Acessos

sábado, 19 de janeiro de 2019

ENTREVISTA: Jovem externa as mudanças de propósito de líderes da AD do MA

A exatos 97 anos o pastor Clímaco Bueno Aza organizou a primeira Igreja Assembleia de Deus do Maranhão, em 15 de janeiro de 1922. Na terça-feira (15)  foi seu aniversário - uma igreja que focou no ensino da Palavra sem distorções; na atividade evangelística e crescimento espiritual da membresia através de intensa atividade pastoral.

Nos últimos tempos tem-se notado em muitos líderes das AD do Maranhão uma mudança de foco daquilo para que foram chamados. Vemos esses líderes priorizando a política e seus interesses materiais, matando espiritualmente os membros e esfriando a igreja espiritualmente. Aqui fazemos a pergunta que João Batista fez a tais tipos de líderes da sua época: “Quem vos ensinou a fugir da ira futura? (Mt 3:7).

Joacy Junior
Chamou atenção nesta semana o artigo do jovem Joacy Junior, membro da AD Tirirical, no qual ele cita 10 exemplos ruins de alguns líderes no Estado do Maranhão. Do contexto do artigo de Joacy Junior se depreende que, por interesses outros alguns comandantes da Igreja no Maranhão estariam:

Apagando a história e os efeitos da obra de Deus de seus antecessores; 
  • Puxando o tapete de seus pares por disputa de posição ou perpetuação no Poder; 
  • Administrando a igreja de forma irresponsável, causando prejuízos e impondo cargas pesadas nos ombros dos irmãos;
  • Contaminados pelo vírus maligno da auto-grandeza;
  • Usam a posição superior para intimidarem; 
  • Usando o microfone para desabafos e recados intimidadores;
  • Sem o caráter de homens de verdade;
  • Usam a Sagrada Palavra de Deus para tentarem esconder suas covardias para com os irmãos.
Em entrevista concedida ao blog, o jovem Joacy Junior lembra que ombriou os projetos e presenciou o acontecimento de cada um deles junto com seu pai que foi pioneiro da hoje disputada CEADEMA – Convenção das Assembleias de Deus do Maranhão e presidente do Campo do Tirirical. Por isso, fala com propriedade, mesmo não sendo um obreiro.