11 de nov de 2018

ATÉ ONDE VAI OS ABUSOS DO CNJ: Perseguiu junto com o TJSC um Juiz que não ficou calado diante dos esquemas e omissões do Judiciário

O CNJ determinou a aposentadoria do Juiz acusando-o de "descortesia no trato com integrantes do sistema judicial". 


Em julho de 2016, Cordioli foi aposentado compulsoriamente pelo TJ/SC. Um abaixo-assinado com 3.345 pessoas pediu a volta do juiz. Em vídeo, Ele mostra sua versão dos fatos. Assista:




Até exame de sanidade mental o CNJ mandou fazer no juiz. A Junta Médica do TJ-SC emitiu um laudo pericial atestando que "Fernando Cordioli não apresenta qualquer sintoma psiquiátrico".

Fernando Cordioli tentou se candidatar a deputado federal, mas foi barrado pelo TRE-SC em razão da aposentadoria compulsória determinada injustamente.