segunda-feira, 6 de novembro de 2017

PARA ENTENDER COMO AGE UM COMUNISTA ANTES E DEPOIS: Assista a "Revolução dos Bichos" e compare com a política do MA atual




Em a "A Revolução dos Bichos", George Orwell, decepcionado com o comunista Stalin, que desvirtuou os propósitos da Revolução soviética, se revelando um terrível ditador comunista no século 20.

É essa decepção que levou o inglês George Orwell a escrever a obras que o colocaria na história da literatura universal: "A Revolução dos Bichos".

Na obra, o autor mostra a cara do comunismo na sua essência. 

Um velho (que representa Karl Marx), o qual constata que os animais, apesar de superiores aos homens, são explorados por eles. Propõe, então, uma revolução que modifique esse estado das coisas. Isso é o que defende todo comunista.

O porco morre (Karl Marx), mas outros porcos decidem levar seus ideais adiante, promovendo a revolução na fazenda onde vivem. 

Os porcos comandando outros animais expulsam o dono da propriedade, e passam a administrar a fazenda, dizendo que é um "governo de todos nós"

Porém, com o passar do tempo, os porcos vão se impondo aos outros bichos e assumem, na prática, o papel que era exercido pelos homens, tornando-se piores.

Na visão do autor da obra, os porcos representam os comunistas e o desenvolvimento da trama vai mostrá-los assumindo o mesmo papel de domínio e exploração anteriormente exercido pelos homens, que se identificariam com a burguesia ou oligarquia. Parece com um fato recente no Maranhão. 

Conforme disponível em https://goo.gl/3YxBn1. "É impossível discordar do autor no que se refere ao chamado socialismo real. Em todos os lugares do mundo onde ele foi implantado ao longo da história, um partido - e via de regra o líder desse partido - tomaram o lugar da classe social que deveria comandar o processo revolucionário, substituindo a "ditadura do proletariado" proposta por Marx por uma ditadura do partido. Foi assim na União Soviética e em seus satélites do Leste Europeu, na China, no Camboja, em Cuba e na Coréia do Norte". 

A leitura de "A Revolução dos Bichos" continua atual e oportuna, ajudando o leitor a refletir sobre utopias e realidade, bem como a questionar a retórica da construção de uma sociedade mais justa e igualitária, em nome da qual "os fins justificam os meios".

"A Revolução dos Bichos" serve muito bem para uma reflexão dos maranhenses.

Assista ao Filme ou leia o Livro Link aqui e depois avalia os comunistas antes das eleições 2014 e agora. O que fizeram com os que conquistaram com eles?