AQUI É O PORTAL DAS ELEIÇÕES 2020

Acessos

sábado, 29 de fevereiro de 2020

Fechar o STF e o Congresso? JAMAIS!!! Entretanto...

Há uma onda popular proclamando o fechamento do STF (que representa o Poder Judiciário) e do CONGRESSO (que representa o Poder Legislativo). 

Na verdade não é isso que as massas querem - os seus gritos são para INTERDITAR temporariamente para DESCONTAMINAÇÃO. No STF e no Congresso, há frutas podres contaminando as poucas que ainda estão boas; há insetos e baratas. O apodrecimento é causado por corrupção e interesses escusos que se encontram no ambiente do STF e do Congresso. É hora de separa essas frutas e expulsar os insetos e baratas.

O STF e o Congresso são artérias importantes para manter vivo o coração da República e da Democracia. 

Ocorre que essas artérias (STF e Congresso) estão entupidas pela corrupção e ideologias mortais. O fluxo de sangue (ações boas) que irriga o coração (o desenvolvimento do Brasil) está estancando aos poucos nos últimos tempos, levando o nosso Brasil a princípio de infarto. 

NOSSO PAÍS ESTÁ NA UTI RESPIRANDO POR APARELHOS E EM ESTADO GRAVE!!
Imagem: hospitalpilar.com.br
É necessária um intervenção cirúrgica urgente para desentupir as artérias do coração do Brasil (O STF e o Congresso), cheias de corrupção, de esquemas, de armadilhas para alcançar interesses escusos. 

Portanto, o clamor do povo é por uma intervenção cirúrgica para restabelecimento da saúde do Brasil; para restabelecimento da ondem Democracia ora vilipendiada por membros do STF e do Congresso.

O cirurgião deve ser o Dr. Artigo 142 da Constituição Federal - para restabelecimento da ordem. Quem está chamando o cirurgião, não é Bolsonaro; quem está chamando é o povo. O Poder emana do povo!

Não esperem o próprio povo fazer a cirurgia, por que ao invés de limpar as artérias, vai é corta-las. Aí, Adeus República; Adeus Democracia. 

Fechar o STF e o Congresso? JAMAIS!!! Entretanto, é necessário INTERDITÁ-LOS para DESCONTAMINAÇÃO e depois seja aberto ao público, sem os insetos e baratas. 
Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é bem vindo
Opine, comente, debata ...