29 de ago de 2012

O VLT PARA SÃO LUÍS ÁS PRESSAS: Uma jogada de marketing para obter voto e uma armadilha para os adversários.


Colocando o projeto eleitoreiro do atual prefeito João Castelo na linha do tempo, descobriremos a farsa.

Não se engana o tempo.

Como diria Cazuza:

“Tuas ideias não correspondem aos fatos.
O tempo não para”.


“Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não para. Não para, não, não para”.

Pois bem, vejamos se as idéias correspondem aos fatos:
1º - EM 15/05/2012 a DEPUTADA GARDÊNIA CASTELO FALA NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA:
“...o prefeito João Castelo semana passada deputado Carlinhos Florêncio, colocou o Edital de Licitação, para execução de uma obra de VLT - veículo leve sobre trilhos. Esse sim, vai fazer a diferença. E esse primeiro trecho deputado Magno, do VLT, vai lá do São Cristóvão, caminho do Aeroporto, até o Centro. São 13 km....”

Observação do blog:
Entre 7/05 a 12/05/2012 não encontramos a publicação de nenhum edital como informou a Deputada, filha do Castelo.

EM NOTA OFICIAL DE 22/05/2012, JOÃO CASTELO FALA NA “..Publicação de edital para a licitação do Veículo Leve sobre Trilhos (metrô de superfície)...”.


EM 15/06/2012 O JORNAL PEQUENO NOTICIA QUE O PROCESSO LICITATÓRIO AINDA ESTÁ EM ANDAMENTO:

A Prefeitura de São Luís apresentou, na manhã de ontem (14), na Câmara Municipal, o projeto de implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) na capital maranhense. ... Durante a exposição, o secretário-adjunto municipal de Trânsito e Transportes afirmou que já está em andamento o processo licitatório para a implantação do VLT e, nos próximos dias, deve ser iniciada a licitação para a compra do material rodante.

Castelo diz que vai fazer em 4 meses o que não fez em 4 anos, mas precisa responder antes à população as seguintes perguntas:

1ª PERGUNTA: Onde estão os Projetos Básicos, os Projetos Executivos e as Licenças Ambientais para implantação do VLT?

2ª PERGUNTA: Qual a foi a Consultoria Especializada contratada para o Gerenciamento e Supervisão desse Projeto do VLT?.

3ª PERGUNTA: Onde foi publicado os editais de licitações para tal obra?

4ª PERGUNTA: Quem participou dessas licitações e quem ganhou?

Na verdade o que se ver é uma jogada de marketing para obter voto e uma armadilha para os adversários.

A JOGADA DE MARKETING
Desacreditado em razão de caos na educação, na saúde, no trânsito, nos transportes e nas questões sociais, João Castelo intensifica os tapa-buracos e derrama asfalto na cidade com objetivos eleitoreiros.

Para abafar a zanga da população com os transportes coletivos, Castelo lança às pressas o projeto do VLT, atropelando todos os cuidados necessários para garantir segurança à população e preservar o ambiente. Veja esta loucura:
“O secretário-adjunto da SMTT explicou que, para a implantação do Veículo Leve sobre Trilhos, será utilizado o canteiro central das avenidas. “O VLT tem três metros de largura e nós só precisamos de cinco metros de largura de via para ele passar”.
“José Arthur frisou que, no trajeto da linha 1, não será necessário fazer desapropriações, o que não ocasionará maiores transtornos e perda de tempo. “É uma área de passagem de domínio público. O que vai haver é somente a remoção de árvores plantadas, onde o replantio será feito em outros locais. Nesse sentido, a nossa estimativa é de que seja feito 1 km de via por mês”, detalhou”.

Quais os outros locais de replantio das árvores?
Para dar mais realidade à seu marketing, Castelo planeja expor em local público um modelo do VLT para a população se encher de esperança e votar no candidato.

A ARMADILHA PARA OS ADVERSÁRIOS

De caso pensado, os castelistas sabendo da inviabilidade do projeto em 4 meses, procuram camuflar os fatos dizendo que os que criticam a desastrada idéia são contra a implantação do VLT.

É muita cara de pau.