quarta-feira, 4 de junho de 2014

GOVERNO ROSEANA SARNEY ESTÁ ELIMINANDO POR VINGANÇA OS PM'S QUE REIVINDICARAM SEUS DIREITOS. COMEÇOU EM CAXIAS ATE CHEGAR EM SÃO LUIS.

Segundo o Coronel Francisco Melo, O COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO MARANHÃO MANDA CORTAR GRATIFICAÇÕES DOS POLICIAIS QUE PARTICIPARAM DO MOVIMENTO E DEIXA POLICIAIS REVOLTADOS EM CAXIAS.

"Como já disse anteriormente em outro artigo, no Governo da Senhora Roseana Sarney acontece de tudo. Relembramos que foram várias as medidas de retaliações direcionadas aos Policiais Militares do Estado do Maranhão que participaram da paralisação", Afirmou o Coronel Melo.

Tudo começou com as prisões arbitrárias de alguns Policiais Militares que fizeram parte do movimento, como a do soldado Leite, a do Sargento Conrado e a minha que fora determinada pela Governadora.

Não conformado com as prisões, o Governo do Estado passou a maltratar os PMS com a redução de seus vencimentos. No mês de abril descontaram as funções, vale alimentação e o vale transporte. Continuando com o desconto no mês de maio.

Depois de várias intervenções reivindicatórias para devolução do que haviam retirados injustamente, prometeram que nesta data (04-06-2014), todas as vantagens e gratificações que foram retiradas seriam, integralmente, devolvidas . Mas nem todos que sofreram descontos em seus vencimentos, os valores foram restabelecidos como fora prometido pelo Governo.

Continuando com as retaliações, o Coronel Zannoni Porto, Comandante Geral da Polícia Militar do Maranhão, por meio da PORTARIA Nº 334/2014 - DP/2, exonerou vários Policiais Militares do 2º BPM, localizado na cidade de Caxias, de suas funções, ocasionado um clima de revolta e insatisfação naquela Unidade de Polícia Militar. Conforme podemos verificar no Boletim Geral de número 071, datado de maio de 2014.

O COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO MARANHÃO, no uso de suas atribuições legais, e de acordo com o Decreto Estadual nº 22.708 de 27 de novembro de 2006.

R E S O L V E 
Exonerar o 1º Sargento PM nº 258/87 Mat. nº 73130 EUFRÁSIO ALVES DE CARVALHO, de exercer o cargo policial militar de 1º Sgt PM Sargenteante da 4ª CP do 2º BPM, a contar de 26/03/14;


Exonerar o 1º Sargento PM nº 430/87 Mat. nº 78998 FRANCISCO DAS CHAGAS SAMPAIO, de exercer o cargo policial militar de 1º Sgt PM Auxiliar do Comandante do 1º Pelotão Mtz da 1ª CP do 2º BPM, a contar de 26/03/14; 

Exonerar o 1º Sargento PM nº 302/84 Mat. nº 60988 JONAS SILVA SOUSA, de exercer o cargo policial militar de 1º Sgt PM Sargenteante da 4ª CP do 2º BPM, a contar de 26/03/14; 

Exonerar o 1º Sargento PM nº 668/94 Mat. nº 132670 PAULO SILA DA SILVA ALVES, de exercer o cargo policial militar de 1º Sgt PM Encarregado do Material e Equipamento do Gp de Comando do Pelotão de Comando e Serviço do 2º BPM; 

Exonerar o 2º Sargento PM nº 654/94 Mat. nº 132506 IDOMAR DA SILVA RÊGO, de exercer o cargo policial militar de 2º Sgt PM Auxiliar do 2º Pelotão da 1ª CP do 2º BPM, a contar de 26/03/14; 

Exonerar o 2º Sargento PM nº 161/82 Mat. nº 51722 VALDENIR OLIVEIRA, de exercer o cargo policial militar de 2º Sgt PM Auxiliar do 2º Pelotão da 3ª CP do 2º BPM, a contar de 26/03/14; 

Exonerar o 3º Sargento PM nº 130/93 Mat. nº 117127 VICENTE SILVA NETO, de exercer o cargo policial militar de 3º Sgt PM Auxiliar do 3º Pelotão da 2ª CP do 2º BPM, a contar de 26/03/14; 

Exonerar o 3º Sargento PM nº 205/87 Mat. nº 72637 ANTÔNIO CARLOS BARROS ASSUNÇÃO, de exercer o cargo policial militar de 3º Sgt PM Comandante do Gp de Trânsito 3 do Pelotão de Policiamento de Trânsito da 4ª CP do 2º BPM, a contar de 26/03/14; AJG BG Nº 071, de 29 de maio de 2014. 
...............................................................................................................
Dispensar o Soldado PM nº 023/07 Mat. nº 1689231 WALMAR MOURÃO CARVALHO, do exercício interino do cargo policial militar de Cb PM Motorista do Gp de Trânsito 4 do Pelotão de Policiamento de Trânsito da 1ª CP do 2º BPM.

Ao todo foram exonerados mais de 70 Policiais Militares de suas funções gratificadas.

"Finalmente, pedimos ao Senhor Coronel QOPM, Zannoni Porto, Comandante Geral da Polícia Militar do Maranhão, que reveja seu ato e retorne todas as gratificações dos Policiais Militares, como uma atitude de nobreza. É o que pedimos e o que esperamos. Avante, Avante Maranhão!", Conclui o Coronel Melo.