23 de ago de 2013

SERVINDO A DOIS SENHORES, SECRETÁRIO DE COMUNICAÇÃO DE SÃO LUÍS ESTÁ ACABANDO COM A REPUTAÇÃO DO PREFEITO.

Acusado de enterrar Jomar e Terezinha Fernandes, Marcio Jerry tenta ao mesmo tempo ser jornalista, assessor político e blogueiro nas redes sociais. Edivaldo Holanda Junior que se cuide, pois está sendo também enterrado.

De postura soberba, o Secretário de comunicação de Edivaldo Holanda Junior não está a serviço da população da Capital, mas da política partidária de interesse do PC do B para as eleições de 2014.


Todos os posicionamentos do Prefeito que contrariam ou não sejam do agrado do PC do B, não são postos em prática ou são rechaçados na hora. Isto passa a impressão para a população que o Prefeito Edivaldo Holanda Junior está sendo refém dos interesses do PC DO B.

Para ter todo esse controle do Governo de Edivaldo Holanda Junior, Jerry estabeleceu diretrizes de comunicação para a prefeitura de São Luís, determinando que tudo passe pelas suas mãos antes. Até para um secretário dar uma entrevista, precisa passar pelas orientações do guru da comunicação do Prefeito.


Marcio Jerry fez o que ele chama de padronização da comunicação oficial, fazendo todos os gestores de órgãos da prefeitura as suas diretrizes a partir da SECOM.

Se essa ideia fosse a de padronizar a comunicação interna com a concordância do staff da prefeitura, estaria tudo bem!

Mas não é! Todos tem que seguir a informação determinada, que concorde ou discorde.

Como disfarce dessa realidade, Jerry articula uma discursão para formação de um tal Conselho de Comunicação Social (CONFIRA).

O fato é que Marcio Jerry com a sua forma de fazer comunicação na administração de Edivaldo Holanda Junior, atendendo dois lados: o Prefeito e Flavio Dino, leva uma confusão na cabeça dos ludovicenses, que até agora não conseguem detectar de forma clara quais são os reais projetos de Edivaldo para a população. Fui ardoroso defensor da candidatura de Edivaldo Holanda junior, mas não posso omitir essa realidade como forma dor de opinião.

Uma comunicação feita com o objetivo de promover o PC do B dentro da administração de Edivaldo Holanda e de “duelar” com o sistema de comunicação do Estado ligado aos Sarney, foi um equívoco tremendo.

O resultado está ai: a gestão de Edivaldo Holanda sendo bombardeada gratuitamente por conta de uma escolha mal feita para a pasta da comunicação da prefeitura, representando desgaste político e de credibilidade do jovem prefeito.

O prefeito conhece a Bíblia, e nela está escrito: “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro...(Mateus 6.24).

Portanto o Sr. Marcio Jerry não tem como servir a Edivaldo Holanda Junior e a Flávio Dino ao mesmo tempo utilizando a pasta da comunicação da prefeitura de São Luís. Isto é tragédia anunciada.