terça-feira, 7 de maio de 2013

VEREADOR DE PAÇO DO LUMIAR AMEAÇA BLOGUEIRO DENTRO DA CÂMARA E TERÁ QUE DÁ SATISFAÇÃO À POLÍCIA A À JUSTIÇA.

INTIMIDAÇÃO POR PARTE DO VEREADOR MARINHO PARA COM - BLOGUEIRO CLAYTON COLLINS

Já estou começando a achar que o senhor vereador Marinho tem algo conta a minha pessoa, ou o mesmo, não sabe como se comportar, frente as críticas, advindas da imprensa. 

Num primeiro comentário, na Câmara, o parlamentar mostrou-se bastante incomodado com a minha presença, e insinuou que poderia, se quisesse, impedi-la. Dizendo: 

Marinho - nós nunca fizemos restrição de a, b e c entrar, NÓS PODEMOS FAZER ISSO, selecionar, credenciar, isso não estamos fazendo. Pra que dê liberdade a imprensa total entrar.

Hoje, após a sessão (7) o vereador foi além do que eu poderia esperar, me abordando de forma intimidadora, nos corredores da Câmara, me ameaçando sob o crime de PEDOFILIA. Ao pé do ouvido, pra que não chamasse atenção de ninguém ele disse:

"Ei já tenho todas as provas contra você, inclusive fotos que o incriminam. Isso vai ser uma bomba, e você vai ser obrigado a divulgar o seu próprio nome em seu blog. Só falta a assinatura de uma mãe de estudante, pra eu te acusar de pedófilo."

Em conversa com o delegado titular da Delegacia de Polícia Civil do Maiobão, Wang Chao Jen, relatei o ocorrido, e registrei umBoletim de Ocorrência, sobre o caso. 

"As pessoas confundem o que é pedofilia. Estar na companhia de menores de idade, apenas, não caracteriza o crime. Nesses casos, abre-se um inquérito. As partes são ouvidas, e se dá início as investigações, caso haja a necessidade". Disse o delegado.

Me coloquei a disposição do mesmo, com relação as acusações do vereador Marinho. 

De já, jamais tentaria algo de mal, a quem tanto amo, e luto, por um futuro melhor, as crianças e jovens, assim como eu. Obrigado pelo apoio dos que comigo, também fazem parte dessa luta por um Paço mais justo e digno pra todos!

COMO TUDO COMEÇOU

O vereador ficou extremamente chateado com o seguinte título, de uma discussão entre ele e o presidente da Câmara, Leonardo Bruno. Na minha interpretação, pelo tom que o presidente se dirigiu a ele, e o teor das palavras, soou como uma lição de moral. Dai, veio o título:

LEONARDO BRUNO DÁ UMA LIÇÃO DE MORAL NO VEREADOR MARINHO 

Reveja a matéria, e o respectivo vídeo, onde o parlamentar do PP, discorda da publicação.


Leonardo Bruno - ...Não é pra me ajudar EU NÃO PRECISO DE AJUDA DE VEREADOR! né? o que eu preciso é que a gente traga pra esse plenário uma votação enriquecedora, com discussão, que é isso que está acontecendo aqui, que é muito válido.

E quero dizer vereador Marinho, que votar a favor desse projeto, o senhor sempre fala isso como se o senhor tivesse votando a favor pra me ajudar, ou votando contra pra me prejudicar.

É SÓ UMA DECISÃO QUE EU estou levando ao conhecimento dos senhores, pra ser transparente, e o senhor votar a favor desse projeto, o senhor NÃO ME AJUDA. Não tem essa questão de me ajudar. Nós temos que ajudar o legislativo do município. Ajudar o senhor, ajudar o André Costa, e ajudar acima de tudo, o povo de Paço do Lumiar. a ver as coisas com correção, com ética, com transparência.

Marinho comenta a matéria do blog num aparte