Acessos

domingo, 9 de junho de 2019

Bolsonaro chama o Congresso à responsabilidade e avisa o que ocorrerá se não tratar a coisa com seriedade


Os Ministérios da Economia e da Cidadania precisam de crédito suplementar no valor de R$ 248.915.621.661,00, para paga os benefícios a idosos, pessoas com deficiência, aposentadorias, Bolsa Família, PRONAF, Plano Safra e outros pagamentos da união.

Como os Deputados do PT, do PCdoB e do PL querem torcem por desgraça no governo de Bolsonaro, estão articulados para impedir a aprovação. Depois eles saem por tentando convencer abestados que estão preocupados com o povo.

O relator da proposta, o deputado Hildo Rocha (MDB-MA) recomendou a aprovação da medida como apresentada pelo Executivo.

Técnicos da equipe econômica informaram que, na pior das hipóteses, seriam necessários R$ 146,7 bilhões. Mas, nesse caso, as leis orçamentárias teriam de ser alteradas, colocando em risco os pagamentos.