30 de ago de 2017

Flávio Dino (PC do B) e Sarney Filho farrearam e continuam farreando sem dó com o dinheiro público

O Ministério Público Federal prepara ação contra Flávio Dino (PC do B) e sete ministros do presidente Michel Temer (PMDB) para cobrar a devolução de R$ 667 mil aos cofres públicos. Segundo os procuradores, o valor se refere à soma dos gastos irregulares atribuídos a eles com passagens aéreas bancadas pela Câmara na chamada farra das passagens. 
Eles fazem parte do grupo de 500 políticos que serão demandados na Justiça a pagar R$ 50 milhões pelo uso indevido da verba destinada ao exercício do mandato, entre 2007 e 2009. Todos eram deputados naquela época.