Acessos

domingo, 26 de maio de 2019

CADA MACACO NO SEU GALHO: Nada de “vamos conversar!! Cada um assuma suas responsabilidades



A Constituição Federal prescreve as responsabilidades de cada um dos poderes da União. Cabe ao Executivo: Organizar e fazer funcionar a administração federal; Cabe ao Legislativo: Aprovar Leis e fiscalizar os atos do Poder Executivo; Cabe ao Judiciário: Zelar pelo cumprimento da Constituição e julgar as questões do Direito.

Basta cada um cumprir suas responsabilidades, olhando sempre o interesse da população; basta cada macaco ficar no seu galho. Vou desenhar para os que se fazem de desentendidos para deixar brechas aos “jeitinho$”.

Desenhando…

Tomemos como exemplo o caso da necessidade de uma Nova Previdência para o Brasil. 

O PROBLEMA: Em 2018, o SALDO NEGATIVO A PREVIDÊNCIA chegou a R$ 266 bilhões, FORA A DESPESA de R$ 55 bilhões com o Benefício de Prestação Continuada (BPC). O que reforça a necessidade de mudança urgente.
Isto obrigou Bolsonaro (EXECUTIVO) a mandar para o LEGISLATIVO uma proposta para salvar o sistema previdenciário brasileiro. Lá o Legislativo (os deputados e senadores) devem analisar a proposta, pedir esclarecimentos e depois votar como quiser, assumindo responsabilidades.

Nada do Legislativo dizer para o Executivo: “vamos conversar!!” ou vice-versa. 

Conversar o que? Se a matéria é de interesse do povo, conversem com o povo. Diga para o povo qual a situação sem manipulação. Depois votem,aprovando ou desaprovando, assumindo a responsabilidade de seus atos.

Nada de conversa$ paralelas. A proposta é de interesse da Nação inteira. Nada de conversas sem a participação do povo. O deputado deve consultar o povo sobre sua decisão diante de um problemão que é a Previdência.

Esse “vamos conversar!!” da velha política todos sabem no que resulta: Corrupção e desvio de recursos públicos.

Nada de “vamos conversar!!” Basta cada macaco ficar no seu galho com suas responsabilidades, olhando para um único interesse: o do Povo Brasileiro.

O Lula revelou que o Congresso é um balcão de negócios, o Bolsonaro quer dá um basta. Ouça um especialista que começou limpo e terminou na sujeira da corrupção por causa da maioria do Congresso.