Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

Acessos

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Roberto Rocha e Braide dançaram - o que fizeram com Wellington do Curso - terão a vingança das urnas

Em política, um passo errado pode estragar planos e projetos sonhados há tempos. 

Wellington do Curso atribui a Braide a armação para lhe tirar da disputa
A atitude dos dirigentes do PSDB (dos Rochas) de retirar a candidatura do deputado estadual Wellington do Curso para apoiar o deputado federal Eduardo Braide, explodiu dois projetos a um só tempo: O projeto de Eduardo Braide, que era considerado imbatível, inclusive pontuando no topo de todas pesquisas eleitorais; e o projeto de Roberto Rocha, que planejava alçar voos nas eleições de 2020 e 2022 - dançaram.

A jactância dos Rochas e de Braide já está sendo considerada pelo eleitorado maranhense como uma sórdida traição - o que trará consequências nas urnas.

Eduardo Braide, que estava pontuando tão bem nas pesquisas eleitorais, agora cairá de posição e perderá as eleições.

Já Wellington do Curso saiu de vítima e está recebendo a solidariedade de outros políticos e dos eleitores. Agora será decisivo na candidatura que apoiar.

Em política, a vaidade, o orgulho e arrogância são fatais. Fica o registro para o futuro.
Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é bem vindo
Opine, comente, debata ...