A FACULDADE IESF FACILITA SUA VIDA ACADÊMICA

Acessos

terça-feira, 30 de abril de 2013

Paço do Lumiar requer a municipalização do ensino fundamental de sete escolas da rede estadual de ensino do conjunto Maiobão, junto à Secretaria de Estado da Educação.

A Prefeitura de Paço do Lumiar deu entrada na última sexta-feira (26), no processo de municipalização do ensino fundamental de sete escolas da rede estadual de ensino do conjunto Maiobão, junto à Secretaria de Estado da Educação. Na oportunidade, a secretária municipal de Educação, Maria do Rosário de Fátima Leal, e a adjunta da pasta, Ana Paula Pires foram recebidas pelo secretário de estado da Educação, Pedro Fernandes onde apresentaram o documento oficial assinado pelo Prefeito Josemar Sobreiro requerendo a competência das escolas ao município de Paço do Lumiar.

O processo de municipalização das escolas passará pela análise técnica da Seduc para formalizarem a transição de responsabilidades à gestão municipal.A demanda de matrículas para o ensino fundamental das escolas do Maiobão, atualmente é de 6 mil alunos. Apenas a Unidade Integrada Rosa Nina, na comunidade das Mercês, já está municipalizada.

Pedro Fernandes parabenizou o município de Paço do Lumiar pelas atividades desenvolvidas no âmbito da Educação e anunciou que será realizada uma visita às escolas municipais, para conhecer o trabalho desenvolvido no município.
Comentário(s)

3 comentários:

  1. Paulo ( Educador)30.4.13

    coitada das nossas crianças. Se com uma estrutura bem maior que possui o governo do estado, a nossa educação ja é uma lastima imaginem vocês o município de paço do lumiar que não consegue atender de forma digna as escolas municipais vai assumir as do estado.isso é demagogia pura.

    ResponderExcluir
  2. Henrique30.4.13

    Paulo, concordo com você. A Prefeitura não está atrás de melhorar o ensino ou preocupada com as crianças e adolescentes do município.
    Por trás dessa manobra estão os recursos do FUNDEB que serão, caso seja efetuada essa municipalização, repassados integralmente para a Prefeitura e seus asseclas sedentos por dinheiro. E a educação que se lixe pois, se o Estado com os recursos que recebe não resolve, quanto mais a Prefeitura.
    Além disso, vem recursos do PNAE, Transporte Escolar e PDDE.
    Esse é o real motivo.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo4.5.13

    Não sei pra quê... Ah! pra pegar a verba que vem pras Escolas...

    ResponderExcluir

Seu comentário é bem vindo
Opine, comente, debata ...