16 de abr de 2019

OS ANTECEDENTES DO MINISTRO Dias Toffoli

- Banco federal patrocinou R$ 40 mil para festa de posse de Toffoli (LEIA AQUI).

- foi advogado do PT nas três campanhas de Lula para presidente da República e defensor dos réus do mensalão. E julgou o mensalão.

- Foi assessor parlamentar da Liderança do PT na Câmara dos Deputados e subchefe para assuntos jurídicos da Casa Civil, na gestão de José Dirceu, envolvido no processo do mensalão.

- Ele foi o ministro do STF, que no julgamento da chamada Lei da Ficha Limpa garantiu a posse do senador Jader Barbalho (PMDB-PA), mesmo sabendo que era sujo.

- Toffoli foi um dos que garantiu, aos chamados "contas-sujas", o direito de se candidatarem nas eleições 2012. Leia AQUI.

- Toffoli é duas vezes réu! Ele foi condenado pela Justiça em dois processos que correram no estado do Amapá.

A sentença manda Toffoli devolver aos cofres públicos a quantia de R$ 700.000,00 – dinheiro recebido “indevidamente e imoralmente” por contratos “absolutamente ilegais”, celebrados entre seu escritório e o governo do Amapá. AQUI.

Leia mais AQUI!