terça-feira, 26 de agosto de 2014

A ADMINISTRAÇÃO DELES JÁ É CONHECIDA: No Governo de Lobão o Tribunal de Contas da União (TCU) descobriu desvio de recursos e patrimônios do povo do Maranhão.

O ACÓRDÃO 7023/2012 do TCU revela como o governador Lobão administrou os recursos do povo do Maranhão.

O TCU achou desvio de finalidade, não realização de serviços e não localização de bens roubados do estado.

Dentre os vários desvios que fizeram, consta pagamento de consulta, exame e tratamento médico domiciliar a Edison Lobão [então governador do estado], mediante ordens bancárias, caracterizando desvio de finalidade.

Sob a responsabilidade de Marival Lobão, Secretário de saúde de Lobão na época, até um gabinete odontológico sumiu.