terça-feira, 9 de dezembro de 2014

DESEMBARGADOR BAYMA ARAUJO INSTAURA SINDICÂNCIA PARA APURAR ABUSO DE JUIZ DE IMPERATRIZ.

Ao Contrário de Nelma Sarney que recentemente deu cobertura para juiz que atuou
em Paço do Lumiar, Bayma não costuma guardar almoço pra
janta. Quer a apuração dos fatos em 30 dias.
Respondendo pela Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão, o desembargador Antonio Fernando Bayma Araújo vai apurar a conduta do juiz Marcelo Testa Baldochi, titular da 4ª Vara Cível da Comarca de Imperatriz.

magistrado deu voz de prisão a funcionários da companhia aérea TAM após uma discussão. 

Bayma não ficou no disse-me-disse. Baixou a Portaria 4824/2014, instaurando sindicância para apurar a conduta do Juiz.  "Há fortes indícios de conduta incompatível com o exercício da magistratura, por transgressão ao disposto no art. 35, VIII, da Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Lei Complementar nº. 35, de 14 de março de 1979); art. 37 do Código de Ética da Magistratura; e art. 85, VIII, do Código de Divisão e Organização Judiciárias do Maranhão (Lc 14/91”, diz o Desembargador.

Bayma Araújo está substituindo Nelma Sarney, que participa de um congresso internacional.

A adoção das providências legais já foi informada à corregedora nacional da Justiça, ministra Nancy Andrighi. A sindicância será presidida por Bayma, que designou os juízes corregedores José Américo e Tyrone José para conduzir os trabalhos.