sábado, 26 de abril de 2014

O prefeito Edivaldo Júnior inaugurou a primeira unidade especializada em Neurocirurgia da rede municipal de saúde, no Hospital da Mulher.

O prefeito Edivaldo Júnior inaugurou neste sábado (28) a primeira unidade especializada em Neurocirurgia da rede municipal de saúde, no Hospital da Mulher. Acompanhado da secretária de Saúde, Helena Duailibe, ele também abriu o “Dia D” da vacinação contra gripe no Centro de Saúde Yves Parga, na Vila Maranhão, e estendeu a agenda de avanços na saúde entregando à comunidade o Laboratório de Análises Clínicas do Centro de Saúde Yves Parga.

O atendimento especializado e de alta complexidade em Neurocirurgia conta com quatro salas de enfermaria e 11 leitos, além de cinco leitos de unidade de cuidados intermediários e centro cirúrgico. Equipamentos modernos e ambiente totalmente climatizado garantem o conforto e a segurança dos pacientes.

O Prefeito recebendo agradecimentos.

A secretária de Saúde, Helena Duailibe explica a funcionalidade da unidade.

VACINAÇÃO

No “Dia D” da vacinação contra gripe, o prefeito conclamou os pais, mães e pessoas de grupos específicos da cobertura para procurar os postos de vacinação e garantiu que há vacinas suficientes para cobrir a meta do Ministério da Saúde. A meta da vacinação em São Luís é imunizar contra a H1N1, 205.893 pessoas.

A campanha de vacinação, iniciada no dia 22 de abril, se estenderá até o dia 9 de maio. No “Dia D”, a Semus instalou 225 postos de vacinação no município de São Luís, incluindo shoppings, terminais rodoviários, escolas e em pontos abertos em parcerias que se dispuseram a colaborar com o alcance da meta. Até o término da campanha, 66 postos estarão funcionando regularmente durante a semana, das 8h às 12h, e das 14h às 18h.


“Esse é a saúde que nós queremos. É a saúde preventiva que precisa ser cada vez mais incentivada. Esse é um passo importante hoje porque sabemos que a vacinação contra gripe é importantíssima para evitar pneumonia e hospitalização”, ressaltou a secretária Helena Duailibe.

Pela terceira vez Antonia Severa Oliveira, 64 anos, moradora do Sitinho, procurou o Centro de Saúde Yves Parga para se imunizar contra a gripe H1N1. “Todo ano eu tomo e nunca fico gripada”, exaltou Antonia.