segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Deputado afirma que vai mostrar que prefeitura de Raposa fica com Talita Laci e coloca TRE do Maranhão numa encruzilhada. Não tem robustas provas para cassar Clodomir, e se o fizer, terá que rever julgamento de Arari para cassar também o prefeito daquela cidade. E agora TRE?

O TRE do Maranhão começou a julgar o recurso contra a cassação do prefeito da Raposa, Clodomir Oliveira na sexta-feira (29). O placar estava 2 a 0 a favor da cassação de Clodomir, quando desembargador Raimundo José Barros de Sousa, que substituiu o Desembargador Guerreiro Junior (impedido), pediu vista. 

A retomada do julgamento está na Pauta desta terça-feira (3). 

O Deputado Edilázio Junior disse que "está para matar ou morrer" pela cassação de Clodomir. O que se infere que, para ele, cu$te o que cu$star. (Veja o Vídeo).

Este blog demostrou que, diante de provas mais evidentes, o TRE do Maranhão livrou o prefeito de Arari e seu vice de uma cassação. Já no caso da Raposa não existem provas para cassar o mandato de Clodomir num tribunal que julga segundo os autos (REVEJA AQUI).

Tanto Clodomir, como Talita Laci andaram desviando dinheiro da prefeitura de Raposa nas fuças do fraco Ministério Público do Maranhão, que ora atua pressionando determinado gestor, ora alivia para outros, como se tivesse sendo conduzido por esquemas políticos.(CONFIRA AQUI...E  AQUI).

UM PESO E AS DUAS MEDIDAS DOS DESEMBARGADORES ALICE DE SOUZA ROCHA E DANIEL BLUME PEREIRA.

No julgamento do prefeito de Arari, a provas testemunhais e o vídeo de compra de votos não serviram como provas robustas para cassar o prefeito. Os desembargadores Daniel Blume e Alice Souza Rocha votaram pela não cassação do prefeito de Arari, Djalma de Melo Machado.

Já no caso de Raposa, os desembargadores Alice Souza Rocha e Daniel Blume enxergaram além das provas, votaram pela cassação do prefeito Clodomir.

O comportamento dos dois desembargadores no trato dos dois casos (ARARI e RAPOSA), que são semelhantes, deixa margem para suspeitas que membros da corte julga segundo 'outros critérios' e não segundo o que consta dos autos. Vale a advertência: "O juiz não é nomeado para fazer favores com a justiça, mas para julgar segundo as leis" (Platão).

cu$te o que cu$star, inferido da declaração do deputado, não pode prevalecer numa corte de justiça.

Para mim, tanto o Prefeito Clodomir, como Talita Laci são um mau para o município da Raposa; um mau para o povo daquela cidade, mas manter o prefeito de Arari e cassar o da Raposa será um desavergonhado ato do TRE-MA.

Quanto aos demais membros do TRE-MA:
"Se ages contra a justiça e eu te deixo agir, então a injustiça é minha". (Mahatma Gandhi).