30 de jul de 2018

Morre aos 91 anos o pastor Antonio Gilberto o teólogo das Assembleias de Deus

O pastor Antonio Gilberto da Silva era considerado um dos maiores nomes da teologia pentecostal Assembleiana. A família anuncia que ele faleceu nesta segunda-feira (30), aos 91 anos, em sua casa, no Rio de Janeiro. Além de teólogo, Antonio Gilberto foi educador, jornalista e autor de vários livros de sucesso dentro das Assembleias de Deus, sua denominação. As assembleias de Deus se guiam pela sua teologia pentecostal.

O pastor Antônio Gilberto entra para a história como um patrimônio da AD no Brasil. Em outubro de 1997, ele recebeu da Abec (Associação Brasileira de Editores Cristãos) o prêmio Personalidade Literária.

Formado em Psicologia, Teologia, Pedagogia e Letras, autor de 7 livros, entre eles o Manual de Escola Dominical; editor da Bíblia de Estudo Pentecostal em português, sucesso em todo o Brasil; fundador e primeiro coordenador do CAPED, de 1974 a 1989, e com um ministério que vai além das fronteiras nacionais, ele é indiscutivelmente uma das maiores personalidades da literatura evangélica nacional.

Recentemente, atendendo a um convite da Convenção Geral da AD nos Estados Unidos, foi empossado membro da junta diretora da University Global, em Springfield, Missouri. Nesta entrevista, pastor Antônio Gilberto analisa a ED de hoje e expõe os desafios que ela enfrentará no próximo milênio.

Com um ministério que vai além das fronteiras nacionais, considerado um verdadeiro ensinador e uma das maiores personalidades da literatura evangélica no Brasil.

Considerado um verdadeiro ensinador e uma das maiores personalidades da literatura evangélica no Brasil.

"Em 1953, fui aos Estados Unidos. O navio onde eu estava parara para fazer grandes reparos. Fiquei ali por 5 meses. Ali, vi pela primeira vez um funcionamento avançado de ED. É claro que eu já conhecia a ED do Brasil, mas pela primeira vez via classes para todas as faixas etárias. Depois, fui à Europa e conheci a ED na Grã-Bretanha e Europa Continental.

Era a mão de Deus. Essas experiências me deram subsídios e uma visão global para que eu pudesse escrever livros como o Manual da Escola Dominical, que é o manual adotado pela AD no Brasil. Muitas igrejas o adotam como manual padrão para fundar, desenvolver e promover EDs.