31 de mar de 2019

Sem propinas a quadrilha de deputados e senadores tentarão implodir o governo de Bolsonaro, mas poderão ter a explosão do povo pedindo intervenção

Se percebe nos bastidores do Congresso a movimentação de deputados e senadores descontentes porque Bolsonaro não quer 'dividir o bolo'. Diante da resistência de Bolsonaro em sentar com eles para as 'articulaçõe$', a Folha de São Paulo diz que "até a Semana Santa haveria nova crise, mas o problema não para aí".

Bolsonaro ficaria inerte recebendo facadas e vendo o País sucumbir sem convocar a tropa da população para dizer o que ele deve fazer?

Se a quadrilha de deputados e senadores que tentam implodir o governo de Bolsonaro quiser pagar para ver.

A família com Deus fez uma marcha nas urnas em 2018 para dizer que não aceita mais a velha política temperada com corrupção e comunismo. E está pronta para uma nova convocação. Que a história sirva de exemplo.