17 de mar de 2012

OS RECURSOS LIBERADOS E O CAOS NA SAÚDE DE SÃO LUIS.


O blog resolveu fazer um raio x da situação da Saúde no Governo do prefeito João Castelo. Os dados aqui divulgados são oficiais e coletados junto ao Ministério da Saúde.

Com 1.014.837 habitantes, São Luís conta com 64 unidades de Saúde mais 3 em construção.

Denúncias como as abaixo são constantes:

FALTA LEITOS DE UTI NEONATAL EM SÃO LUÍS.






QUANTOU RECEBEU O MUNICÍPIO DE SÃO LUÍS PARA APLICAR NA SAÚDE?

VALORES REPASSADOS – SAÚDE - MUNICÍPIO - SAO LUIS - 01/01/2009 a 30/12/2009 -


Município
Atenção Básica
Média e Alta Complexidade
Vigilância em Saúde
Assistência Farmacêutica
Gestão do Sus
Investimento
Total
 29.048.446,83
 246.480.772,10
 19.899.685,87
 21.336.804,20
 9.174.160,62
 1.600.000,00
 327.539.869,62

CLIQUE NO NOME DO MUNICÍPIO PARA VER MAIS DETALHES.

VALORES REPASSADOS – SAÚDE -  MUNICÍPIO - SAO LUIS - 01/01/2010 a 30/12/2010 -


Município
Atenção Básica
Média e Alta Complexidade
Vigilância em Saúde
Assistência Farmacêutica
Gestão do SUS
Investimento
Total
33.348.478,00
 307.754.229,64
 23.444.077,25
18.139.804,28
 5.934.793,22
13.356.096,52
 401.977.478,91

 

VALORES REPASSADOS – SAÚDE -  MUNICÍPIO - SAO LUIS - 01/01/2011 a 30/12/2011 -


Município
Atenção Básica
Média e Alta Complexidade
Vigilância em Saúde
Assistência Farmacêutica
Gestão do SUS
Investimento
Total
36.720.103,32
 388.554.092,07
 27.418.964,23
 18.279.515,28
 7.624.235,62
 2.807.084,10
 481.403.994,62

VALORES REPASSADOS – SAÚDE -  MUNICÍPIO - SAO LUIS - 01/01/2012 a 17/03/2012 -

Município
Atenção Básica
Média e Alta Complexidade
Vigilância em Saúde
Assistência Farmacêutica
Gestão do SUS
Investimento
Total
 8.023.086,50
 141.033.517,58
 6.903.130,93
 3.987.703,67
 4.939.146,59
 56.000,00
 164.942.585,27

Até agora, o São Luís recebeu R$ 1.375.863.928,42 que deveriam ter sido aplicados na saúde do povo. Isto sem contar os repasses por atendimentos de fora e os gastos feitos pelo governo do estado do Maranhão.

QUAL A SITUAÇÃO DA SAÚDE EM SÃO LUÍS?

Com relação aos Agentes Comunitários de Saúde – ACS. A cobertura populacional dos agentes comunitários diminuiu de 56,72% do último ano do Governo de Tadeu Palácio para 43,63% no governo de João Castelo.

O Número de Agentes Comunitários de Saúde: Diminuiu de 987 na administração de Tadeu, para 770 na administração de castelo. Os valores transferidos para gastos com agentes de saúde aumentaram de 7.190 em 2008 para 8.880 em 2011 (Valores em R$ mil). Eis ai uma contradição.

Em relação ao programa Brasil Sorridente:
A cobertura populacional diminuiu drasticamente de 24,8% no governo de Tadeu Palácio para apenas 13, 3% no governo de Castelo, que aumentou o número de equipes de saúde bucal de 36 para 39, mas não aumenta a cobertura populacional, apesar de ter tido aumento dos recursos transferidos de 759 para 974 (Valores em R$ mil).

No quesito Imunização, ou seja, com relação à Cobertura Vacinal em menores de 1 ano, Tadeu Palácio mostrou-se mais eficiente no combate de hepatite B, Pólio e Rotavirus.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – 192:
Desde inicio do governo de Tadeu, o serviço SAMU não melhorou em nada.

2006
2007
2008
2009
2010
2011
 SAMU que atende o município
  SAMU São Luís  
  SAMU São Luís  
  SAMU São Luís  
  SAMU São Luís  
  SAMU São Luís  
  SAMU São Luís  
 Municípios cobertos
1
1
1
1
1
1
 Ambulâncias básicas
15
15
15
15
15
15
 Ambulâncias avançadas
2
2
2
2
2
2
 Ambulâncias básicas habilitadas no município
-
-
-
-
-
-
 Ambulâncias avançadas habilitadas no município 
-
-
-
-
-
-
 Fonte: CGUE/DAE/SAS/MS

Com relação ao programa Saúde da Família a cobertura de atendimento populacional diminuiu no governo de Castelo. O numero de equipes de saúde da família permaneceu os mesmos, enquanto os recursos aumentaram. Como castelo vai explicar isto?

No Pacto pela saúde assinado por Castelo o mesmo vem descumprindo vários itens. Já Tadeu Palácio cumpriu na integra, o que pose ser visto em  Gestão em Saúde - Gestao descentralizada - Pactuação de Prioridades, Objetivos, Metas e Indicadores.
Parte superior do formulário

Com relação a projetos para a saúde, o governo de João Castelo é uma catástrofe, veja:

Resumo dos projetos e convênios GESCON (emenda e normal)
Ano
Quantidade
Valor aprovado R$
Valor empenhado
R$
Valor pago R$
1999
15
5.505.981
4.961.562
4.961.562
2000
16
5.972.010
4.807.142
4.807.142
2001
29
6.787.090
6.063.658
5.968.685
2002
42
5.366.911
3.425.823
3.426.923
2003
70
8.371.080
5.121.392
5.121.392
2004
22
15.186.587
3.205.761
2.511.296
2005
12
12.224.862
10.991.892
10.311.644
2006
10
3.382.789
3.213.692
2.970.101
2007
15
14.459.254
11.558.363
7.272.503
2008
24
14.991.384
12.647.907
7.330.260
2009 *
5
6.668.491
6.668.491
6.668.491
2010 *
5
5.210.099
4.702.724
4.340.474
2011 *
7
3.623.751
3.123.751
2.147.784
 * Verificar Nota Técnica
Fonte: FNS



Do tanto de recursos liberados para o município de São Luís para aplicação na saúde, se conclui que a situação precária de atendimento nas unidades de saúde do São Luís não se justifica.

Na próxima postagem você verá a realidade da EDUCAÇÃO NO MUNICIPIO DE SÃO LUIS- CAPITAL DO MARANHÃO. AGUARDE!