Todo o poder emana do povo

Acessos

Mostrando postagens com marcador stf. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador stf. Mostrar todas as postagens

sábado, 20 de fevereiro de 2021

General Presidente do Clube Militar desmascara o STF

 Pensamento do Clube Militar


Rio de Janeiro, 19 de fevereiro de 2021.

Gen Div Eduardo José Barbosa 

Presidente do Clube Militar

Sem entrar no mérito das palavras dirigidas aos integrantes do STF, pelo Deputado Daniel Silveira, colocamos aqui algumas reflexões:

1. Por que outros pronunciamentos semelhantes, porém ditos por políticos e jornalistas de centro esquerda não são tratados como crime?

2. Por que ameaças abertas contra a vida do Presidente da República não são também tratadas como crime inafiançável?

3. Por que a liberdade de expressão só se aplica a esses mesmos indivíduos de centro esquerda?

4. Por que esses supostos crimes praticados pelos apoiadores do Presidente recebem alta prioridade nas investigações, enquanto crimes cometidos por aliados ideológicos ou denúncias contra os próprios Ministros do STF ficam sem investigação ou aguardando a prescrição?

5. Por que o Ministro Marco Aurélio ameaçou os Deputados, dizendo que em caso de relaxamento da prisão do Deputado Daniel Silveira eles prestariam contas com o povo, nas urnas, em 2022? Quem informou ao ilustre ministro que a população apoia as arbitrariedades do STF?

6. Por que os ilustres Ministros do STF pensam que apoiar o Regime Militar que foi instaurado a partir de 1964 é crime quando uma grande parcela da população tem saudades daquela época? A Democracia que temos hoje no Brasil começou em 1964....

7. Por que os amparados pelo Poder Judiciário continuam sendo os criminosos já condenados? Esses, em sua grande maioria, enquanto puderem sustentar os melhores advogados, jamais cumprirão suas penas, podendo, inclusive, realizar passeios fora do Brasil, enquanto os que usam suas línguas para falar não podem nem sair de casa (os de direita, é claro).

8. Por que os equipamentos do Adelio e de seus aliados não são periciados?

9. Finalmente, para não citar outras dezenas de exemplos, o crime propalado pelo STF e seus aliados de esquerda é referente a ameaças verbais, ou, na realidade, é por ser o acusado apoiador daquele que foi eleito pelo povo para governar o Brasil?

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

Sr. Ministro! As instituições só não são criticadas nos países onde impera a ditadura dessas instituições contra a liberdade de expressão - prisões e ameaças para calar um povo livre nunca funcionaram - causou foi mais revoltas e desfechos impublicáveis

Em entrevista à Folha de S. Paulo, o presidente do desacreditado STF, Luiz Fux comentou que "Não se pode viver num país em que pessoas usufruam da liberdade de expressão para atacar as instituições, a democracia, os valores morais da nossa Constituição”. "Se o STF não tivesse tomado nenhuma providência, manifestações piores adviriam", disse.

Fique o ministro que aqui não é a Coreia do Norte, Arábia Saudita, Irã, China, Cuba e nem a Venezuela, países em que críticas contra as instituições rende prisões como estar fazendo o STF, cuja credibilidade é de fazer vergonha.

Com a investida do STF contra o direito de expressão do emocionado deputado, "manifestações piores" advirão.

Pode anotar - prisões e ameaças como medidas para calar um povo livre nunca funcionaram em lugar algum - causou foi mais revoltas e desfechos impublicáveis - basta uma pequena olhada nos anais da História.  

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

DEMOCRACIA DESPEDAÇADA!!! Os lados estão definidos - os motivos estão postos - a tolerância está no limite - as vias de fato estão na iminência

Se imaginava que o perigo para a Democracia viesse da parte do Executivo ou do Legislativo, mas não!

O perigo para a Democracia está vindo de onde menos se esperava - do STF. Onde transloucadas decisões e posições ideológicas de seus membros mascaradas de fundamentos jurídicos débeis, estão causando alvoroço na sociedade  mais esclarecida. E se for explicada para os cidadãos de pouca instrução - eles terão a mesma indignação.

A reação dos brasileiros é sem volta - que fiquem cientes que agora tentam subverter o modus vivendi dos brasileiros tentando impor ideologias ditas socialistas e outras aberrações contrárias aos princípios que norteiam as famílias desde que u mundo é mundo.

Os inquéritos no STF para inquerir e tolher opiniões críticas à postura de seus membros são atitudes das mais repugnáveis ditaduras por aí afora.

Prender e perseguir jornalistas, parlamentares e cidadãos do povo por divulgarem realidades nuas e cruas - só revelam o caráter déspota dos que assim agem, apostando na contínua passividade dos brasileiros.

Quando menos se espera o gigante acorda com uma fúria incontrolável - a História do próprio Brasil é testemunha. 

O Povo Brasileiro não deixará a sua Democracia ser ultrajada na cara dura como estão fazendo nas fuças de quem devia protege-la: as Forças Armadas.

Será preciso uma outra Marcha da Família com Deus pela Liberdade ?

