vários acusados de crimes diversos e inveterados corruptos derrubou nesta terça-feira (24) 18 vetos presidenciais à nova Lei do Abuso de Autoridade (Lei 13.869, de 2019), que inviabiliza trabalhos da polícia e do Poder Judiciário.

De uma audiência perante a um delegado de polícia, promotor ou juiz, o bandido pode sair pra casa e essas autoridades podem sair algemadas se pressionarem o o bandido a confessar o crime ou se se dirigirem a ele sem a presença de advogados.

Advogado agora poderá esconder os produtos dos crimes em seus escritórios o lá ocultar provas à vontade, pois se o juiz mandar fazer busca será presos pelo tempo de três meses a um ano pelos seguintes crimes:

Inviolabilidade do local de trabalho; Inviolabilidade de comunicações relativas à profissão; Comunicação pessoal e reservada com clientes; Presença de representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em caso de prisão em flagrante por motivo ligado à profissão; e Prisão em sala de Estado-Maior ou em domicílio antes de sentença transitada em julgado. 

A bandidagem comum e a bandidagem política comemoram o Feito do Congresso Nacional que faz o que bem quer diante de um povo covarde que deixa criminosos como seus representantes homenagearem criminosos nas sua fuças.

A líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), disse que os trechos da proposta foram vetados por Bolsonaro para que os trabalhos das polícias e do Poder Judiciário não sejam “inviabilizados”.

A derrubada dos vetos de Bolsonaro levará delegados, promotores, juízes e policiais a recuarem com medo de serem presos, deixando de realizarem operações de combate ao crime organizado, de combate à corrupção, de combate aos crimes violentos, promovendo enorme benefício ao crime organizado como uma carta branca.

COISAS QUE ELES QUEREM IMPEDIR