2 de abr de 2014

A 4ª EXECUÇÃO PÚBLICA NO MARANHÃO EM MENOS DE 20 DIAS . Quando não é a polícia, é a população.

No Estado dos Sarney a Lei e as instituições que deveriam executá-la não funcionam. 

Execuções públicas virou coisa normal no Estado. É a população que está prendendo e executando a sentença de morte que dão.

É o 4º caso em menos de 20 dias. Sem qualquer pronunciamento do MP/MA. VEJA AQUI.

Na noite de segunda-feira (31), por volta das 20h30, moradores do Sá Viana – região do Itaqui-Bacanga – lincharam Robson Carlos Andrade Nina, de 24 anos, o “Robinho”, por desconfiarem de que ele teria estuprado uma mulher que reside na mesma localidade e cuja identidade foi preservada. Por meio de suas fontes, o Jornal Pequeno apurou que o suspeito foi morto a pedradas e pauladas.
Robson morto
Homens do Instituto de Criminalística realizam perícia no corpo de “Robinho”. (Foto: G. Ferreira)
O caso aconteceu na Rua Nascimento de Morais, conforme a polícia anotou. Testemunhas relataram que “Robinho” já estava sendo jurado de morte pela família da moradora que foi atacada sexualmente; mas ele sempre escapava das tentativas de vingança. Só que, na noite de anteontem, um parente da mulher se encontrou, casualmente, com o suspeito. Eles teriam iniciado uma discussão, ao que os outros habitantes daquela região se aproximaram e estimularam o linchamento.´
Fonte: Jornal Pequeno