16 de ago de 2018

Avançam projetos sociais em Amapá do Maranhão em parceria com o terceiro setor

O Instituto Cidadania Ativa e a sociedade civil do município de Amapá do Maranhão, com o apoio da prefeitura, avançam na melhoria de projetos sociais que começaram a serem executados naquela região.

A atualmente, diversos projetos estão sendo executados em parceria com o terceiro setor. a título de exemplo, o Programa Leite é Vida, que consiste na distribuição gratuita de leite para as populações carentes; o Programa Educando com Cidadania, onde 50 alunos participam de preparatório para o Enem e outros 50 alunos têm aulas de reforço escolar.

Também está em fase de implantação o Projeto Agricultura Cidadã no povoado Vertente. Toda produção oriunda do projeto será vendida em São Luis para proporcionar um melhor ganho para as famílias envolvidas. 

Outro projeto em curso no município é a implantação de uma mini usina de reciclagem de lixo para a produção de artesanatos diversos.

"Fomentar cidadania é o passo primeiro para o enfrentamento
da realidade social presente".
Mauricio Miguel
Para o presidente da ONG Instituto Cidadania Ativa, Maurício Miguel, essas ações tem maior efetividade quando feitas em parceria com o terceiro setor (ONGS e sociedade civil organizada). "No caso de Amapá do Maranhão, o efetivo incentivo e apoio da prefeita Tate do Ademar, abre caminho para se construir uma nova história para essa gente", diz o presidente da ONG.

Maurício Miguel explica a importância das parcerias com o terceiro setor, principalmente quando o gestor municipal não é contemplado como as chamadas emendas parlamentares. "A sociedade civil é dividida em três setores, o primeiro é Governo, o segundo são as empresas privadas e o terceiro setor são as associações sem fins lucrativos. O terceiro setor faz o Estado ir onde não conseguiu chegar, por meio de ações solidárias, como estas implantadas em Amapá do Maranhão", explica Maurício Miguel.