sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Comando da PM do Maranhão garante apoio a ato fake news (notícias falsas) contra Bolsonaro

EIS A CONVOCAÇÃO.
Sob garantia do comandante maior da PM do Maranhão, que é o governador do Maranhão Flávio Dino, pessoas ligadas aos comunistas do PT, PC do B, PSOL e coligados estão organizando ato contra Bolsonaro, marcado para ocorrer neste sábado, saindo da Praça Maria Aragão. 

Denominado de ato “Mulheres unidas contra Bolsonaro”, o movimento é na verdade um ato político para denegrir a imagem do candidato à presidência da república às vésperas das eleições - funcionando como um golpe, acusando de agressor e exterminador de mulheres. 

Incluindo a PM na organização e proteção do ato fica caracterizado crime eleitoral por uso de meios institucionais para denegrir um candidato em detrimentos das candidaturas comunistas.

É a segunda vez que a PM do Maranhão é utilizada para esse tipo de expediente.