7 de ago de 2013

DEPOIS DE MUITA PRESSÃO ROBERTO GURGEL DESPACHA UM DOS PROCESSOS DE CASSAÇÃO DE ROSEANA SARNEY: O ESQUEMA É ESSE: ATRASAR, ATRASAR E ATRASAR PARA O EFEITO DE CASSAÇÃO DE ROSEANA SER MENOR OU NÃO SURTIR EFEITO.

Depois de muitas denuncias, principalmente neste blog o Sr. Roberto Gurgel, a vergonha do Ministério Público Federal resolveu despachar um dos processo que pede a cassação de Roseana Sarney por corrupção eleitoral. 
Ele não teve como negar que Roseana cometeu abuso de poder como está fazendo seu candidato Luis Fernando tentando impressionar o eleitor com promessas mirabolantes. 
VEJA O DESPACHO DO ROBERTO GURGEL:
Fases
07/08/2013 16:08 DEVOLVIDO AO ORGÃO DE ORIGEM COM MANIFESTAÇÃO DA PGE 94799 Parecer

CLIQUE NO LINK 07/08/2013 16:05 ENCAMINHADO A SECRETARIA DA PGE 94799 Parecer documento

10/08/2012 17:48 PROCESSO DISTRIBUIDO Dr. ROBERTO MONTEIRO GURGEL SANTOS
10/08/2012 17:28 PROCESSO AGUARDANDO DISTRIBUIÇÃO
26/05/2011 12:09 DEVOLVIDO AO ORGÃO DE ORIGEM COM MANIFESTAÇÃO DA PGE
25/05/2011 18:30 ENCAMINHADO A SECRETARIA DA PGE Ciência
25/05/2011 15:37 PROCESSO DISTRIBUIDO Ciência Dra. SANDRA VERONICA CUREAU
25/05/2011 12:23 PROCESSO AGUARDANDO DISTRIBUIÇÃO Ciência

No seu parecer, Gurgel manifesta opinião pela cassação em razão do abuso de convênios eleitoreiros praticados por Roseana Sarney às vésperas das eleições de 2010 e a cooptação de prefeitos de oposição.

Agora o processo vai para a Ministra Luciana Lóssio, que foi advogada de Roseana no processo que resultou na cassação de Jackson Lago e que levou a Filha de Sarney ao Palácio dos Leões.

VEJA OS PROCESSOS SENDO DISTRIBUÍDOS PRA ELA:

 O RECURSO ESPECIAL Nº 809
ASSUNTO:
ABUSO - DE PODER ECONÔMICO - DE PODER POLÍTICO / AUTORIDADE - GOVERNADOR - VICE-GOVERNADOR
FASE ATUAL:
27/02/2013 10:19-Redistribuição por término do biênio do Relator. MINISTRA LUCIANA LÓSSIO.

Ela não tem como ficar com o processo, vai mandar redistribuir e da-lhe tempo.

O ESQUEMA JURÍDICO É ESSE: ATRASAR, ATRASAR E ATRASAR PARA O EFEITO DE CASSAÇÃO DE ROSEANA SER MENOR OU NÃO SURTIR EFEITO.