sexta-feira, 23 de maio de 2014

DOCUMENTOS OFICIAIS DERRUBAM FALSA ACUSAÇÃO CONTRA PREFEITO E SECRETÁRIA.

AS FALSAS ACUSAÇÕES:



AS PROVAS DA INOCÊNCIA:

Acusados de estarem na mira da PF e do MPF por estarem cometendo irregularidades com recursos destinados para a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Paço do Lumiar, o prefeito e a secretária de saúde de Paço do Lumiar entregaram para conhecimento da população documentos oficiais que comprovam suas inocências e lamentam estarem sendo vítimas de difamação.

1 - OS RECURSOS ESTÃO EM CONTA DO FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE RENDENDO JUROS ENQUANTO A OBRA INICIA APÓIS CUMPRIMENTOS DE EXIGÊNCIAS LEGAIS (LICITAÇÃO, CONTRATO, PUBLICAÇÕES, ETC).
Os repasses foram dois: R$ 200.000,00 e R$ 1.600.000,00, totalizando R$ 1.800.000,00, que aplicados já está em R$ 1.851.403,26. Nenhum tostão deses recursos foi desviado.

2 - A EXECUÇÃO DA OBRA É ACOMPANHADA PELO MINISTERIO DA SAUDE ATRAVÉS DO SISTEMA SISMOB E NÃO POR SITE DO PAC. O STATUS DA OBRA ESTÁ ZERADO, POIS A OBRA REALMENTE AINDA NÃO INICIOU, COMPROVANDO ASSIM, QUE NÃO HÁ NENHUMA DISTORÇÃO ENTRE O QUE ESTÁ ACONTECENDO NA PRATICA E O QUE ESTÁ INFORMADO AO MINISTÉRIO DA SAÚDE.

3 - NOTA TÉCNICA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE DATADA DE 14 DE ABRIL, A QUAL AUTORIZA A INCLUSÃO DE NOVA ORDEM DE SERVIÇO DA 
UPA. CONSIDERANDO QUE POR EQUIVOCO FOI LANÇADO INFORMAÇÕES DE UMA 
EMPRESA. POREM, COMO TODO O RECURSO ESTAVA NA CONTA , E O MINISTÉRIO 
DA SAÚDE FOI INFORMADO DE TUDO O QUE ACONTECEU E TODA PROBLEMÁTICA DA 
LICITAÇÃO. ACATARAM A JUSTIFICATIVA DO MUNICÍPIO E AUTORIZARAM A 
INSERÇÃO DE UMA NOVA ORDEM DE SERVIÇO, QUANDO DO DESFECHO FINAL DO 
PROCESSO DE LICITAÇÃO.


A Secretária de Saúde Nadir Moraes e o Prefeito Josemar Sobreiro classificaram de irresponsável a montagem de uma falsa denúncia com o objetivo de denegrir as pessoas e as instituições municipais para se promover às custas de mentiras.