terça-feira, 16 de setembro de 2014

GESTO DE NOBREZA DE GUERREIRO JUNIOR E FIRMEZA DE FROZ SOBRINHO ELIMINA ESQUEMAS E MANOBRAS NO TRE VISANDO A PREFEITURA DE RAPOSA.

Hoje, em momentos tensos da Corte Eleitoral, o Presidente do TRE, Desembargador Froz Sobrinho falou com firmeza e deu o tom para seus pares.

Froz Sobrinho deixou claro que não permitirá manobras escusas na Corte.
Froz fez duras observações sobre o vai e vem de prefeito no Município de Raposa. O desembargador isentou a distribuição de qualquer suspeita, pois foi ele próprio quem determinou que a distribuição de processos fosse feita de acordo com o Regimento Interno do Tribunal.

"Quanto mais nós demoramos em decidir sobre esse caso, mais o tribunal sangra", disse Froz apelando para a compreensão de seus pares.

Guerreiro Junior faz um gesto de grandeza e cede seu lugar 
para o Des. Raimundo Barros, surpreendendo os que fizeram
manobras escusas. 
Porém, não tinha como julgar naquele momento o processo, pois havia um pedido de suspeição em relação ao Desembargador Guerreiro Junior. Este desembargador num gesto de nobreza e humildade ponderou e disse que o município de Raposa não poderia continuar nessa terrível situação e nem o tribunal podia ficar exposto à chicalhas. Neste momento, Guerreiro Junior declarou-se impedido para que a corte eleitoral definisse a situação de Raposa, sendo substituído pelo juiz Raimundo Barros.

Froz Sobrinho submeteu a questão a julgamento e o placa foi de 4 votos a 2, o pleno do TRE decidiu manter no cargo, o prefeito Clodomir Oliveira. Votaram a favor de sua permanência nos cargo os desembargadores Raimundo Bastos (substituindo Guerreiro Júnior), Eduardo Moreira, Daniel Blume e o juiz federal Clodomir. Votaram contra a Relatora Desembargadora Alice e o Desembargador Eulálio, que havia retornado Talita Laci.

O Desembargador Eduardo Moreira fez duras críticas aos advogados que atuaram nesse vai e vem de prefeitos na Raposa. Mas, esse será o assunto de outra postagem - você vai ver quem estava por trás dessas armações denunciadas pelo Desembargador.