domingo, 17 de agosto de 2014

Manifestação em favor da construção da UPA em Paço do Lumiar. Vereadores contrários são criticados.


Conselho Municipal de Saúde, Moradores do Maiobão e Áreas Adjacentes de Paço do Lumiar realizam manifestação em favor da construção da UPA.


Com revolta e indignação, membros do Conselho Municipal de Saúde de paço do Lumiar acompanhado dos moradores do Maiobão e demais bairros adjacentes, realizaram nessa tarde de sábado (16), na Avenida 8, próximo ao final dos ônibus, uma grande manifestação em favor da construção da UPA e contra a decisão do Juiz de interesses Difusos e Coletivos Clésio Coelho Cunha, que de forma inexplicável deu uma liminar favorável à construção da UPA e desocupação do local,( que seria o Bar do Bigode, área institucional) e logo em seguida uma outra embargando a obra.

Conforme informações dos conselheiros Anderson Almeida, Paulo de Tasso, Izabel Cristina e Morgana Matos, uma das exigências do Ministério da saúde para a construção da UPA é que o local para a execução desse empreendimento tenha boas condições de infraestrutura e acessibilidade. Mediante tais exigências, a única área mais adequada para a construção dessa UPA, seria onde hoje funciona o bar do Bigode, que pertence ao patrimônio imobiliário da prefeitura de Paço do Lumiar, que no momento encontra-se sobre judicie.

Durante manifestação, os conselheiros enfatizaram que já houve licitação para a construção da UPA, mas, se a justiça continuar dando ganho de causa para Robério Carlos da Silva , vulgo bigode e invasor do terreno público pertencente à Prefeitura Municipal de Paço do Lumiar, o dinheiro voltará para o Governo e os 120 mil habitantes desse município teriam que esperar mais dois anos para a realização de uma outra licitação.

Para a decepção de todos, alguns vereadores corruptos disseram na tribuna da Câmara ser favorável à construção da UPA, entretanto, não concordam que seja demolido o prédio do bar do bigode, exige que o prefeito encontre outra área para tal empreendimento.