26 de out de 2012

Castelo Faz, Castelo sabe fazer: desrespeitou a consciência dos cidadãos de São Luís e poderá sofrer uma derrota histórica para nunca mais fazer isto com os Ludovicenses.


A atitude política de João Castelo para com a população de São Luis durante seu governo foi desrespeitosa. Julgou que todos os cidadãos de ludovicenses podiam embarcar em seus discursos. Pensava que estava tratando com um povo abestado e sem consciência. Veja o que ele fez e todos sabem disto:

1 - TRÉS ANOS SÃO LUÍS FICOU NO CAOS.
 - Caos nos transportes Coletivos (sofremos até hoje nas paradas e nos terminais);

 - Caos no Trânsito (Só agora sabendo que está preste a perder a eleição foi que Castelo deixou o competente Canindé administrar a SMTT por 2 meses);

 - Caos na Educação (Crianças e adolescentes sem concluir o ano eleitoral). Como cala-boca tentou passou a distribuir leite e fardas que pelos gastos deveriam de linho fino. Enquanto os estudantes e pais se distraiam com o leitinho distribuído, milhões de reais destinados a educação eram desviados, segundo o Ministério Público Federal,CONFIRA AQUI:

O MPF constatou ainda que o município de São Luís não gastou, desde 2009, os recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate). O município possui em caixa um saldo disponível de R$ 14.411.803,15, sendo R$ 13.287.912,88 referentes ao Pnae e R$ 1.123.890,27 referentes ao Pnate.


Quanto aos recursos fornecidos pelo Fundeb, o MPF identificou a realização de diversos gastos em valores exorbitantes (da ordem de 13 milhões) efetuados sempre ao final de cada mês, com valores arredondados, e sob a genérica rubrica de “gastos diversos”, gerando forte suspeita de desvio das verbas.


- Caos na Saúde (Falta de UTI, condições precárias, Socorrão alagado, Morte por erro médico, Falta de atendimento, Os recursos recebidos, a situação deplorável da Saúde de São Luís).

2  O ESQUEMA DE CORRUPÇÃO COM A EMPRESA VITAL ENGENHARIA:

Castelo provocou um rombo milionário nos cofres da prefeitura de São Luís. Contratou sem licitação por 3 vezes consecutivas essa empresa.  

COMO FOI O ESQUEMA?
Fez o Contrato sem licitação nº 10/2010 no valor de R$ 13.780.025,28, durante seis meses.


Depois aumentou o mesmo de R$ 2.472.700,78, através do Termo Aditivo nº 01/2010, passando o contrato para o valor total de R$ 16.252.726,06.


Castelo não parou por ai, fez o Contrato sem licitação nº 220/2010 com o mesmo valor do anterior.

Depois de novo, aumentou o contrato acrescentando R$ 3.298.716,97, através do Termo Aditivo nº 001/2011, passando o contrato irregular para o total de R$ 17.078746,25.

Temos ai um rombo de mais de 33 milhões nos cofres da prefeitura de São Luis (R$ 33.331.472,31), caracterizando crime de improbidade administrativa por parte do Sr. João Castelo Ribeiro Gonçalves, oriundo de contratos sem licitação pública.


3 - O ESQUEMA COM A EMPRESA PAVETEC MEDIANTE FRAUDE:

O Prefeito de São Luís, Sr. João Castelo Ribeiro Gonçalves, o ex-secretário municipal de Obras e Serviços Públicos Cláudio Castelo de Carvalho, e os sócios da PAVETEC CONSTRUÇÕES LTDA estão sendo acusados pelo Ministério Público de terem feito um rombo de R$ 115.591 MILHÕES nos cofres da Prefeitura de São Luís.  

COMO FOI FEITO O ESQUEMA?
Antes de firmar Contrato sem licitação, a PAVETEC alterou o capital social dela de R$ 200 mil para R$ 1.200 milhões. A alteração foi feita 16 dias antes da assinatura do contrato.

No primeiro contrato, a Prefeitura pagou R$ 29.990 milhões sem processo licitatório. No segundo contrato, a PAVETEC recebeu R$ 85.601 milhões. 

Na avaliação do Mistério Público, houve um acerto prévio para que a PAVETEC fosse à vencedora da licitação.


O Ministério Público descobriu que a PAVETEC teve um aumento no patrimônio de 4.200% e pediu à Justiça a condenação de João Castelo, do ex-secretário municipal de Obras e Serviços Públicos Cláudio Castelo de Carvalho e dos sócios da PAVETEC por improbidade administrativa,  além da quebra do sigilo fiscal e bancário da PAVETEC e dos sócios para verificar esse aumento do patrimônio de 4.200% tão de repente.


Tudo isto mostra que Castelo Faz, Castelo sabe fazer.

4 – O PROJETO ELEITOREIRO CHAMADO VLT.
Castelo passou 3 anos articulando um projeto eleitoreiro para executar no último ano de Mandato. Chegado o período eleitoral, ele simula e tenta transformar São Luís num canteiro de obras: Asfaltos derramados pra todo lado, pinturas de escolas e suposta solução dos transportes coletivos com compra de um trem (VLT), escondendo da população o projeto, as licitações e os estudos de impactos que isto pode causar.


Mesmo estar pronta a linha, Castelo autorizou o veículo ficar fazendo viagens de 800 metros levando pessoas iludidas e aproveitando a situação para fazer propaganda política de um projeto que falta muito para terminar.

ELAS PENSAVAM QUE JÁ ESTAVAM INDO PARA SEUS BAIRROS. TIVERAM QUE DESCER NO MERCADO DO PEIXE.
O candidato Edivaldo Holanda Junior acha o projeto importante e diz que dará uma solução para os transportes coletivos de São Luís sem iludir a população , detalhando todos os pros e contras com a participação da população como Jackson fez.

O VLT está acompanhado de indícios fortes de mais desvios de recursos públicos. A obra foi anunciada a um custo total de R$ 19.001.484,05. Mas Castelo já pagou R$ 40.042.677,48. Veja os dados extraídos da própria prefeitura:

Castelo Faz, Castelo sabe fazer.
5 - PARA TIRAR O FOCO DAS DENÚNCIAS COMPROVADAS CONTRA SI, CASTELO PARTE PARA A ESTRATÉGIA DE ESPALHAR BOATOS SOBRE EDIVALDO HOLANDA JUNIOR.

Chegando ao ponto de acusar o candidato de formação de milícia para matá-lo.

Daí a campanha virou um palco de baixarias com Castelo acusando e Edivaldo se defendendo.

A justiça eleitoral assiste passivamente apenas concedendo direitos de respostas para o candidato Edivaldo Holanda.

Castelo Faz, Castelo sabe fazer e não sobe nas pesquisas:

Data
Instituto
João Catelo (PSDB)
Edvaldo Holanda Jr. (PTC)
Diferença
22 e 23.out.2012
Data M
39,5
50,8
11,30
20 e 22.out.2012
TV Guará
44
48
4,00
22 e 24.out.2012
Escutec
41,6
46,3
4,70
18 e 19.out.2012
Data M
38,5
55,3
16,80
16 e 18.out.2012
Ibope
39
49
10,00
11 e 12.out.2012
Exata
36
52
16,00
11 e 12.out.2012
Data M
34,3
54,6
20,30
10 e 11.out.2012
Escutec
40,1
59,9
19,80
MÉDIA

39,13
51,99
12,86


Na média, Edivaldo Holanda Junior tem 12,86% acima de Castelo.