terça-feira, 9 de outubro de 2012

A NOVA ESTRATÉGIA DE CASTELO, USANDO O ERÁRIO PÚBLICO.


O negócio para Castelo é jogar asfalto ruim de qualquer jeito em periferias da cidade para adquirir simpatia da população devido ao seu alto percentual de rejeição.

Tentando se livrar do peso do VLT, Castelo tem outros horizontes. Vai apostar todas as fichas às custas do erário.

Segundo o blog do jornalista Gilberto Lima, Na verdade, a Prefeitura não está anunciando asfaltamento, mas somente a imprimação, ou seja, a base para o asfalto.

Esse tipo de operação já foi feita em outros bairros e, em pouco tempo, todo o trabalho foi perdido, principalmente no período chuvoso. Sem a camada de asfalto, todo esse material utilizado é levado pelas águas pluviais. Isso é apenas um paliativo para tentar enganar o eleitorado.

Na região do São Cristóvão, por exemplo, dezenas de ruas sofrem com esse abandono, como mostram as fotos abaixo.




Na rua Oeste Externa, na Cidade Operária, uma cratera de mais de dois metros de profundidade corta o tráfego há mais de três anos. Muitos imóveis estão com a estrutura comprometida. Se não resolveu esse problema em três, vai solucioná-lo em poucos dias?

Sinceramente, acredito que essa seja a “Operação Desespero”, uma última tentativa de evitar a derrota de uma administração que já está reprovada pela maioria da população.