"Que sejam feitas reformas, mas pela liberdade. Senão, não. Pela Constituição. Senão, não. Pela consciência cristã do nosso povo. Senão, não." (Auro de Moura Andrade, então presidente do Senado, em discurso durante a Marcha de 19 de março de 1964 em São Paulo).

Fica o alerta!!

 

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

O Povo nas ruas põe medo em ministros do STF - que andam expelindo artigos na imprensa com ameaças indireta ao governo federal temendo medidas de urgência para acabar com a bagunça que estão fazendo com o Brasil

Nesta sexta-feira (12), o ministro Ricardo Lewandowski, do STF fez publicar artigo no jornal Folha de S.Paulo, falando em “tentações autoritárias” no Brasil no velho estilo da doutrina comunista: "Acuse-os do que você é". No texto, Lewandowski teme os riscos das “medidas de urgência” que Bolsonaro poderá tomar para pôr ordem nessa bagunça chamada Brasil.

Na sua desesperada missiva, Lewandowski tenta dizer como deve ser feita a intervenção que o povo clama nas ruas. Diz que o estado de calamidade pública, o de defesa e o de sítio devem sempre ser limitados no tempo e submetidos ao Congresso Nacional.

Em postagem desta data, este blog demonstrou que o Guardião da Constituição são as Forças Armadas (art. 142 da CF) destinadas unicamente “à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem”.

Se todos ou a maioria desses poderes constitucionais se corrompem como aí estar, qual Poder terá que agir para evitar o caos?

Há dos poderes que podem agir para expulsar os integrantes dos poderes corruptos:

1º O POVO – aqui há um fator extremamente perigoso – os ofensores do povo não terão julgamento burocrático – sofrerão a fúria do momento.

2º AS FORÇAS ARMADAS – é a melhor opção para todos – elas impedem a barbárie e põe ordem na bagunça que se tornou o Brasil.

COMBINADOS?

Na quarta-feira (10) o ministro Edson Fachin, externou seu medo e preocupação com as eleições de 2022. A entrevista foi para a mesma Folha de S.Paulo. disse que a democracia no Brasil sofre ameaças. Só omitiu que essa ameaça é em decorrências de seus transloucados atos de imprimir perseguição à liberdade de expressão e acolher as ideologias de procedência da esquerda.

“Minha preocupação central, razão principal pela qual hoje estamos conversando, é a preocupação com as eleições de 2022 e a higidez do sistema eleitoral brasileiro. É preciso defender a democracia, proteger a democracia e proteger o sistema eleitoral brasileiro. Dentro dele como instrumento da democracia nós vamos sair da crise sem sair da democracia”, afirmou.

Para Fachin há alguns episódios que contribuem para sua preocupação. Entre eles, a remilitarização do governo civil, as intimidações de fechamento dos demais Poderes, as declarações acintosas de depreciação do valor do voto e palavras e ações que atenta contra a liberdade de imprensa.

“Em quinto lugar, incentivo às armas e por consequência a violência — o Brasil precisa de saúde e educação, não de violência nem de armas. Em sexto lugar, a recusa antecipada de resultado eleitoral adverso. Em sétimo lugar, revelando portanto que vivemos uma crise da democracia, e a corrupção da democracia é o arbítrio”, acrescentou.

Os ministros temem o povo armado porque "Povo armado jamais será escravizado".

Benjamin Franklin já dizia que “quando todas as armas forem de propriedade do governo, este decidirá de quem serão as outras propriedades”.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

BOMBA!! Ministro do STF põe fake News (falsa notícia) em despacho para manter jornalista preso - Veja a prova!!

Ao justificar sua decisão desta terça-feira (26) para manter o jornalista Oswaldo Eustáquio amordaçado, o ministro Alexandre de Moraes quis provar seu status de estar acima do ordenamento jurídico brasileiro. O ministro utilizou querelas políticas em face da atuação critica do jornalista no âmbito eleitoral.

Na sua sanha de imparcialidade e nítido ódio ao jornalista Oswaldo Eustáquio, o ministro Alexandre de Moraes enfatizou que Eustáquio em prisão domiciliar praticou outras infrações penais. Disse que, inclusive, na zonas eleitoral de Paranaguá (PR) tinha um inquérito policial já instaurado. "Ao que tudo indica, as autuações desses procedimentos ocorreram entre 01 de setembro de 2020 e 14 de novembro de 2020, período em que já haviam sido aplicadas as medidas cautelares diversas da prisão", disse Moraes para encaixar uma justificativa de prisão do jornalista.

AGORA PASME!!

O inquérito policial utilizado por Alexandre de Moraes como "outras infrações penais" para ferrar com o jornalista é sobre fatos ocorridos nas eleições de 2016.

O referido inquérito policial já havia sido arquivado em 25/09/2020 por se tratar de fatos ocorridos no ano de 2016, configurando o instituto da prescrição.

Que vergonha!! Um ministro de uma suprema corte se utilizando de tais expedientes para perseguir um cidadão.

A DEMOCRACIA BRASILEIRA PRECISA DE PROTEÇÃO URGENTE!!!