13 de out de 2012

HAJA ESQUEMAS: Ministro do TSE declara suspeição para relatar processo do vereador que comprou votos para se eleger em Paço do Lumiar, alegando que irmão dele foi procurado por parte interessada no processo. Do outro lado, o processo de Roseana Sarney vem sendo abarrotado de pedidos. Já tem 2 embargos de Washington Oliveira, 1 agravo regimental e 1 pedido de devolução de prazo para a governadora.


A Ministra Carmem Lúcia, Presidente do TSE em despacho no processo em que ALDERICO CAMPOS é acusado de compra de votos, disse:

“Consulta ao sistema de acompanhamento processual do Tribunal Superior Eleitoral noticia que, em 21.6.2012, determinei o envio do processo ao Ministro Substituto, nos seguintes termos: (...).
O processo refere-se às eleições 2008, cujo mandato se encerra no final deste ano, o que justifica o envio do processo ao Ministro Substituto, nos termos do artigo 16, § 5º, do Regimento Interno do Tribunal Superior Eleitoral.
Pelo exposto, encaminhe-se ao Ministro Substituto”.

Passados 30 dias o Ministro Substituto Henrique Neves despacha julgando-se suspeito, alegando o seguinte:

“1. Os autos me foram enviados por força da decisão exarada pela d. Presidência, que determinou a remessa do feito ao Ministro Substituto.

2. Fui informado de que meu irmão, por advogar em casos referentes à mesma eleição do Município de Paço do Lumiar (os quais têm relação, ao menos subjetiva, com este), foi consultado por parte interessada no desfecho deste feito.
3. Afirmo, assim, minha suspeição para atuar nos presentes autos”.

Agora o processo repousa no gabinete da presidência do TSE, no ar-condicionado.

O PROCESSO SOBRE ABUSO DE PODER ECONÔMICO E DE PODER POLÍTICO DE ROSEANA SARNEY.

Está engavetado desde 10/08/2012 adivinha aonde?

No MPE - Ministério Público Eleitoral só para um visto. Enquanto o emplaca seu protelamento, Washington Oliveira e Roseana capricham nos esquemas para impedir suas saídas do governo.

Estão tentando de tudo para atrasar o julgamento: Washington Oliveira apresentou 2 Embargos de Declaração, Roseana Sarney pede devolução de prazos que ela teve à vontade e também tenta encaixar na lenta justiça eleitoral um Agravo Regimental só para consumir o já escasso tem dos ministros da corte.

Haja esquemas!