quarta-feira, 11 de julho de 2012

Três momentos da visita da Sra. Presidenta do TSE ao Maranhão.

Com a serenidade que lhe é peculiar, a Ministra Presidente do TSE, Carmem Lúcia passou ontem (10) em visita ao Tribunal Regional Eleitoral para conversar com os juízes eleitorais, sendo recepcionada pelos representantes máximos do Judiciário Maranhense.


Três momentos merecem destaques:

1º MOMENTO:
A Ministra encontrou o TRE-MA nas mãos de dois magistrados de togas limpas, os Desembargadores Anildes Cruz (presidente do TRE-MA), José Bernardo Rodrigues (vice-presidente, corregedor e ouvidor).

Disse a Ministra que está indo de estado em estado para dizer que tanto o TSE como os TREs estão de portas abertas para prestar suporte permanente ao juízes eleitorais.

A presidente do TRE/MA, desembargadora Anildes Cruz, ressaltou que a visita foi importante para mostrar aos magistrados e servidores da Justiça eleitoral que o TSE e os tribunais estão unidos, “de braços dados”, para o sucesso das eleições municipais.

Para o corregedor eleitoral, desembargador José Bernardo Rodrigues, a ministra veio transmitir segurança e tranquilidade ao processo eleitoral. “Quando o comando é forte e transparente, os comandados seguem sem duvidar, com alegria e tranquilidade, e a ministra veio dizer que teremos todo o apoio do comando da Justiça eleitoral nesse sentido”, disse o corregedor eleitoral.

A juíza Joseane Bezerra, diretora do fórum eleitoral disse que as eleições municipais são muito mais difíceis que as gerais, por envolver interesses mais próximos. A vinda da ministra proporcionou aos juízes sentir que podem contar com a presidência do TSE.
.
2º MOMENTO:

Carmen Lúcia: candidato que apostar na corrupção "perderá"

O objetivo da vinda da Ministra foi conversar com os juízes e mostrar que o fato de o TSE ter sede em Brasília (DF) não o distancia das realidades locais, e que os magistrados podem contar com a presidência do tribunal no que for necessário para aplicar a lei com rigor e para garantir a estrutura e a aplicação das medidas necessárias para que o cidadão tenha tranquilidade para exercer o seu direito de votar. “Eu estou vindo para ver a realidade de cada canto do Brasil”, resumiu a ministra.

Ressaltou e defendeu a atuação livre da imprensa no processo eleitoral. Disse também que conta com o espírito cívico da população para que haja menos judicialização do processo eleitoral, que terá o apoio do Ministério Público, que atua fiscalizando.

3º MOMENTO:
O Presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Antonio Guerreiro Júnior, honrou a presença da Douta Ministra Carmem Lúcia, presenteando-a com um brinde alusivo à passagem dos 400 anos de São Luís, em setembro deste ano. Ela também recebeu das mãos do desembargador uma caixa de madeira com detalhe em azulejos, contendo miniaturas de boizinho e vaso de cerâmica, a ministra recebeu o “Guia do Maranhão” e exemplares do “Código de Organização e Divisão Judiciárias do Maranhão”, da “Revista de Jurisprudência do Tribunal de Justiça do Maranhão”, e do livro “Constituições Políticas do Estado do Maranhão”, de autoria dos desembargadores Cleones Carvalho Cunha, corregedor geral da Justiça; Lourival de Jesus Serejo Sousa e Milson Coutinho (aposentado).

A Ministra ficou muito agradecida com a gentileza de Guerreiro Junior.

Ao falar, Guerreiro Junior foi direto ao ponto:
“Como chefe suprema da Justiça Eleitoral, a ministra veio transmitir a mensagem de fortaleza e segurança do processo eleitoral, democrático e prudente, com palavras dóceis, porém firmes e certas, para que se exerça a democracia com perfeição nas próximas eleições”.